Aprenda lidar com a falta de mão de obra em sua empresa

Aprenda lidar com a falta de mão de obra em sua empresa

Um dos grandes desafios de ser dono da própria empresa é encontrar e manter mão de obra qualificada. Isso é ainda mais comum nas micro e pequenas empresas, que não costumam ter condições de oferecer altos salários e acabam sofrendo com a alta rotatividade. Entretanto, existem algumas maneiras de driblar essa dificuldade, e é exatamente sobre isso que falarei no artigo de hoje.
 

Motivos Que Levam um Profissional a Deixar Seu Emprego

 
A alta rotatividade é algo bastante negativo em um negócio e que pode gerar muito prejuízo para os empresários. O primeiro passo para acabar com esse problema é entender quais são os motivos que levam os profissionais a deixarem um emprego. As razões mais comuns são:

  • Falta de perspectiva de crescimento dentro da empresa.
  • Problemas de relacionamento com o chefe ou o patrão.
  • Salários abaixo da média.
  • Atrasos de salário frequentes.
  • Gestão desorganizada, com muitas pessoas dando ordem (situação comum em empresas familiares).
  • Ambiente que não oferece segurança ao trabalhador.
  • Falta de identificação com a função desempenhada.

Como se pode imaginar, para reduzir a rotatividade de funcionários é necessário encontrar maneiras de eliminar os fatores que listei, mas sabemos que não é tão simples assim. Para acabar com esse problema é necessário tratar a raiz de cada um desses fatores.
 

Como Lidar Com a Falta de Mão de Obra?

 
Ter mão de obra qualificada é fundamental para que uma empresa consiga obter bons resultados. Afinal, por mais que o papel do gestor seja importante para realizar o planejamento da organização, são os funcionários que colocam todas as ideias em prática. Confira cinco dicas para driblar a falta de mão de obra em sua empresa.
 

1 – Investigue as Razões da Evasão de Funcionários

 
O primeiro passo é parar de achar natural que os funcionários deixem a empresa para buscar outras oportunidades. É necessário investigar a fundo para obter respostas precisas, apenas assim conseguirá agir nessas causas, impedindo que mais pessoas sigam o mesmo caminho.
 
Muitas vezes os empresários acreditam que o motivo da evasão de colaboradores seja um, mas a realidade é completamente diferente. É bastante comum que pensem que o profissional apenas saiu por ter encontrado uma oportunidade com um maior salário, mas, geralmente, existem diversas outras razões envolvidas.
 

2 – Tenha Cuidado Com a Questão Salarial

 
Por mais que o trabalho seja importante para fazer com que as pessoas se sintam úteis, o salário é a primeira motivação que leva alguém a procurar um emprego. Por isso, tenha bastante cuidado em relação a tudo o que envolve a questão salarial, o que inclui tanto o pagamento de um valor justo quanto a pontualidade do pagamento. Claro que uma empresa menor pode não ter condições de pagar salários muito altos, mas é possível encontrar um valor que esteja dentro das possibilidades da organização e que seja justo.
 
Uma saída interessante para ajudar na retenção de talentos é o oferecimento de benefícios, comissões e participações dos lucros para os funcionários. Essas medidas podem ajudar a motivá-los a continuar na empresa e trabalhar de maneira cada vez mais produtiva.
 

3 – Realize um Processo de Seleção Verdadeiramente Eficaz

 
Em momentos de crise e desemprego, muitos profissionais acabam aceitando qualquer oportunidade que aparece, deixando de considerar as suas habilidades e aptidões. Conforme o tempo vai passando, se torna cada vez mais complicado exercer uma função com a qual não se tem nenhuma afinidade. Isso faz com que muitas pessoas decidam deixar seus empregos para tentar outra oportunidade.
 
A melhor maneira de evitar perder colaboradores por essa razão é realizando um processo seletivo que seja realmente eficaz. Procure conhecer cada candidato e apenas selecione alguém quando tiver certeza absoluta de que é realmente a pessoa ideal para ocupar a vaga que precisa preencher.
 

4 – Ofereça Treinamentos Para Seus Colaboradores

 
Por outro lado, existem profissionais que gostam do que fazem, mas se sentem desmotivados porque não foram preparados para tal. Mesmo que contrate os candidatos mais preparados, podem existir alguns pontos que eles precisem desenvolver melhor, principalmente porque cada empresa funciona de um jeito, então mesmo que eles tenham experiência, o treinamento é fundamental.
 
Ofereça programas de treinamento para novos funcionários e também realize cursos de reciclagem com os antigos. Investir em pessoas é um grande acerto dentro de uma organização, afinal elas são um dos bens mais valiosos que uma empresa pode ter. Além de ficarem mais preparados, se sentirão mais motivados e, consequentemente, mais produtivos.
 

5 – Mantenha um Bom Relacionamento Com a Equipe

 
Todos os outros pontos que citei são extremamente importantes para reter mão de obra qualificada em uma empresa. Entretanto, de nada eles irão valer se os funcionários não tiverem um ambiente agradável e amistoso para trabalhar. Saiba que a insatisfação com o relacionamento com chefes e colegas de trabalho é um motivo bastante recorrente para que um profissional resolva pedir demissão.
 
Mantenha sempre um bom relacionamento com os seus colaboradores, com diálogo e respeito. Ofereça feedbacks sobre o trabalho e comportamento dos profissionais, dessa forma estarão construindo uma relação de confiança que é extremamente importante em uma empresa de sucesso.
 
Sua empresa sofre ou já sofreu com a falta de mão de obra? Deixe sua opinião e experiência nos comentários abaixo.