Aprenda quais etapas você deve seguir para fazer um bom orçamento

Aprenda quais etapas você deve seguir para fazer um bom orçamento

Montar o orçamento ideal para fechar negócio com um bom fornecedor é essencial. A escolha dos fornecedores, seja de matéria-prima ou de produtos, é muito importante para o planejamento da empresa podendo ser determinante para o financeiro. Diante disso, vemos o quanto é fundamental estar bem preparado, buscando conhecer o que se está procurando e o seu mercado, a fim de que você não seja pego de surpresa e consiga uma negociação aonde ambos, você e o fornecedor, possam obter ganhos. Para te ajudar nessa tarefa, abordarei algumas dicas sobre como fazer um bom negócio.

Dicas sobre como fazer um bom orçamento e uma boa negociação

 

Se você não conhece os fornecedores locais, busque conversar com algum empresário de sua cidade, podendo ser do mesmo ramo ou não, pois através dele você pode conhecer outras empresas e à medida que for visitá-las pode buscar indicação de outras. Isso é, faça uma boa network.

Você pode também comprar catálogos especializados no seu ramo de negócio, pesquisar na internet (empresas estão explorando cada vez mais novos canais de venda e distribuição) e principalmente participar de feiras e eventos, onde você pode conversar diretamente com diversas pessoas envolvidas na comercialização.

Após identificar os fornecedores você pode seguir 3 etapas:

  1. Explorar:

Nessa primeira etapa você deve buscar obter o máximo de informações possíveis sobre o produto que você quer comprar, para que você entenda sobre o que está comprando e quais são as margens desse segmento. É interessante falar com 3 ou 4 empresas que oferecem o mesmo tipo de serviço que você quer contratar e com alguém que já tenha adquirido o serviço, que conheça esse mercado.

  1. Negociar:

Essa parte eu chamo de ancoragem. O que seria essa ancoragem? É você cotar preços, no mínimo de 3 fornecedores, para que você tenha uma margem de partida. Depois de ter feito a cotação de preços, você utiliza o menor preço encontrado como âncora na sua negociação, estabelecendo para todos os possíveis fornecedores que você abriu uma concorrência de que já encontrou o valor “x”, no mercado. Quando você vai negociar ancorado no menor preço do mercado, ganha força, porque a referência se torna esse menor preço do mercado e não o preço que o fornecedor quer te cobrar.

Outro fator importante no momento da negociação é mostrar ao fornecedor que ele pode ser um parceiro seu. Você gostando do produto e do serviço prestado, podendo fechar uma boa negociação, pode indicar e recomendar a empresa fornecedora para outras empresas. Contratando o fornecedor que melhor atendeu suas condições e expectativas.

  1. Cuidar bem

Cuidar bem é honrar aquilo que foi dito no momento da negociação. Indicando o serviço, comprando novamente e honrando os prazos de pagamento. Quando se tem uma boa relação com o fornecedor, você ganha força para negociar e reduzir custos.

Um ponto importante a ser destacado é que você deve contatar no mínimo 3 fornecedores antes de fechar um orçamento. Por quê? Primeiro para que você tenha uma margem, uma média do preço do mercado, podendo utilizar o menor preço como âncora na negociação. E segundo para que você tenha opções, não tendo assim a dependência de uma única empresa e para que não corra o risco de desabastecimento.

Busque fazer um bom orçamento planejado para que a sua empresa não venha fracassar. Seguindo esses passos básicos, o empreendedor pode obter benefícios como, por exemplo, reduzir o custo de compra e como consequência melhorar o seu financeiro, criar boas relações no mercado e abranger o leque de possibilidades. Para tanto, é necessário conhecer o mercado, pesquisar e chegar preparado, como foi orientado acima no texto. Explore, negocie e cuide bem do seu fornecedor.