Características de um profissional ideal para sua empresa

Características de um profissional ideal para sua empresa

Sempre digo que não dá para construir um império sozinho e que as pessoas têm papel fundamental nos bons resultados de uma empresa. Entretanto, é importante tomar alguns cuidados ao recrutar, a fim de conseguir identificar as qualidades profissionais que são ideais para o seu negócio e, assim, formar uma equipe forte e engajada, com colaboradores que tenham mentalidade de dono.
 
No artigo de hoje darei dicas de como definir o perfil ideal de funcionários para o seu negócio, com habilidades e competências que farão a diferença. Continue acompanhando e confira!
 

Como Definir as Qualidades Profissionais Ideais Para a Sua Empresa

 
O primeiro passo para encontrar bons profissionais para integrar a sua equipe de colaboradores é definir o perfil desejado. Assim, poderá coordenar o processo de seleção e recrutamento com muito mais eficácia. Veja quais pontos devem ser considerados:
 

1 – Defina as Habilidades Necessárias Para a Vaga

 
As habilidades que a empresa precisa devem ser o ponto de partida para a definição do perfil do candidato ideal. Além das competências técnicas importantes para o cargo, pense, também, na cultura da sua empresa e nas características desejáveis em relação à missão, visão e valores. É interessante montar uma lista com essas informações e utilizá-la como guia durante o processo seletivo.
 
Faz toda a diferença ter colaboradores que tenham o perfil alinhado com a cultura da empresa. Claro que existem determinadas características que podem ser conquistadas com o tempo e a convivência dentro da organização, mas tem também aquelas que fazem parte da essência da pessoa e são elas que costumam se sobressair na personalidade dos indivíduos.
 

2 – Deixe Claras Quais São as Funções da Vaga

 
Sua empresa está precisando de um vendedor, alguém para realizar atendimento ao cliente ou um assistente administrativo? Independente de qual seja a necessidade do negócio, saber exatamente quais serão as funções da vaga é outro ponto bastante importante. Os candidatos precisam saber quais serão as atividades exercidas caso sejam selecionados. Dessa forma, poderão verificar se realmente possuem o perfil desejado.
 
Tomar esse cuidado é necessário porque, muitas vezes, o profissional tem as habilidades técnicas que a empresa precisa, mas não se trata de uma função que ele queira desempenhar. Contratá-lo pode gerar um problema futuro, já que são grandes as chances de ele se frustrar por ter que trabalhar com algo que não gosta, o que gera desmotivação e improdutividade.
 

3 – Realize uma Avaliação Com Foco na Inteligência Emocional

 
Uma qualidade de um bom profissional que tem sido bastante falada ultimamente é a chamada inteligência emocional, que se refere, principalmente, à forma com que um indivíduo reage perante diversas situações. É necessário avaliar esse aspecto para encontrar pessoas que estejam realmente preparadas para lidar com questões que fazem parte do dia a dia da organização.
 
Quando se trata de uma vaga para atendimento ao público, por exemplo, essa avaliação se torna ainda mais importante. Afinal, é fundamental que alguém que irá lidar com pessoas esteja preparado para resolver conflitos, agir sob pressão, atender os clientes com empatia, etc. Para realizar esse tipo de análise nos candidatos existem diversos testes com foco em comportamento e inteligência emocional. Se possível, conte com a participação de um psicólogo, que será de grande ajuda no processo seletivo.
 

4 – Fale Sobre a Empresa

 
Quando uma pessoa se candidata a uma vaga de emprego é natural que busque informações a respeito da empresa. Entretanto, existem dados que não são facilmente encontrados, então é interessante contar um pouco a respeito da história da organização para os candidatos. A cultura organizacional, que engloba missão, visão e valores é um dos pontos mais importantes de serem citados.
 
Ao conhecer melhor a empresa, os participantes do processo seletivo saberão se realmente têm o perfil para fazer parte da equipe de colaboradores. Mesmo que eles não digam explicitamente que não se identificam com a cultura da companhia, será possível perceber através da análise de suas atitudes durante a conversa.
 

5 – Conheça os Candidatos em Sua Essência

 
Nem só de perguntas a respeito de competências técnicas e experiências anteriores é feita uma boa entrevista de emprego. Entender a essência dos candidatos é indispensável, pois assim será possível conhecê-lo melhor e verificar se realmente é a pessoa certa para a vaga em questão.
 
Procure perguntar sobre o que eles gostam de fazer nas horas vagas, que tipo de filmes e livros preferem, se têm algum sonho, aspirações na carreira profissional, dentre outras informações. As respostas vão te ajudar a conhecer a essência de cada um deles, o que também irá ajudar a fazer uma escolha mais assertiva.
 

O Processo Seletivo de Colaboradores na Prática

 
Depois de conhecer os cinco pontos mais importantes que devem ser considerados para realizar um processo seletivo eficaz, é hora de definir como ele irá acontecer na prática. A entrevista continua sendo uma ótima maneira de conhecer melhor os candidatos, entretanto, por si só não são capazes de revelar toda a personalidade de cada indivíduo. Por isso, as dinâmicas em grupo se tornam um ótimo complemento das entrevistas, pois permitem que eles sejam observados em ação, perante diversos tipos de situação.
 
Você já realizou processos seletivos na sua empresa? Qual considera o maior desafio na hora de escolher o profissional ideal para a vaga? Conte-me sobre sua experiência nos comentários abaixo!