Como a autoestima colabora com o desenvolvimento profissional?

Como a autoestima colabora com o desenvolvimento profissional?

A autoestima é uma parte fundamental da felicidade. Afinal, se não acreditarmos em nós mesmos, como alcançaremos nossos objetivos ou nos sentiremos gratos pelas coisas que já conquistamos? Ouvimos sempre falar sobre o assunto em temas ligados a comportamento e relacionamentos, mas o que pouco se fala é a respeito da importância da autoestima no âmbito profissional.
 
No artigo de hoje vamos falar sobre como ter uma boa autoestima pode fazer uma grande diferença no seu sucesso profissional.
 

Benefícios da Autoestima Elevada

 
Os profissionais com um alto nível de autoestima têm muito mais confiança em seus pensamentos e ideias e, portanto, são mais propensos a tomar boas decisões. Além disso, essas pessoas conseguem se relacionar melhor com os colegas de trabalho e líderes, o que é ótimo para a construção de um ambiente amigável, produtivo e de colaboração entre todos.
 
Ao exercer cargos de liderança, os profissionais com a autoestima elevada são capazes de se concentrar melhor na sua equipe, em seus aspectos positivos, diferenciais e em seu desenvolvimento, ao invés de perder tempo colocando defeitos em si mesmos e no desempenho de seus liderados.
 
Não há dúvida de que ter uma boa autoestima tem um impacto significativo sobre a forma como agimos no local de trabalho, como lidamos com as pessoas, projetamos nossos resultados e, consequentemente, com o sucesso que podemos alcançar. É por isso que as empresas estão sempre em busca de pessoas confiantes e que não têm medo de sair da zona de conforto.
 

Desvantagens da Baixa Autoestima

 
Ter autoestima baixa é algo que interfere de forma negativa em todas as áreas da vida da pessoa. Por isso, se você não acredita no seu potencial, será bastante difícil convencer outra pessoa do contrário.
 
Alguém que não confia em si mesmo tem medo do novo e do desconhecido e isso pode levar a um comportamento negativo, principalmente no trabalho. Essas pessoas costumam estar sempre na defensiva, agem com rebeldia e não se abrem para mudanças.
 
Esse tipo de atitude é altamente prejudicial para um profissional, pois as empresas procuram por pessoas com características que são exatamente o contrário. Elas querem colaboradores confiantes, abertos, que se relacionem bem com o restante da equipe e que tenha uma atitude positiva.
 

Como a Empresa Pode Interferir na Autoestima de Seus Funcionários

 
O ambiente de trabalho pode tanto ajudar a melhorar a autoestima de uma pessoa quanto torná-la ainda mais baixa. Organizações com altos níveis de autoconfiança entre seus funcionários geralmente têm algumas dessas características:
 
• Os funcionários demonstram facilidade para se comunicar uns com os outros, gostam dessa interação, o que ajuda na comunicação interna.
 
• As pessoas falam abertamente a respeito do que gostam e não gostam dentro da empresa e colaboram com ideias para melhorá-la.
 
• É comum ouvir um funcionário elogiando o outro e colaborando para o sucesso da equipe.
 
• As pessoas estão abertas à crítica e sentem-se confortáveis o suficiente para reconhecer seus erros e acertos.
 
• A comunicação e a interação entre os funcionários é algo espontâneo.
 
• Há coerência entre o que as pessoas dizem e as suas ações.
 
• Sentimentos de ansiedade ou insegurança podem estar presentes, assim como em qualquer ambiente, mas eles não chegam a prejudicar.
 
• Os funcionários são flexíveis, estão abertos a desafios e se ajudam mutuamente.
 

Dicas Para Ser Mais Confiante

 
Se você sente que sua autoestima está oscilando, fique tranquilo, pois você poderá reconquistá-la. Confira as dicas a seguir e saiba como ser mais confiante:
 
Mude Seu Discurso Interno: Nós estamos o tempo todo “conversando” com os nossos pensamentos. As pessoas com autoestima baixa estão sempre se boicotando, ou seja, pensando que são incapazes; menos inteligentes do que os demais e focam naquilo que não conseguiram conquistar. É hora de mudar isso!
 
A primeira atitude para ser uma pessoa mais segura e confiante é mudar esse discurso. Comece a deixar a negatividade de lado e foque nas suas qualidades, talentos e diferenciais e pense em suas habilidades e nas coisas boas que já realizou e conquistou. Parece uma atitude simples, mas, acredite, ela fará uma grande diferença em sua autoestima.
 
Visualize os Seus Objetivos: Tire uns minutos do seu dia para pensar nas coisas que deseja realizar, seja conseguir uma promoção, fazer um curso, mudar de emprego. Visualize você vivendo essa situação e veja que é capaz de conquistar o que quer, basta se empenhar e traçar estratégias que te levarão a chegar lá.
 
Pratique Exercícios Físicos: A prática de exercícios é uma atividade fundamental para quem quer cuidar da mente. Ao se exercitar, seu corpo libera hormônios de bem-estar e eles farão com que você sinta muito mais ânimo e energia.
 
Converse Com uma Pessoa de Confiança: Conversar com alguém em quem você confia e se abrir vai te fazer muito bem. Essa pessoa pode ser um bom amigo, familiar ou mesmo um terapeuta ou coach. Fale a respeito de você e do que sente; das suas inseguranças, medos, e, claro, de modo a obter ajuda para focar mais em suas qualidades.
 
Desenvolva Novos Talentos: Procure fazer uma atividade diferente do que já fez e que acredita que vai te fazer bem. Pode ser algum tipo de trabalho manual, aulas de dança, participar de um projeto social como voluntário, etc. Dessa forma você encontrará novos talentos e irá começar a enxergar e reconhecer o seu potencial.
 
Agora que você sabe como melhorar a autoestima é hora de colocar em prática estas ações e buscar alimentar sentimentos positivos em relação a si mesmo. Saiba que isso deve ser um exercício diário. Sempre que perceber que está sendo duro demais consigo mesmo, pare para pensar e combata uma ideia sabotadora com várias ideias e palavras positivas e mude sua atitude imediatamente.
 
Aos poucos isso irá se tornar um hábito e você conseguirá acreditar mais em si e nos seus insights e defendê-los com mais garra, verdade, entusiasmo e determinação.
Você tem alguma dica de como se tornar uma pessoa mais confiante? Divida conosco nos comentários e aproveite e compartilhe este artigo em suas redes sociais.