Como realizar a análise de currículo de maneira correta?

Como realizar a análise de currículo de maneira correta?

Os gestores de Recursos Humanos sabem da importância de fazer uma análise de currículo eficaz para o preenchimento de uma vaga ou para um novo posto dentro da companhia. Com a competitividade do mercado de trabalho cada vez mais acirrada, é essencial identificar quais são os candidatos mais preparados dentre uma montanha de currículos. Ler nas entrelinhas e ter um perfil pessoal definido para a seleção são apenas algumas das atitudes que tornam esse trabalho mais efetivo.
 

05 Dicas Para Fazer uma Análise de Currículo Correta

 
Ao analisar o currículo profissional de cada candidato, o recrutador deve ir direto ao ponto em suas escolhas. Por isso listei a seguir 05 dicas imprescindíveis.
 

Dica 01 – Tenha um sistema de organização

 
Atualmente, boa parte das empresas trabalham com plataformas de preenchimento de dados curriculares dos candidatos, permitindo que o recrutador faça pesquisas usando palavras-chave e nomes de instituições de ensino de formação. Contudo, se você é gestor numa empresa que ainda não tem acesso a esse tipo de recurso, não desanime e saiba que é possível manter um sistema de organização eficaz.
 
A dica para empresas que usam e-mail para receber currículo profissional é criar um endereço para cada colocação em aberto. Assim, já haverá uma separação de quem são os candidatos para a vaga X ou Y. É possível solicitar que o candidato identifique a vaga a que pretende concorrer no título do e-mail. Se estiver trabalhando com currículos impressos, separe em pastas para tornar o momento da análise mais tranquilo.
 

Dica 02 – Trace o perfil para cada vaga

 
Os recrutadores têm a difícil tarefa de selecionar as pessoas mais indicadas para preencher diferentes vagas dentro da companhia. Acertar na escolha é importante, porque ter que demitir um funcionário inadequado e realizar novo processo seletivo custa aos cofres da companhia, além de poder desestabilizar a equipe.
 
Para reduzir bastante as chances de erro, indico que o recrutador trace um perfil do profissional procurado para cada posto. Isso inclui desde conhecimentos técnicos e formação, até habilidades pessoais para interagir com os colegas e liderar equipes. Uma forma de ter um perfil mais preciso é conversar com o gestor de cada setor da empresa para saber o que ele espera da nova aquisição de capital humano.
 

Dica 03 – Avalie os dados cronologicamente

 
Um bom currículo profissional deve conter a cronologia dos cargos ocupados e dos títulos acadêmicos conquistados. Por meio dessa linha do tempo, o recrutador consegue observar se o profissional tem apresentado evolução no seu segmento de atuação, ocupando cargos cada vez mais altos ou se tem tido dificuldades em se manter na área escolhida realizando atividades diferentes.
 
Especificamente nos registros acadêmicos, é possível perceber se há dedicação ao aumento da qualificação com a busca de novos cursos ou se o profissional tem se mantido estagnado. Pessoas que investem na sua carreira através de novas formações e conquistas acadêmicas tendem a ser mais dedicadas atuando no mercado.
 

Dica 04 – Leia com atenção o descritivo de atividades em trabalhos anteriores

 
Um dos pontos chave para uma análise de currículo efetiva é observar o quanto o candidato consegue descrever as suas funções em trabalhos anteriores. Em primeiro lugar, é de grande relevância contratar indivíduos com boas capacidades de redação, além disso, o recrutador poderá observar se existe pró-atividade e engajamento nesse candidato.
 
Ao ler o descritivo, busque por informações que indiquem que o profissional se dedicou a realizar outras funções, além daquelas previamente estabelecidas em seu antigo emprego. As atividades que eram realizadas em outras companhias também ajudam a estabelecer quais são os conhecimentos práticos que essa pessoa possui e que nem sempre podem ser avaliados por meio de formações acadêmicas.
 

Dica 05 – Fique atento a experiências extracurriculares

 
Cada vez mais as empresas estão em busca de pessoas com perfil multifacetado, que tenham um arcabouço mais amplo de experiências pessoais. Por isso, os recrutadores devem dar atenção especial a informações, como a realização de intercâmbios, prática de voluntariado, abertura de empresas em incubadoras universitárias, estágios, entre outros. Uma pessoa é definida pelas experiências que escolheu viver e tenha certeza que essa parte do currículo profissional ajudará a determinar se o perfil desse indivíduo está alinhado com os desejos da companhia.
 

Entrevistas

 
Ao seguir as 5 dicas que dei acima de como fazer análise de currículo assertivamente, será possível chegar aos candidatos que apresentam mais de 70% de compatibilidade com o perfil desejado. Esses candidatos devem ser chamados para uma entrevista com o recrutador, pois somente conversando pessoalmente será possível ter a certeza de que todas as informações são verdadeiras e, então, fazer a escolha.
 
Contratar novos funcionários não é uma tarefa simples e exige do recrutador um olho clínico a respeito de características bem específicas. O acerto na escolha depende de diferentes fatores, contudo, com o passar do tempo, se torna mais fácil.
 
Gostou das 05 dicas que dei sobre análise de currículo? Deixe o seu comentário!