Os empreendedores precisam se capacitar?

Os empreendedores precisam se capacitar?

Além do desejo de ter o próprio negócio, é essencial que o empresário saiba como empreender para que a sua organização consiga romper a barreira dos quatro primeiros anos de mercado. Uma pesquisa focada em pequenos e médios negócios observou que metade deles não consegue se manter com as portas abertas a longo prazo pela falta de conhecimento dos empreendedores.
 

Aprender Como Empreender é Possível?

 
Embora não exista especificamente um curso de empreendedorismo há inúmeras opções de cursos de formação e treinamento oferecidos por instituições, como o Sebrae e a FGV, por exemplo, que visam qualificar o empresário para a gestão de sua organização. O diretor de uma empresa precisa ter conhecimentos a respeito de administração financeira, gestão de pessoas, marketing, entre outras áreas.
 
Quem está à frente de pequenas e médias empresas deve ter um arcabouço de conhecimentos ainda maior, pois geralmente não conta com uma equipe para ajudar na gestão do empreendimento. Apenas o desejo de fazer a empresa se tornar bem-sucedida não é o bastante para que o negócio deixe de ser apenas um sonho para se tornar realidade.
 

Diferença Crucial

 
Lembra do estudo que citei no começo do artigo? De acordo com ele, mais da metade dos pequenos e médios empreendimentos fecham por falta de habilidades administrativas de seus gestores. O mesmo estudo detectou que quanto mais preparados estão os empreendedores, mais as empresas se desenvolvem em seus mercados. A capacitação, além de fornecer ferramentas para uma administração mais assertiva, contribui para o aumento exponencial na confiança do gestor em si mesmo.
 

Que Tipo de Capacitação Buscar?

 
Com certeza, os empreendedores já perceberam a importância de buscar conhecimento a respeito de como empreender de forma mais eficaz, contudo, pode não ter ficado claro exatamente quais os melhores cursos para obter essa capacitação. Há duas possibilidades, em termos de modalidades formativas, sendo a primeira delas universitária e a outra de cursos livres com menor duração.
 
Há muitos cursos de graduação e pós-graduação que podem contribuir para o aperfeiçoamento profissional do empreendedor, como o curso de Administração de Empresas, Contabilidade, Marketing, Publicidade e Propaganda, entre outros. A escolha deve ser feita considerando qual é a área administrativa que parece mais atraente para o empreendedor.
 
Os cursos livres de menor duração podem, inclusive, ser feitos como um complemento a uma formação universitária. Instituições, como o Sebrae, oferecem opções bastante pontuais, como cursos focados em fluxo de caixa, gestão de recursos humanos e organização de eventos. Para quem escolheu essa modalidade formativa, a dica é observar qual a área em que se tem mais dificuldade para que possa focar nela.
 

O Ensino à Distância (EaD) é uma Alternativa Interessante

 
Sabemos que o bem mais precioso que uma pessoa possui atualmente é o tempo e, nesse contexto, é essencial encontrar um curso de empreendedorismo que seja eficaz, em termos de conhecimento e que se encaixe no seu tempo livre. Para quem não tem disponibilidade para comparecer presencialmente todos os dias a uma instituição de ensino, seja universitária ou de formação livre, indico a modalidade de ensino à distância (EaD).
 
A qualidade dos cursos à distância tem sido cada vez mais reconhecida no mercado e, no caso do empreendedor, o mais relevante é a sua dedicação aos conteúdos que serão passados. Quanto mais flexível for a estrutura de ensino, melhor para quem está engajado em administrar o empreendimento em paralelo. Poder estudar e revisar os conteúdos sempre que desejar é algo que faz diferença no aprendizado.
 

Possibilidades do Sebrae

 
No decorrer do texto, citei o Sebrae algumas vezes por ser essa a instituição mais profícua em termos de capacitação e acompanhamento de pequenos e médios empreendimentos. Os interessados encontram opções de cursos presenciais e à distância, gratuitos e subsidiados.
 
Os treinamentos ofertados pelo Sebrae cobrem todas as esferas administrativas de uma empresa, com opções que incluem “Como vender mais e melhor”, “Atendimento ao cliente”, “Análise e planejamento financeiro”, entre outros. De forma geral, esses treinamentos são direcionados para empreendimentos que estão no mercado há mais de dois anos.
 
Os empresários podem contar, inclusive, com consultoria personalizada para o seu negócio, com palestras, cursos e outras opções formuladas para atender às suas necessidades. O papel do Sebrae é fornecer mais ferramentas para que mais organizações tenham sucesso no mercado e encontrem o seu lugar.
 

Atenção ao Fator Humano

 
A qualificação de como empreender é essencial para resolver questões técnicas, como, por exemplo, saber administrar a área financeira da companhia, porém, não é o único pilar para ser bem-sucedido. Boa parte do sucesso de uma organização está na forma como o seu gestor se coloca diante dos desafios que aparecem.
 
A formação técnica contribui para aumentar a confiança em sua capacidade de administrar, mas é importante desenvolver, também, um comportamento positivo em relação ao empreendimento. Então, em paralelo à busca de conhecimento por meio de cursos, trabalhe a sua forma de enfrentar o dia a dia organizacional.
 
Gostou do artigo a respeito de como buscar conhecimentos a respeito de empreendedorismo e administração de uma empresa? Compartilhe com seus amigos empreendedores!