Confira as dicas para não deixar o trabalho do escritório em segundo plano

Confira as dicas para não deixar o trabalho do escritório em segundo plano

Para muitos profissionais parece um sonho trabalhar viajando, contudo, ser um nômade corporativo pode não ser tão esplêndido quanto parece, pois traz dificuldades para manter as obrigações rotineiras do escritório em dia, pode gerar uma sensação de distanciamento para os outros membros da equipe além de afastar o indivíduo do ambiente organizacional impedindo-o de compreender os meandros políticos que se estabelecem. Entender como administrar essas questões é essencial para perder o mínimo possível estando fora.

Trabalhar Viajando – Dicas Para Não Deixar o Trabalho do Escritório em Segundo Plano


A seguir listei dicas de como não deixar que uma viagem de negócios interfira na qualidade do trabalho do escritório e prejudique sua carreira.

– Desenvolva laços com pessoas do escritório


Se o seu cargo exige um número considerável de viagens pode ser difícil desenvolver vínculos com as pessoas do escritório afinal elas estão juntas todos os dias e quase nunca te veem. Nesses casos a recomendação é ter a atitude de procurar criar laços com os colegas, assim que chegar de viagem o indivíduo deve buscar por interações com as pessoas que o cercam mantendo-se informado sobre o que aconteceu enquanto esteve fora.

Saber o que acontece no escritório, desde quem foi promovido até quem teve problemas com seus projetos é essencial para quem almeja se estabelecer num cargo de maior destaque no futuro. Além disso, pode ser que a falta de contato dos outros funcionários com você crie a falsa de impressão de arrogância que num determinado momento pode se tornar um empecilho para uma promoção.

– Não deixe de cumprir a sua agenda de rotinas


Essa dica é essencial especialmente para quem faz viagens corporativas esporádicas, pois pode ser que a falta de costume com o ritmo fora da empresa prejudique o cumprimento de sua agenda de rotinas. Não é porque o indivíduo não está fisicamente na organização que não precisa mais responder seus e-mails e responder questionamentos dos colegas. Atualmente, os smartphones permitem conectividade a todo momento não sendo complicado resolver demandas que cheguem ao e-mail ou através dos aplicativos de mensagens. Deixe informado para os colegas em quais momentos do dia não poderá responder devido a compromissos corporativos.

– Trabalhe com assertividade


Não estar no ambiente físico da companhia pode deixar o profissional um pouco confuso a respeito dos horários e do ritmo de trabalho. O ideal para evitar perda de tempo é fazer um planejamento prévio que considere os momentos entre os compromissos e as paradas para as refeições. Sabendo que se terá uma mesa, uma cadeira e um pouco de tranquilidade é possível determinar alguns momentos para preencher relatórios, conferir dados entre outras tarefas que estejam no escopo das suas atividades.

– Mantenha a calma


Algumas pessoas têm dificuldade de manter a calma numa situação em que precisam resolver questões do escritório e da viagem de negócios ao mesmo tempo. Se você identifica essa dificuldade é essencial pensar num método para driblar o estresse, pode ser tomar um suco de maracujá, meditar, organizar as tarefas em listas ou somente respirar fundo.

Ter uma atitude positiva diante de uma grande quantidade de tarefas a realizar contribui para não cair em armadilhas como ser grosseiro com as pessoas a sua volta ou acabar não sendo produtivo porque fica o tempo todo pensando no que deveria estar fazendo.

– Mantendo a liderança


A situação da distância criada pelas viagens corporativas constantes se torna mais delicada quando o profissional em questão é o gestor da equipe. Nesses casos é essencial que o líder mantenha de alguma forma um contato mais próximo com seus subordinados, pode ser até mesmo por teleconferência. O ideal é que os membros do time não percam a referência daquele que está a frente do grupo.

Uma maneira para conseguir mensurar quem está sendo mais e quem está sendo menos produtivo para a equipe é delegar tarefas. Isso permite que mesmo a distância o gestor conheça quem são os profissionais com melhor desempenho e aqueles que estão deixando a desejar. Embora seja interessante contar com um profissional para ser seus olhos dentro da corporação é válido manter o julgamento a seu critério, pois mesmo sendo uma pessoa idônea a escolhida para esse papel ainda assim terá uma opinião formada por suas impressões particulares.

– Tire um tempo para você


Independente de viajar a negócios poucas ou muitas vezes é essencial reconhecer que se trata de uma atividade muito desgastante uma vez que exige do indivíduo comprometimento com o escritório e com os compromissos. Tire algum tempo do dia, nem que seja meia hora antes de dormir, para fazer algo pessoal como ler um bom livro ou então conversar com alguém amado. A higiene mental é essencial para manter o bom discernimento para o dia seguinte.

Viajar a trabalho não é nada fácil e exige do profissional organização e disciplina para manter todos os cenários bem administrados. Como você trabalha quando viaja a negócios?

Trabalhar viajando e outros assuntos relacionados você confere no meu canal. Inscreva-se agora!