Empreendedores que ficaram milionários antes dos 30

Empreendedores que ficaram milionários antes dos 30

O principal desejo financeiro de boa parte dos empreendedores é chegar à marca de US$ 1 milhão e alguns empreendedores brasileiros de sucesso conseguiram esse feito antes dos 30 anos. Conhecer a trajetória desses jovens empresários é uma forma de se inspirar a alcançar a realização financeira também. Os 30 anos estão sendo vistos como os novos 20 e chegar a essa fase da vida com estabilidade é estar preparado para passos mais audaciosos.
 

Empreendedores Brasileiros de Sucesso Que Ficaram Milionários Antes dos 30

 
Listei abaixo algumas histórias de jovens milionários brasileiros que chegaram a esse status antes dos 30 anos para que mais pessoas se inspirem a seguir os seus sonhos empreendedores.
 

Edgard Nogueira – Fundador do Aonde.com

 
Quando tinha apenas 14 anos de idade, o carioca Edgard Nogueira teve a ideia de criar um site de buscas. Investindo R$ 50,00 mensais para a hospedagem da página nos Estados Unidos, ele deu início ao seu empreendimento que no terceiro mês de existência já tinha multiplicado o capital investido.
 
Não demorou para que Nogueira observasse a chance de se tornar um dos jovens milionários brasileiros com a sua empresa, porém, o sucesso não reduziu sua inquietação de fazer sempre mais e melhor. Os especialistas em economia apontam a internet como um dos segmentos mais propícios para que empreendedores brasileiros de sucesso construam suas fortunas, uma vez que demanda investimento baixo e tem retorno alto.
 

Marina Gheler – O Poder do Reinvestimento

 
Com apenas 5 anos Marina já vendia roupas que a mãe não queria mais para poder comprar os seus brinquedos. O apurado tino comercial evoluiu com 17 anos, quando se tornou estagiária numa companhia de produtos odontológicos, chegando rapidamente a diretora de vendas. Marina queria mais e, então, tomou a decisão de abrir a sua própria empresa no segmento de acessórios e semijoias.
 
A empresa teve uma boa expansão porque a empreendedora decidiu reinvestir o lucro de mais de R$ 1 milhão obtido nos primeiros três anos da organização no mercado. Atualmente, sua empresa tem franquias espalhadas pelo interior de São Paulo e se constitui numa marca forte. Um diferencial dos jovens milionários brasileiros é a percepção de que é melhor reinvestir o capital de alguns milhões para ter mais solidez no futuro.
 

Bruno Grossman – O Nome Por Trás da Yoggi

 
Bruno atuou durante algum tempo como consultor empresarial, ajudando outros empreendedores a alcançar o sucesso no mercado. Um dia, ele percebeu que boas ideias todo mundo pode ter, mas o que diferencia os bem-sucedidos é aplicá-las tirando-as do plano dos sonhos. Foi então que ele fundou a primeira empresa 100% nacional de frozen yogurt (mistura de sorvete e iogurte).
 
O investimento inicial feito por Grossman foi de R$ 400 mil e, somente dois anos depois da fundação, a companhia já contava com mais de 80 unidades em todo o Brasil, faturando mais de R$ 96 milhões. Em diversas entrevistas, o empresário destaca que nada é mais importante do que ter coragem para insistir nos seus objetivos.
 

Thiago Monsores – Empreendedor em Tempo Integral

 
Uma das características mais comuns em jovens milionários é a de se dedicar quase integralmente ao trabalho, como é o caso de Thiago Monsores. Formado em Propaganda, ele já desenvolvia ações de marketing promocional antes de pegar o diploma. Toda essa dedicação lhe rendeu um escritório próprio muito bem localizado no Rio de Janeiro com vista para o Corcovado e o Pão de Açúcar.
 
Contudo, ele quase não aprecia a vista, pois trabalha mais de 14 horas por dia todos os dias para que a empresa continue engrenando. O primeiro milhão foi usado quase que todo para reinvestir no negócio, exceto pela compra do Audi A4, que era um sonho de Monsores. O empreendedor garante que, mesmo quando não está no escritório, se mantém pensando em formas da companhia crescer e que não acha isso ruim.
 

Rafael Liporace – Levantou uma Empresa Falida

 
Liporace demonstrou grande tino comercial ao tirar a Biruta Ideias Mirabolantes do hall de empresas falidas e torná-la uma das mais lucrativas do segmento de comunicação do país. Ao entrar na empresa, ele encontrou um cenário bem difícil de endividamento e descrença nos serviços oferecidos de propaganda aérea. Realizando uma renovação na empresa, ele conseguiu que ela passasse a lucrar mais de R$ 25 milhões por ano.
 
Com o sucesso e os milhões na conta, Liporace tem o desejo de se aposentar ainda jovem para poder aproveitar o melhor da vida. O empreendedor destaca que a dedicação ao trabalho não permite a formação de uma família ou a construção de uma vida pessoal em paralelo. Porém, tendo estabilidade financeira, é possível encerrar as atividades profissionais mais cedo e desfrutar do esforço do seu trabalho.
 
O que você achou dessas histórias de empreendedores brasileiros de sucesso que chegaram ao primeiro milhão antes dos 30 anos? Deixe seu comentário e compartilhe esse conteúdo!