Conheça as vantagens de ser um empreendedor MEI

Conheça as vantagens de ser um empreendedor MEI

Ao conhecer as vantagens e benefícios do MEI (Microempreendedor Individual) muitos profissionais que atuam por conta própria decidem formalizar as suas atividades. A informalidade não é boa nem para os empresários e nem para o país, ter a possibilidade de adotar a configuração de uma companhia formal é essencial para quem deseja crescer e se consolidar no mercado.

Quais são as vantagens e benefícios do MEI?

O MEI é a melhor alternativa de formalização para micro e pequenas empresas assim como para quem trabalha por conta própria e deseja ter uma estrutura para se inserir no mercado. A seguir vou explicar com mais detalhes quais são os principais benefícios de ser MEI, assim será mais fácil entender porque essa é uma excelente opção para a sua formalização.

1 – CNPJ

A primeira vantagem indiscutível da formalização como MEI certamente é o fato de ter um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas). Com esse cadastro a sua companhia passa a ter acesso a empréstimos bancários, pode emitir notas fiscais, dar início ao processo de alvará de funcionamento e até vender para outras empresas. Quem trabalha por conta própria sem ter um CNPJ provavelmente já perdeu algum negócio por não ter como emitir nota fiscal.

2 – Acesso a benefícios previdenciários

O MEI ainda tem acesso a benefícios previdenciários devido ao pagamento do DAS, lembrando que cada benefício demanda um período mínimo de contribuição que listei abaixo:

– Auxílio-doença

Com 12 meses de contribuição é possível usufruir desse benefício.

– Salário-maternidade

Benefício a que se tem direito após 10 meses de contribuição.

– Pensão por morte

Esse benefício está disponível após 24 meses de contribuição.

– Auxílio-reclusão

Benefício disponibilizado após 24 meses de contribuição.

– Aposentadoria por idade

Esse benefício é disponibilizado após 180 meses de contribuição.

– Aposentadoria por invalidez

São necessários 12 meses de contribuição para ter acesso a esse benefício.

3 – Simplicidade para a formalização

Abrir uma companhia sob o regime de MEI certamente é a forma mais simples de formalizar as suas atividades empreendedoras. Contar com uma estrutura empresarial permite ao empresário ter mais segurança para se posicionar no mercado e poder realizar negócios mais significativos para a sua organização. Dentre as possibilidades para formalização certamente o MEI é uma das mais práticas.

4 – Imagem corporativa

A formalização permite que pequenos e médios negócios se tornem mais confiáveis para o público consumidor haja vista que existe um CNPJ e também uma estrutura formal por trás do empreendimento. As possibilidades de negócios passam a ser mais interessantes permitindo inclusive negociar com outras companhias.

5 – Participação em licitações públicas

Negócios formalizados como MEI podem participar de processos de licitação pública que nada mais é do que processos para vender para o Governo. A formalização pode ser o passo que estava faltando para que sua organização cresça.

6 – Escrituração contábil

As empresas formalizadas como MEI não precisam realizar o procedimento de escrituração contábil e nem levantamento do balanço anual patrimonial. O objetivo é permitir que haja mais facilidade para a gestão de maneira que a organização se mantenha em dia com as suas obrigações.

7 – Carga tributária mais leve

Um dos grandes benefícios do MEI é ter acesso a uma carga tributária mais leve e simplificada. O MEI consegue resolver com poucos passos essa questão da sua organização.

Quem pode se tornar MEI?

Após conhecer todos os benefícios do MEI você deve estar se perguntando qual é o perfil de empresa que se encaixa nesse tipo de formalização. A seguir listei as principais condições:

– Faturamento

Pode faturar até R$ 81 mil por ano (considerando de janeiro a dezembro, com proporcionalidade para menos meses);

– Sem sócios

A companhia inscrita no MEI não pode ter sócios e o titular não pode ser administrador ou sócio de outra organização;

– Atividade

Para se tornar MEI é necessário que a sua atividade profissional esteja dentro da tabela de possíveis atividades do Microempreendedor Individual. São mais de 400 categorias de atividades disponíveis de maneira que provavelmente terá uma ideal para você.

– Apenas um funcionário

MEI pode contratar somente um funcionário que deverá ser remunerado com 1 salário mínimo ou então dentro do piso da sua categoria profissional.

Como se tornar MEI?

Se o seu empreendimento segue todas as condições listadas acima é possível dar início ao processo de formalização como MEI. O interessado deve acessar o Portal do Empreendedor, clicar no botão “Formalize-se” e preencher os dados. O site é bastante intuitivo, tenha em mãos o número do seu título de eleitor ou então o número do recibo da declaração do seu Imposto de Renda dos dois últimos anos. Siga as instruções da página é bastante simples.

Gostou de conhecer mais sobre os benefícios do MEI? Já tinha pensado sobre a sua formalização? Comente abaixo!

 Copyright:1135494569 – https://www.shutterstock.com/pt/g/bnenin