Você sabe o que significa cargo de confiança?

Você sabe o que significa cargo de confiança?

O ato de empreender requer confiança em si mesmo e também nas pessoas que estão ao seu redor e vão lhe acompanhar ao longo de sua trajetória empresarial. Por isso, você precisa se certificar de que conta com profissionais nos quais pode confiar, não só informações sigilosas de sua empresa, mas também de que colocarão em prática tudo o que foi planejado. Este alinhamento é essencial para que a sua organização alcance os resultados propostos, mesmo que você não esteja por perto.
 
Assim, se faz necessário montar um time forte, coeso e comprometido, que estará sempre com você na corrida pelo sucesso de sua empresa. Além disso, é preciso contar com alguém que terá grande autonomia para tomar decisões importantes e que consiga tocar seu negócio, caso você precise se ausentar em algum momento. Esta pessoa vai assumir o chamado cargo de confiança, e será a responsável por dar o suporte que você necessita para desenvolver e levar a sua organização ao próximo nível.
 
Nos próximos parágrafos, vou lhe explicar um pouco mais sobre esta figura de grande importância e que terá a responsabilidade de lhe auxiliar no crescimento do seu empreendimento. Confira e aproveite ao máximo este conteúdo:
 

Do que se trata o Cargo de confiança?

 
Primeiramente é importante enfatizar que este é um perfil de colaborador que se diferencia em muitos aspectos dos gestores e líderes de uma empresa, pois, por mais que tenha autonomia para tomar algumas decisões, os profissionais que ocupam cargos de gestão precisam se reportar a um superior para justificar suas ações e de suas equipes de trabalho.
 
Este não é o caso de quem ocupa um cargo de confiança, pois, além de ter autonomia para tomar as decisões que achar mais pertinentes para o negócio, este colaborador não precisa antes de agir de se reportar nem ao dono da empresa, pois tem o aval deste para realizar as ações que acredita serem as mais assertivas para que a organização cresça e prospere.
 
Percebe-se, que se trata de um profissional que ocupa um cargo na mais alta gestão da empresa, e tem o poder de contratar, demitir e influenciar as decisões a serem tomadas em todas as áreas da organização, ou seja, do marketing ao financeiro, ele tem ciência de tudo o que acontece e liberdade para opinar e decidir quais as melhores ações a serem realizadas.
 

Algumas particularidades

 
Existem algumas particularidades e características que envolvem a contratação e manutenção deste tipo de profissional em uma empresa, sendo que a pessoa que ocupa um cargo de confiança tem direitos trabalhistas previstos em lei, que garantem benefícios e deveres, tanto por parte do empregador, quanto do empregado. Veja quais são eles:
 

Jornada de trabalho

 
É comum que o profissional que ocupa um cargo de confiança tenha mais flexibilidade em sua jornada de trabalho. Isso é decorrente das responsabilidades que assume; que, muitas vezes, estão além das responsabilidades dos demais colaboradores da empresa, já que, em diversos momentos, ao longo de sua trajetória dentro da organização, ele vai precisar chegar mais cedo, ou ser o último a sair.
 
Além disso, por exercer uma função estratégica, a depender da situação, ele precisará também realizar atividades fora da empresa, como ir a reuniões com clientes ou fornecedores, por exemplo, para resolver problemas ou fechar novos negócios. Neste sentido, a pessoa que deseja assumir esta grande responsabilidade deve entender que, pode ser acionada a qualquer momento. Isso significa ter que abdicar, em muitas situações, de folgas, finais de semana, descanso, feriados e até mesmo de férias. São por estes motivos, que não existe controle de sua jornada de trabalho, justamente porque o seu cargo se diferencia em muitos aspectos dos demais.
 
Mesmo diante destes fatores, é importante enfatizar, que, assim como todo colaborador, a pessoa que exerce as funções do cargo de confiança tem direito a uma folga semanal, preferencialmente aos domingos, e caso esta não lhe seja concedida, ele deverá receber o valor em dobro pelo dia trabalhado.
 

Horas extras

 
Outra questão que envolve o cargo de confiança e precisa ser citada é a que está relacionada às horas extras e bancos de horas. Devido à grande flexibilidade que existe em sua jornada de trabalho, decorrente das responsabilidades da função, este tipo de profissional não recebe estes benefícios, já que, conforme exposto anteriormente, ele vai precisar, em diversos momentos, estender as suas horas trabalhadas, para poder alcançar os objetivos propostos para o crescimento da empresa.
 

Remuneração

 
Apesar de não receber o benefício da hora extra, o profissional que assume o cargo de confiança em uma empresa, recebe, a título de bonificação, devendo esta ser registrada em carteira de trabalho, um acréscimo de 40% em cima de seu salário. Esta é uma maneira, garantida em lei, de reconhecer o indivíduo pelos serviços prestados, bem como as responsabilidades que ele assume.
 
Caso este colaborador permaneça 10 anos consecutivos no cargo de confiança, este acréscimo de 40% passa a ser um direito adquirido, tendo a empresa à obrigação de pagá-lo, independentemente de o profissional deixar de exercer a função depois desse período.
 
Para empresários e empreendedores ter alguém com este perfil na empresa ajuda no momento de fazer com que as coisas funcionem da melhor maneira possível e não esbarrem na necessidade de tudo ser aprovado e avaliado somente pelo dono do negócio. Sabendo agora do que se trata, você pode desenvolver e escolher um de seus gestores para desempenhar esta função, caso ache necessário incorporá-la à sua organização.
 
Você já conhecia ou tem em sua empresa um profissional que exerce o cargo de confiança? Como funciona esta experiência com você? Deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos em suas redes sociais.