Pressmaster/Shutterstock Saber como escolher e negociar com os fornecedores é essencial a todo empreendedor

Toda empresa precisa de seus fornecedores, independente do ramo de atuação. Eles são peças-chave para ajudar o negócio a crescer já que fazem parte da construção da marca, indiretamente. Mas como se faz para escolher os melhores entre eles? Quais os valores aceitáveis a pagar por um serviço terceirizado? Como você já descobriu qual é o principal motivo de muitas empresas não crescerem, você com certeza não vai querer ser um desses negócios que não sobem de nível.

A estratégia do negócio de sucesso é basicamente conseguir fazer com que o valor que entre na empresa seja maior do que o que sai, com gastos e investimentos. Por isso, saber como pagar o mínimo possível na contratação de um fornecedor faz bastante diferença nos custos que se tem no final do mês. Vamos te mostrar aqui quais os três principais passos para fazer essa negociação direta com quem presta um serviço ao empreendedor.

 

– Veja o vídeo sobre esse conteúdo abaixo, se preferir.

3 Passos para Negociar com Fornecedores

1- Explorar

O empreendedor deve sempre fazer, pelo menos, 3 cotações de fornecedores. Assim, você passa a entender o que é que se está comprando, quais as margens de valores daquele seguimento que você está investindo, o que é de praxe nessa prática. Basicamente é perguntar mais sobre esse potencial fornecedor, quais suas referências, o que ele pode oferecer por tal preço. Essa é a técnica para que você esteja preparado com o máximo de informações possíveis no caso de algum dos provedores do serviço cobrar um valor muito mais alto do que deveria.

2- Negociar

Isso é uma consequência que vem automaticamente após se explorar bastante suas opções. Se o empreendedor falar com as empresas que oferecem esse produto, achar alguém que já comprou por eles, é possível, a partir daí, começar a negociar.

Faça suas cotações e tente conseguir o melhor valor possível com quem for negociar. É você que tem que estabelecer para todos os possíveis fornecedores que você abriu essa concorrência oferecendo o menor valor que encontrou no mercado esperando, assim, que eles ofereçam uma contraproposta.

Exemplo: você vai comprar algo de R$1500, mas já encontrou uma oferta de R$1000, você fala para o negociador que a proposta está fora do que você está propondo. Afinal, o que se busca nessa negociação?  Um mínimo de custo? O melhor custo benefício? Você quer o melhor do mercado com o mínimo de custo? Quando se explora bem, se negocia melhor.

Outra forma de conseguir bons descontos nessa prestação de serviço é colocar-se como um parceiro do seu fornecedor! Você propõe que se gostar do produto, sua empresa e a dele terão uma relação companheira para indicações, depoimento, quem sabe ser um “influencer” (influenciador) e trocar indicações. Isso tudo pode acontecer se a negociação for válida e o produto estar de acordo. Que empresa que não quer ter essas referências na hora de vender, não é mesmo?

Esse posicionamento de parceiro de quem te oferece o serviço ajuda muito no ganho final da negociação, por isso deve-se falar, persuadir, colocar elementos para que seu fornecedor veja os benefícios de estar ao seu lado.

Você pode propor, também, valores diferentes numa quantidade maior de serviços contratados. Como exemplo podemos pensar assim: se você vai comprar de maneira recorrente, isso é um argumento válido para o fornecedor enxergar um valor maior a ser investido na empresa dele. Esse pacote de benefícios faz sentido para ambas as partes na negociação e essas são atitudes muito interessantes para quem quer, por exemplo, otimizar seu fluxo de caixa.

3- Cuidar/ manter

Tenha em mente que é muito importante cuidar bem do seu fornecedor. Mantenha ele por perto, honre seus prazos, antecipe o pagamento quando possível, crie um elo de confiança. Isso fortalece sua negociação futura. Existe muito empreendedor por aí que não faz isso com seu prestador, que tem uma atitude de desmerecimento com esse fornecedor. Grande erro, meu colega! Esse é exatamente o tipo de situação que você não vai querer com quem te fornece serviço, afinal, assim sua relação se desgasta e causa desconfortos numa contratação em outro momento.

Depois de todas essas dicas, você já entendeu truques e novas estratégias para que seu negócio atinja um outro nível, não é mesmo? Está na hora de compartilhar esse conhecimento com seus colegas de profissão com mandar para eles o link desse texto ou do nosso vídeo.