O que fazer para reter talentos em minha empresa?

O que fazer para reter talentos em minha empresa?

Uma das principais estratégias de gestão de pessoas para reter talentos nos quadros de colaboradores das companhias é o investimento na qualificação desses profissionais. A oferta de treinamentos e cursos contribui para que o funcionário se sinta valorizado e observe uma oportunidade de crescimento que o fará pensar dez vezes antes de mudar de empresa.
 

Gestão de Pessoas – Qualificação Constante dos Profissionais

 
Além do objetivo de retenção de talentos, a oferta de qualificação também se configura numa oportunidade de desenvolvimento de vantagem competitiva. No momento da contratação, os recrutadores observam a qualificação profissional dos candidatos e, a partir desses dados, determinam quais são os mais aptos naquele momento. Contudo, deve-se observar que, com o passar do tempo, o conhecimento vai se tornando defasado, exigindo uma renovação.
 
Após a contratação do profissional, é importante que ele se mantenha atualizado a respeito das inovações do seu segmento de atuação, bem como no que se refere à dinâmica do mercado. O primeiro treinamento que os colaboradores devem receber é o da apresentação da estrutura da organização. Conforme vão adquirindo mais experiência, podem e devem passar por palestras, reciclagens e workshops.
 

Aumento da Produtividade e da Lucratividade

 
Um dos principais desafios do setor de gestão de pessoas é convencer os líderes dos empreendimentos que ofertar qualificação profissional para os colaboradores não é o um custo e sim um investimento que trará retorno a médio e longo prazo. Pesquisas realizadas com um bom número de empresas detectaram que aquelas que se comprometeram a dar condições para que seus funcionários se qualificassem se tornaram mais sólidas no decorrer dos anos.
 
Dentre os benefícios que os gestores observam, estão o aumento da produtividade, da eficiência e dos lucros. Porém, o que se mostra mais significativo para as companhias é a redução da rotatividade, isto é, da entrada e saída de colaboradores. O processo de contratação gera um custo relevante para o orçamento das organizações, além de demandar algum tempo de treinamento e adaptação. Se os funcionários se mantêm os mesmos, apenas crescendo na hierarquia empresarial, não se perde mais tempo com preparo ou treino dos mesmos.
 

Desenvolvimento de Mão de Obra Qualificada

 
Investir na qualificação profissional dos colaboradores contribui para vencer um dos desafios mais difíceis para boa parte das empresas, ter acesso à mão de obra verdadeiramente qualificada. Pesquisas referentes à gestão de pessoas realizadas nas últimas décadas constaram que as companhias não encontram profissionais habilitados para desempenhar as tarefas da maneira como necessitam.
 
Se o mercado não apresenta a oferta de profissionais habilitados, as organizações têm tratado de criar esses recursos humanos. Já se dissipou a ideia errada de que esse investimento representa um custo oneroso para os empreendimentos, uma vez que se gasta menos moldando os colaboradores do que procurando por funcionários ideais que não existem.
 

Motivação Pelo Reconhecimento

 
Certamente, o principal fator para que o investimento em qualificação determine a retenção de talentos está na percepção de reconhecimento que o colaborador tem em relação à companhia. Os funcionários se sentem apoiados pela organização, de maneira a ter mais segurança quanto a sua posição dentro da mesma.
 
Para demonstrar que estão aproveitando as ferramentas concedidas pela empresa, esses funcionários oferecem o melhor de si nos projetos. Observando a possibilidade de crescimento dentro da hierarquia das companhias, os colaboradores redobram o seu empenho para extrair o máximo de conhecimento dos treinamentos, bem como para serem decisivos no bom desempenho organizacional.
 

Opções de Ações Para Qualificação Profissional

 
Conhecendo a importância que a qualificação oferecida pela empresa tem para retenção de talentos, é interessante conferir opções de ações que podem ser realizadas.
 
Workshops: Ao observar o surgimento de novidades, sejam tecnológicas ou de sistemas de gestão, as companhias podem viabilizar a realização de workshops para os profissionais dos setores que serão afetados por elas. Em alguns casos, a realização de palestras pode se mostrar tão efetiva quanto.
 
Incentivo à formação: Outra forma de a empresa investir na qualificação profissional dos seus colaboradores é oferecer opções de horários diferenciados para aqueles que estão realizando um curso de graduação ou pós-graduação. As companhias devem considerar que esse esforço do funcionário se refletirá numa melhora de sua atuação no mercado.
 
Espaço para sugestões: Para saber quais são as demandas dos colaboradores da sua organização, nada melhor do que perguntar aos mesmos. A empresa pode abrir um canal de sugestões em relação aos tipos de cursos e palestras que são mais interessantes para cada momento. Isso pode ser feito através de uma caixa de sugestões por escrito ou, mesmo, de uma página da intranet. A mensuração das respostas é uma forma de determinar quais são os desejos dos funcionários em termos de crescimento profissional.
 
A retenção de talentos se mostra mais eficiente quando as empresas investem na qualificação profissional dos seus colaboradores.