Conheça a história do Empreendedor Silvio Santos

Conheça a história do Empreendedor Silvio Santos

Quem acompanha a programação do SBT talvez não se dê conta da figura de Silvio Santos empreendedor que para muito além da descontração do palco se mostra sério e focado em diversificar sua presença no mercado encontrando os melhores investimentos para fortalecer a sua marca. O empresário e apresentador de TV que já foi ambulante tem uma história inspiradora para quem está pensando em empreender.

Conhecendo Silvio Santos Empreendedor

Silvio Santos, cujo nome de batismo é Senor Abravanel, é uma figura polêmica que divide opiniões, no entanto, mesmo aqueles que não gostam do apresentador por algum motivo concordam que o dia em que o Brasil o perder será complicado preencher o vazio que será deixado. Considerado uma verdadeira lenda por muitos, Silvio, é dono de uma emissora de TV, que assim como ele, tem suas características próprias e mesmo não tendo condições estruturais mantém concorrência acirrada com as demais.

Quem vê a figura imponente do apresentador de terno e gravata dificilmente consegue imaginá-lo pelas ruas do Rio de Janeiro oferecendo produtos como ambulante. No entanto, ele sempre faz questão de dizer que essa fase foi muito importante em sua vida para torná-lo mais preparado tanto para ser apresentador de TV como administrar diferentes empreendimentos.

A Trajetória de Silvio Santos – Um dos Maiores Empreendedores do País

Senor Abravanel nasceu no dia 12 de dezembro de 1930, na cidade do Rio de Janeiro, sendo filho de um casal de imigrantes judeus. A mãe Rebecca era proveniente de uma cidade que atualmente faz parte do território da Turquia e seu pai, Alberto, de uma cidade que hoje em dia compõem o território grego. A família era grande, o futuro empresário e apresentador tinha cinco irmãos. Junto com seu irmãos mais novo, Leon, gostava de ir a sessões de cinema na Cinelândia, dando um jeito de entrar sem pagar.

O Vendedor Ambulante Com Voz de Radialista

Tendo uma vida difícil, Senor, um dia descobriu a possibilidade de trabalhar como ambulante vendendo capinhas de proteção para título de eleitor. Junto com seu irmão e grande aliado ele vagava pelo centro do Rio de Janeiro oferecendo esse produto. Porém, as vendas só podiam acontecer num período de 45 minutos que era o tempo de almoço dos oficiais da polícia que reprimiam o trabalho dos ambulantes.

Com uma voz com muita potência não demorou para ser convidado para um teste para a Rádio Guanabara, em que passou em primeiro lugar, a frente até mesmo de Chico Anysio. A vida de radialista não durou muito, pois a venda de capinhas de proteção rendia mais e ele voltou às ruas.

Empreendedor é Quem Vê Oportunidades

Com grande inclinação para o empreendedorismo, Silvio Santos, precisou encontrar novas oportunidades para ganhar dinheiro quando foi convocado para o exército (onde serviu na Escola de Paraquedistas) e não conseguia mais atuar como camelô. Para conseguir um reforço para a sua renda ele passou a trabalhar como locutor numa rádio de Niterói, o que o obrigava a pegar a barca todos os dias.

Observando uma oportunidade ele desenvolveu um serviço de autofalante na barca em que tocava músicas e apresentava produtos que comercializava. A ideia foi tão bem-sucedida que em pouco tempo todas as barcas contavam com o sistema e algumas foram ainda mais além implantando um bingo e um bar, sugestões de Silvio, obviamente.

O Baú da Felicidade

Com apenas 20 anos de idade e o sonho de crescer na vida, Silvio Santos, se mudou para São Paulo, capital. Para se manter apresentava sorteios e espetáculos além de realizar algumas atividades como radialista. Foi nesse período que se tornou amigo de outro radialista, Manuel de Nóbrega (pai de Carlos Alberto de Nóbrega) de quem acabou comprando a empresa Baú da Felicidade.

A companhia tinha como base a venda de brinquedos e eletromésticos por meio do pagamento de carnês, os consumidores pagavam o ano todo e recebiam os produtos no período de natal. O grande problema é que a companhia não estava bem e Manuel estava pensando em fechá-la. No início de 1962 Silvio Santos adquiriu o Baú da Felicidade, o primeiro passo para construir o grupo empresarial que levaria o seu nome.

Silvio Santos Apresentador de TV

Na década de 1960, Silvio, conseguiu manter um negócio lucrativo – o Baú da Felicidade – e estrear um programa de televisão que recebeu o nome de ‘Vamos brincar de forca’ que posteriormente se tornou o ‘Programa Silvio Santos’. O sonho de ter seu próprio canal de televisão se realizou em 1975 quando ficou em primeiro lugar na concorrência pelo Canal 11.

Após seis anos recebeu a concessão de mais 4 emissoras criando então o Sistema Brasileiro de Televisão, o SBT. Com uma TV para chamar de sua passou a conseguir fazer propaganda de seus produtos por valores bastante baixos. No ano de 1989 ele chegou a ficar tentado a se candidatar a presidência, mas acabou freando esse desejo por ser dono de um canal de televisão.

Novos Negócios

Silvio Santos se dedicou a expandir e consolidar o SBT no mercado de emissoras de TV além de investir em diferentes segmentos como a Jequiti, marca de produtos de perfumaria e maquiagem, em 2006 e em 2007 o luxuoso empreendimento hoteleiro, Sofitel Jequitimar Guarujá. Na década de 2010 o empresário enfrentou grandes dificuldades financeiras que o fizeram cogitar vender o grupo que leva seu nome e ir morar nos Estados Unidos.

Contudo, ele conseguiu quitar as dívidas que estavam na casa dos bilhões de reais e focou no crescimento da Jequiti. E não é que Silvio Santos empreendedor estava certo? Atualmente, o seu império está mais forte do que nunca e provavelmente continuará crescendo!

Gostou de conhecer mais sobre a história de Silvio Santos? Deixe seus comentários!

Copyright: Google – https://www.noticiasaominuto.com.br/

 

Saiba mais sobre empreendedorismo para pequenas e médias empresas! Inscreva-se no meu canal. Inscreva-se agora!