Sua empresa possui colaboradores impulsivos?

Sua empresa possui colaboradores impulsivos?

Ser e lidar com uma pessoa impulsiva não é nada fácil e chega a ser até mesmo bem desgastante para quem está ao seu redor. Isso porque se trata de alguém que vive em uma gangorra emocional intensa, que muitas vezes não consegue controlar seus sentimentos e acaba descontando em tudo e todos que lhes rodeiam. Ter este perfil entre os seus colaboradores é sinal de um trabalho árduo, pois será necessário bastante jogo de cintura para extrair o que este profissional tem de melhor a oferecer à sua empresa, sem deixar que ele prejudique o negócio como um todo, por conta de suas emoções exageradas.
 
Pode até soar estranho, mas o colaborador impulsivo não têm apenas pontos negativos. É preciso enxergar um pouco além e ver suas qualidades, entendendo que ele pode sim, lhe ajudar no crescimento do seu negócio. Para isso, basta que você conceda-lhe uma oportunidade para desenvolver melhor a forma como expressa suas emoções, e assim, canalizar esta força no sentido de buscar os melhores resultados, não só para a empresa, mas também para si mesmo.
 
Se você quer entender como trabalhar melhor com colaboradores impulsivos, preste bem atenção a este artigo, comece a observá-los e lhe dê uma chance para mostrar todo o seu potencial.
 

O que é impulsividade?

 
Antes de dar prosseguimento e partir para os pontos positivos e negativos deste perfil de colaborador, vamos entender melhor o que é impulsividade. Trata-se de uma pessoa que simplesmente não consegue controlar suas emoções, que age sem pensar nas consequências de suas ações e, geralmente, acaba prejudicando, não só a si mesma, mas também aqueles que estão seu redor, tanto na vida pessoal, quanto profissional.
 
São indivíduos altamente reativos, que, por agirem primeiro e pensarem depois, tendem a se arrepender de seus atos intempestivos e passam por um processo de culpa e autopunição bastante intenso.
 

O melhor que eles têm a lhe oferecer

 
Mas nem só de sofrimento, dor e arrependimento vivem as pessoas impulsivas. Elas também têm pontos positivos, assim como todo ser humano, que também podem contribuir para o crescimento da sua empresa. Confira alguns deles:
 

Existe transparência

 
Eles podem sim ser impulsivos e bem pouco racionais, mas tudo o que sentem e tem vontade de falar, eles falam sem medo do que virá depois. Se você tiver um problema com uma pessoa impulsiva, ela simplesmente vai expressar tudo o que está sentindo naquele exato momento e, algumas vezes, vai resolver tudo com você, ou com qualquer outro indivíduo, ali mesmo, na hora em que o conflito está acontecendo.
 
Por serem transparentes demais, são pessoas que evitam entrar em conversas paralelas e fofocas, o que traz uma grande vantagem diante de colaboradores que, muitas vezes, podem agir com falta de ética no ambiente profissional, falando mal de seus colegas de trabalho pelas costas.
 

Apaixonado por resultados

 
Se você quer uma pessoa praticamente incansável, vai encontrar neste tipo de profissional o que deseja. Isso porque o indivíduo que é impulsivo não mede esforços para alcançar as metas e os objetivos que lhes são propostos. Seu perfil é obstinado, daqueles movidos constantemente por desafios.
 

Não têm medo de arriscar

 
A impulsividade faz com que este tipo de colaborador vá além do que esperam dele. São pessoas que sempre querem mais, que desejam alcançar maiores patamares na vida e que não têm medo de arriscar quando se propõem a encarar um novo desafio. Profissionais assim são altamente pioneiros e geralmente pensam a frente de seu tempo, trazendo soluções inovadoras e criativas para as mais diversas situações do dia a dia.
 

Mas nem tudo são flores – Pontos negativos

 
Bom, como venho dizendo desde o começo deste artigo, lidar com o colaborador impulsivo, requer certo jogo de cintura, não só de seu superior, mas também de todos os seus colegas de trabalho, pois a qualquer momento, qualquer pessoa pode ser vítima de sua impulsividade.
 

Agir sem pensar

 
Esta é uma característica que deixa a pessoa “cega”, pois ela simplesmente age e não consegue raciocinar direito, ou seja, ela não pensa nas consequências de suas atitudes, no quanto elas podem prejudicar a todos que estão ao seu redor. Lembrando que, a maior prejudicada no final das contas, é a própria pessoa impulsiva, pois, quando ela reflete sobre seus atos, acaba sofrendo e se punindo bastante.
 

Afeta o trabalho em equipe

 
Quando você tem alguém assim entre os profissionais de sua equipe, ele acaba afetando os demais, pois a sua carga emocional impacta na produtividade dos outros colaboradores. Isso acontece, pois nem todas as pessoas estão preparadas para lidar com este perfil de colega, e, por este motivo, não conseguem desenvolver um bom trabalho em equipe, já que, em um dia podem encontrar uma pessoa supercolaborativa e em outro alguém altamente explosivo.
 

Não sabem lidar com pressão

 
Nem pensar em pressionar demais uma pessoa impulsiva, pois ela não consegue lidar bem com pressão, pelo contrário, se você cobra demais o colaborador impulsivo, ao invés de lhe entregar o resultado que você deseja, ele vai acabar explodindo e, consequentemente, se sentindo paralisado, sem conseguir realizar suas atividades, já que se trata de alguém altamente reativo.
 
Deu para perceber que ter colaboradores impulsivos em sua empresa é um grande desafio que você vai enfrentar diariamente. A minha dica para é: não se deixe levar pela primeira explosão. Dê mais uma oportunidade para este profissional, pois, ele também pode lhe ajudar a alcançar os resultados que você tanto deseja para que o seu negócio cresça. Lembre-se que, tudo o que precisamos é de uma chance para nos desenvolvermos, pessoal e profissionalmente.
 
Agora compartilhe comigo: você já teve de lidar com colaboradores assim? Como foi esta experiência para você? Deixe o seu comentário e continue acompanhando meus conteúdos aqui em meu blog, no meu canal no Youtube e em minhas redes sociais.