Faculdades empreendedoras no Brasil

Faculdades empreendedoras no Brasil

Estudar numa instituição de ensino que tenha estrutura direcionada ao empreendedorismo é uma forma de estar mais preparado para os desafios que o mercado irá impor. Hoje em dia, muitos estudantes de graduação já sonham com a abertura de uma empresa própria e esse desejo pode se tornar realidade com mais facilidade a partir do fomento oferecido pelas faculdades.
 

Empreendedorismo em Instituições de Ensino

 
O ranking de faculdades empreendedoras é elaborado pela Confederação Brasileira de Empresas Juniores e tem como foco avaliar quais são as instituições de ensino que oferecem melhores condições para que seus estudantes desenvolvam mentalidade empreendedora.
 
Dentre os indicadores que são avaliados pela pesquisa, estão infraestrutura oferecida para os estudantes, índice de internacionalização, inovação, estímulo de cultura empreendedora, atividades de extensão e capital financeiro. As faculdades foram avaliadas com o sistema de notas, saiba melhor como funciona a avaliação a seguir.
 

Como é Feito o Estudo?

 
O objetivo central do estudo é verificar se a faculdade que está sendo avaliada oferece práticas que estimulem o desenvolvimento do empreendedorismo pelos seus alunos. A realizadora da pesquisa passou um ano inteiro ouvindo mais de 10 mil estudantes para que pudesse avaliar a forma como essas instituições têm trabalhado no sentido de agregar espírito empreendedor as suas atividades.
 
Um dos motivos para que o pior momento da crise financeira tenha passado é que o brasileiro é um povo com vocação empreendedora. O desejo de reverter o quadro de dificuldade com ações de empreendedorismo fez com que muitos jovens começassem a sonhar com universidades inovadoras. Foi a partir desse desejo que surgiram importantes questionamentos a respeito das obrigações da faculdade no preparo dos estudantes para enfrentar a dura realidade do mercado.
 

Outros Pontos Abordados Pela Pesquisa

 
A pesquisa realizada pela Confederação Brasileira de Empresas Juniores abordou, ainda, outros pontos que, indiretamente, também contribuem para a criação de uma cultura empreendedora. Como é o caso da visão dos estudantes em relação às metodologias de ensino empregadas, assim como a diversidade dos alunos que compõem o corpo estudantil da instituição.
 
As motivações que mantêm os estudantes nas faculdades também foram questionadas, objetivando compreender quais são as aspirações dos jovens que irão tomar conta do mercado nos próximos anos. Os resultados apontaram que 30% dos estudantes entrevistados não se sentem estimulados a realizar atividades de extensão e cerca de metade deles não vislumbra que a grade curricular é relevante para o desenvolvimento de cultura empreendedora.
 

Conheça as Faculdades Mais Empreendedoras do Brasil

 
Se você tem como foco desenvolver o empreendedorismo durante a sua jornada estudantil, gostará de conhecer a seguir as 5 faculdades que aparecem nas primeiras posições do ranking e que apresentarei abaixo.
 

Universidade de São Paulo (USP)

 
A principal universidade pública do estado de São Paulo lidera o ranking com nota final de 7,26. A instituição foi fundada em 1934 e conta com um dos processos seletivos mais disputados do país. O ingresso na USP pode ser feito através do vestibular organizado pela Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) e ou pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação.
 

Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

 
A sede da universidade fica na cidade de Belo Horizonte, capital do estado de Minas Gerais, porém, possui campi também nas cidades de Montes Claros e Tiradentes. Sua federalização se deu no ano de 1949. Para se tornar um aluno da UFMG é necessário passar pelo ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) e participar do processo do Sisu. A nota final da instituição na pesquisa foi de 6,90.
 

Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

 
Essa universidade aparece listada como uma das melhores instituições de ensino público da América Latina. Foi inaugurada no ano de 1962 e sua sede está situada na cidade de Campinas, interior de São Paulo. A nota dessa universidade na pesquisa foi de 6,84. O ingresso na instituição se dá através de vestibular próprio, organizado pela Comvest (Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp).
 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

 
Fundada no ano de 1934, a UFRGS é uma das mais tradicionais instituições de ensino do Brasil. Essa instituição foi a responsável pela formação de importantes nomes da história brasileira, como Getúlio Vargas e João Goulart. Tendo recebido nota de 6,45 na pesquisa, tem sua sede na cidade de Porto Alegre. As vagas dos cursos da universidade são divididas da seguinte forma: 70% para alunos provenientes do vestibular tradicional e 30% para estudantes do Sisu.
 

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RIO)

 
A primeira universidade privada do ranking, com nota de 6,18, a PUC-Rio é uma das mais tradicionais instituições de ensino do país. A fundação data de 1941, contudo, seu reconhecimento oficial aconteceu em 1946. O ingresso pode ser feito através do uso de nota do Enem e do vestibular tradicional da universidade.
 
As faculdades empreendedoras oferecem condições para que seus estudantes desenvolvam seu potencial de realização de atividades empreendedoras ao concluírem a graduação.