Dicas para cobrança de clientes inadimplentes

Dicas para cobrança de clientes inadimplentes

Clientes inadimplentes sempre geram certa dor de cabeça aos empresários e empreendedores. Principalmente aqueles que abriram sua empresa há pouco tempo e não sabem como lidar com a situação. Independentemente do valor, é necessário encontrar mecanismos para cobrar estes consumidores, caso contrário, o seu negócio será imensamente prejudicado no futuro.
 
É claro que não se trata de algo fácil de lidar no dia a dia, e mesmo aqueles empreendedores que já têm mais tempo de mercado, ainda enfrentam certas dificuldades para solucionar esta questão em alguns casos, mesmo fazendo a análise de crédito de seus clientes, antes de iniciar um negócio com eles. Entretanto, para nós não existe missão impossível, já que tudo pode ser resolvido da melhor maneira possível, sem que ninguém saia prejudicado no final das contas.
 
É por isso, que hoje preparei dicas infalíveis para você cobrar aqueles clientes que estão inadimplentes, de maneira eficiente. Confira e deixe o seu comentário após a leitura, me dizendo o que achou deste artigo ok? Então, vamos lá!
 

Dicas para cobrar clientes inadimplentes

 
É preciso adicionar leveza a este processo, caso contrário o estresse pode tomar conta de você e também dos colaboradores de sua empresa, que são responsáveis por cobrar estes clientes inadimplentes.
 
Sendo assim, para tornar esta rotina mais prática e menos burocrática, vou compartilhar com você seis dicas bem simples, que podem ser aplicadas de imediato no dia a dia do departamento financeiro de sua empresa. Veja:
 

1. Mantenha o cadastro de seus clientes sempre atualizado

 
Nome completo, e-mail, telefone, endereço, CPF, RG, e assim por diante, são alguns dos dados que você precisa ter cadastrado em seu sistema, referente a cada um de seus clientes. Munido destas informações, você poderá entrar em contato com eles, lhes informar sobre o débito em aberto, bem como deixá-los cientes sobre as formas de pagamento deste débito.
 
Além disso, o cadastro, quando bem organizado, traz todo o histórico dos clientes, possibilitando que você possa acessá-lo a qualquer momento, para saber o valor da dívida de cada um, o tempo que o débito está em aberto, o tamanho do prejuízo que isso está lhe causando e assim por diante.
 

2. Evite constrangimentos

 
Em hipótese alguma você ou seus colaboradores devem constranger os clientes que estão em débito com a sua empresa, caso o contrário, o prejuízo será maior ainda. O ideal, é entrar em contato com eles, seja por e-mail, pessoalmente ou por telefone, da maneira mais cordial e respeitosa possível, para que assim possam negociar a dívida, eles possam saldar o débito e, até mesmo voltar a fazer negócios.
 
Entenda que, por mais que alguns de seus clientes estejam com inadimplência, tratá-los mal só vai prejudicar a você mesmo e também à sua empresa, pois eles podem tanto recorrer aos órgãos de defesa do consumidor para reportar a situação, como também contar para outras pessoas os constrangimentos que passaram. Ao espalhar a experiência ruim que tiveram a repercussão negativa pode, inclusive, acabar afastando aqueles que poderiam se tornar potenciais consumidores dos seus produtos e serviços.
 

3. Entre em contato antes do vencimento do débito

 
Pode ser por e-mail, por telefone ou mensagem de texto. Independentemente do meio de comunicação, você pode e deve criar uma rotina que facilite ainda mais a vida de seu cliente, a sua e também a de seus colaboradores.
 
Neste sentido, o que você pode fazer é entrar em contato, alguns dias antes do débito de seus clientes vencerem, lembrando-os de realizar o pagamento. Isso, sem dúvida alguma, vai evitar que eles se esqueçam de pagar e também vai evitar que se tornem inadimplentes com a sua empresa.
 

4. Deixe o medo de lado

 
Antes de qualquer coisa, lembre-se que é um direito seu cobrar os clientes que estão em débitos com a sua empresa. Sendo assim, não há porque ter medo ou se sentir mal pode estar realizando a cobrança da dívida.
 
Sei que realmente trata-se de uma situação bem delicada, mas que pode ser resolvida com uma simples conversa. É como eu disse anteriormente, desde que seja feito de maneira cordial e respeitosa, o seu cliente vai entender que precisa saldar o débito, para que vocês continuem a parceria que estabeleceram.
 

5. O contrato é o seu maior respaldo

 
A contratação de qualquer tipo de serviço ou compra de produto deve ter um contrato que estabeleça os direitos e deveres de clientes e fornecedores. Por isso, é essencial que você ofereça a seu cliente o contrato e nele, deixe claro, as informações sobre pagamentos, juros por atrasos, bem como sobre as ações a serem realizadas em caso de inadimplência.
 
Este vai ser o seu maior respaldo, que vai facilitar o processo de cobrança, no sentido de esclarecer aos clientes quais são suas obrigações diante da contratação dos serviços prestados pela sua empresa.
 

6. Facilite o pagamento

 
Muitas vezes, seus clientes podem estar passando por dificuldades financeiras, o que lhes impede de saldar a dívida que fizeram com a sua empresa. O que você pode fazer é lhes oferecer opções facilitadas de pagamento, condições para negociações, sem que haja a necessidade de mover ações judiciais contra eles.
 
Oferecer-lhes descontos no pagamento à vista é uma boa maneira de facilitar e de ter o débito saldado, para que assim, tanto você, quanto o seus clientes, possam respirar aliviados e voltem a fazer negócios juntos.
 
Saber como cobrar um cliente não é uma das situações mais fáceis vividas por um empresário ou empreendedor. Mas como vimos ao longo do texto, este problema tem diversas soluções, basta ter jogo de cintura e inteligência para colocá-las em prática e, assim, evitar prejuízos financeiros no futuro. Uma boa solução é criar uma área específica para cobranças e treinar uma equipe adequadamente para fazer isso ou ainda terceirizar as cobranças, ou seja, atribuir à outra empresa esta demanda.
 
O que você achou das minhas dicas? Espero que tenha gostado e te convido a continuar me acompanhando nas redes sociais, em meu canal no Youtube e também aqui em meu blog, para sempre ter acesso ao que há de melhor no universo do empreendedorismo e liderança.