Vale a pena recontratar um funcionário?

Vale a pena recontratar um funcionário?

Como tudo na vida, esta é uma situação que tem 50% de chances de dar certo e 50% de chances de não trazer os melhores resultados, nem para você, nem para a sua empresa como um todo. Isso porque, se o colaborador saiu da empresa, seja por ter pedido demissão ou porque foi desligado da organização, houve uma razão para que isso acontecesse. Sendo assim, empresários e empreendedores acabam ficando com o pé atrás ao considerar a recontratação deste funcionário.
 
Porém, a vida, seja ela pessoal ou profissional, também é repleta de segundas chances, que podem trazer gratas surpresas. Neste sentido, dependendo do colaborador, de seu comportamento e conduta ao longo de toda a sua permanência na empresa, fazer uma análise de uma possível recontratação não se trata de algo tão absurdo assim. Pelo contrário, neste segundo momento você pode se surpreender com um profissional mais maduro, técnica e comportamentalmente, que pode estar pronto para lhe auxiliar na busca por melhores resultados para a organização.
 
Escolhi falar sobre este assunto com você, pois trata-se de algo um tanto quanto delicado, mas que merece atenção, para que você possa tomar uma decisão justa e correta. Acompanhe-me nesta leitura e confira se é possível ou não recontratar colaboradores, sem gerar problemas para a empresa.
 

Os riscos da recontratação

 
Como eu disse no início do artigo, existem riscos ao se optar pela recontratação de funcionários. Vou relatar, a seguir, alguns dos principais para que você tome conhecimento e entenda melhor esta situação. Confira:
 

Mágoas e ressentimentos

 
O colaborador, dependendo de como foi a sua trajetória dentro da empresa, pode ter saído de lá com alguma mágoa ou ressentimento que ainda não foi trabalhado por ele internamente. Isso pode trazer prejuízos à operação do dia a dia, pois ele não desempenhará as funções concernentes ao seu cargo de acordo com o que se espera dele.
 
Seu único intuito ao retornar não será o de realizar um bom trabalho, com a uma produtividade satisfatória, mas sim de lidar com algum tipo de situação mal resolvida, seja com a empresa, com os colegas ou com seus superiores. Neste sentido, é necessário pensar bastante e avaliar se realmente vale a pena investir nesta recontratação.
 

Ciúmes

 
Recontratar um colaborador antigo pode ser algo positivo para a sua empresa. Mas você já pensou que isso pode causar ciúmes nos colaboradores que já estão na organização e impactar diretamente na produtividade da equipe. Isso acontece, pois pode acabar passando a impressão de que os funcionários atuais não estão “dando conta do recado”, fazendo assim, com que você seja “obrigado” a contratar novamente alguém que já fez parte do quadro de funcionários.
 
Dianto disso, é preciso tomar bastante cuidado, explicar com detalhes o motivo da recontratação de empregado, para não gerar nenhum tipo de desconforto na equipe que já está na empresa há algum tempo e que vem lhe ajudando diariamente a alcançar os resultados organizacionais que você espera.
 

Excesso de expectativas

 
Tanto o antigo colaborador, quanto a empresa, podem acabar criando expectativas em excesso com relação a esta recontratação. Caso isso aconteça, o resultados esperados com esta ação podem ser comprometidos, causando prejuízos à organização como um todo.
 
Assim, é fundamental levar em consideração que, tanto o funcionário recontratado, quanto todo o cenário em que a empresa se encontra atualmente, passaram por mudanças, e quem entrar novamente ou pela primeira vez, deve se adaptar.
 

As vantagens

 
Agora, vou compartilhar com você os motivos pelos quais investir na readmissão de empregados por ser um bom negócio para a sua empresa.
 

Conhecimento de causa

 
Quando digo isso, estou falando não só do ambiente ou das pessoas que fazem parte da empresa, mas sim da cultura organizacional. Por já ter passado pela experiência de trabalhar em sua organização, ele já sabe o que se espera dele enquanto profissional, o que precisa fazer para contribuir para o crescimento da empresa, e assim por diante.
 
Tendo isso como ponto positivo, o colaborador antigo tem maiores chances de se adaptar novamente e com mais rapidez ao ritmo em que sua empresa opera, do que aquele que está entrando nela pela primeira vez.
 

Amadurecimento

 
Não só a empresa, mas também o profissional passa por um processo de amadurecimento, que o leva a reavaliar os motivos de sua saída da empresa, os erros que cometeu durante o período em que esteve lá, os comportamentos e atitudes que tinha e que não eram compatíveis com o que seus gestores esperavam dele, e por aí vai.
 
É possível perceber se ele realmente passou por este processo de reavaliação logo nos primeiros contatos que se tem com ele. Você enxerga se ele realmente está vendo este retorno como uma nova oportunidade de crescer em sua carreira e contribuir também para o crescimento da empresa, ou se ele está objetivando voltar apenas por comodismo, por não estar conseguindo uma nova colocação no mercado.
 
Se você vê que realmente ele amadureceu e também a empresa amadureceu com relação a ele, acredito que valha a pena investir nesta recontratação e que esta parceria que se reinicia, pode render bons frutos para ambas as partes.
 

Motivação

 
Quem não quer ter entre seus colaboradores, profissionais altamente motivados? Ao dar uma nova chance a algum colaborador que saiu da sua empresa, você vai perceber esta motivação de imediato. Isso acontece, pois o profissional enxerga a nova oportunidade que está tendo e o investimento que a organização está fazendo nele.
 
Sendo assim, além de mostrar que está disposto a desempenhar um bom trabalho, ele vai fazer de tudo para que o vínculo entre vocês seja duradouro e para não decepcionar e nem frustrar nenhuma de suas expectativa.
 
Depois de toda esta explanação, acredito que cada caso é um caso, que deve ser avaliado com a devida parcimônia. Creio que todos merecemos uma segunda chance e que se foram tomados os devidos cuidados logo no início desta parceria que se reinicia, a probabilidade de dar certo aumenta significativamente.
 
Se você optar por recontratar, reflita bastante, com base em tudo o que compartilhei com você aqui e siga em frente, sem dar brecha para os acontecimentos do passado, pois eles também podem prejudicar o bom relacionamento que deve existir entre vocês.
 
E você, já passou por esta experiência? De que forma aconteceu em sua empresa? Deixe o seu comentário e lembre-se de compartilhar este conteúdo com seus amigos em suas redes sociais.