Não conte com a estabilidade em nenhum momento

Não conte com a estabilidade em nenhum momento

Uma frase impactante num país como o Brasil em que o objetivo de boa parte das pessoas é alcançar justamente a dita estabilidade. A compreensão de que estabilidade não existe é o que faz a diferença para se manter competitivo dentro do jogo corporativo. Se você está num cenário de estabilidade é importante começar a se perguntar como se manter no centro de interesse.

Estabilidade não existe por que…

 
Digo que a estabilidade não existe no cenário corporativo pelo simples fato de que ela é sinônimo de comodismo, ficar na sua zona de conforto pode fechar uma série de portas e te fazer ignorar oportunidades promissoras. A partir do momento em que o empreendedor identifica que não está no ponto final da sua jornada se mantém atento para iniciar novos projetos.

Obter sucesso nas suas empreitadas é bastante importante, mas não pode te fazer acreditar que não precisa dar mais nenhum passo. Quem se aconchega na estabilidade acaba ficando preso numa situação cômoda e não considera inovar no seu trabalho. Sendo assim tenha sempre em mente que a estabilidade não é o final do caminho.

Como usar a estabilidade a favor do crescimento

Ressalto que não estou dizendo que a estabilidade é ruim, conquistá-la em vários momentos do seu caminho como empreendedor é essencial para ter fôlego para que seu negócio possa crescer. No entanto, é fundamental entender como utilizar a força da estabilidade para fortalecer o crescimento do seu empreendimento.

Cada sucesso conquistado deve ser usado como um degrau para chegar mais longe em seu segmento. Ao aumentar a participação do seu empreendimento no mercado é válido não se acomodar e começar a pensar em soluções para outras demandas dos seus consumidores. Considere que mesmo que hoje sua marca seja a favorita isso pode mudar amanhã. Abaixo listei algumas dicas de como usar a estabilidade para fortalecer o crescimento da sua organização.

1 – Reinvista no seu negócio

 
Sua empresa está estável e dando algum lucro depois de um tempo em dificuldade? Se sim saiba que parte desses ganhos deve ser reinvestida no fortalecimento do seu empreendimento. Muitos empreendedores ao conquistar a estabilidade acreditam que os negócios se manterão bem em médio e longo prazo. Contudo, o mercado é muito imprevisível e de um momento para outro tudo pode mudar.

Sendo assim é válido fazer investimentos em estrutura e em otimização de processos visando reduzir dessa forma potenciais impactos de mudanças imprevistas. Ao fazer essas melhorias de estrutura é possível inclusive estabelecer novos diferenciais que te ajudarão a vencer a disputa com a concorrência mais adiante.

2 – Reserva emergencial

 
Seguindo a mesma linha do tópico anterior alerto para que parte do lucro obtido no período de estabilidade seja destinada para uma reserva emergencial. É a lógica da formiga da fábula que guarda alimento durante o verão para passar bem pelo inverno. A ideia é ter uma reserva para os momentos em que se mostrar necessário enfrentar uma crise em potencial.

Esses recursos podem ser decisivos numa crise para que sua empresa tenha capital de giro suficiente para passar pelos meses mais difíceis e assim recuperar a estabilidade quando o mercado voltar ao seu estado normal. Para não comprometer a saúde financeira do caixa corporativo e poder fazer investimentos relevantes é aconselhável fazer um estudo das finanças identificando onde estão os potenciais cortes de custos.

3 – Projeção de cenários futuros

 
Nos momentos de estabilidade se tem mais tranquilidade para refletir e projetar o futuro. É válido que o gestor tire um tempo para pensar nas possíveis viradas do seu mercado e como sua companhia poderá se posicionar em cada uma delas tornando-se mais competitiva. Pense em cenários variados e quais são as potenciais soluções para se manter no jogo.

Novamente ressalto que não é porque se tem estabilidade no momento presente que ela persistirá em médio e longo prazo. Todos os dias diversas variáveis mudam e podem trazer novos desafios a serem vencidos, estar preparado para resolver essas questões contribui para sair mais rapidamente das dificuldades.

4 – Avaliação do que está dando certo

 
Outra forma como a estabilidade pode corroborar para o crescimento de um empreendimento é através da avaliação das estratégias empregadas até o momento. Certamente boa parte das ações foram bem-sucedidas, já que se conquistou o sucesso, e isso pode ajudar a desenvolver novas estratégias válidas.

Fica a dica de olhar também para o que não está trazendo resultados verdadeiramente positivos, isto é, erros que precisam ser solucionados. A partir dos dados do que deu certo e do que não foi exatamente como o esperado fica mais fácil traçar estratégias para o crescimento do seu negócio. Crescimento é construção e se tem mais material para a base num momento de estabilidade.

A estabilidade não existe porque ela não é permanente, então é fundamental se manter trabalhando em busca de soluções positivas!