Saiba se a Antecipação de recebíveis pode ser um bom caminho

Saiba se a Antecipação de recebíveis pode ser um bom caminho

Quando uma empresa tem problemas para manter o fluxo de caixa pode ser interessante contar com alternativas como a antecipação de recebíveis que não é um empréstimo e nem um financiamento com taxas de juros elevadas, mas que oferece fluidez para a rotina de trabalho da companhia. Contudo, antes de apostar nessa alternativa é essencial que se tenha pleno conhecimento de cada detalhe que a envolve de maneira a determinar se é ou não um bom caminho.

O Que é Antecipação de Recebíveis?

Basicamente antecipação de recebíveis consiste numa operação financeira que tem alguns custos para a companhia que decide utilizá-la. Para que fique mais simples compreender vou explicar da seguinte maneira, imagine que a organização X realiza um grande volume de vendas parceladas de seus produtos. Isso significa que irá receber os valores em parcelas, porém, que continuará tendo custos de produção e logística para custear.

É nesse ponto da equação do empreendedorismo que muitos empresários acabam tendo dificuldades, pois ao mesmo tempo em que ainda têm custos para pagar precisam oferecer condições interessantes para os seus consumidores. Para evitar o desequilíbrio do caixa é possível apostar na antecipação de recebíveis que se trata de uma operação em que uma instituição financeira repassa o valor total das vendas parceladas de uma única vez.

Análise de Custos da Operação

Obviamente essa operação tem custos para a companhia que quer recebê-los antecipadamente. Os valores variam em porcentagem e quantidade dependendo da empresa que está oferecendo o serviço de antecipação. Dessa forma além de pensar analiticamente a respeito dos custos de antecipação de recebíveis é importante estudar as variações de cada instituição.

O empresário que está avaliando essa possibilidade deve realizar um estudo financeiro dos meses seguintes a antecipação para avaliar o quanto essas taxas podem impactar no crescimento da companhia. O administrador deve ter bem claro para si quanto desses custos serão eventualmente cobertos pelo valor que será antecipado evitando dessa maneira armadilhas financeiras que parecem vantajosas, mas que acabam deixando o caixa no vermelho a médio e longo prazo.

Cuidado Com a Questão da Inadimplência

Outro ponto essencial a considerar antes de decidir pedir a antecipação de recebíveis é quais serão os recebíveis que serão antecipados. É fundamental utilizar esse mecanismo financeiro para o grupo de recebíveis que oferecem menor risco de inadimplência, pois em muitas situações a sua organização continuará responsável pelo eventual não-pagamento das parcelas.

Isso significa que a instituição financeira que antecipou as parcelas poderá cobrar do seu negócio os valores que não forem quitados pelos consumidores. Sendo assim a dica que posso deixar para quem quer solicitar a antecipação de recebíveis é considerar o perfil e o histórico dos clientes que darão origem a essa operação financeira.

Questão Burocrática

No que diz respeito às vantagens que o modelo de antecipação de recebíveis possui destaco a redução da burocracia em comparação com outros serviços financeiros como empréstimos. Claro que o nível burocrático depende da instituição que irá prestar esse serviço. As factorings, por exemplo, costumam pedir menos comprovações para aprovar a antecipação. Bancos e os Fundos de Investimentos em Direitos Creditórios (FIDCs) costumam trabalhar de maneira facilitada também.

Mantenha Seu Planejamento Financeiro em Dia

Ao trabalhar com a antecipação é importante ter em mente a necessidade de dar baixa nos valores que já foram pagos a sua organização mesmo que eles constem como pendências futuras. Alguns administradores menos experientes podem se perder nas contas e acabar creditando para o futuro os recebíveis que já foram pagos pela instituição financeira. Não dá para manter a sua empresa com uma boa saúde financeira se não houver rígido controle do que já se recebeu e do que se irá receber.

Antecipação de Recebíveis é um Bom Caminho?

A resposta para essa pergunta é: depende. Empresas que trabalham com grandes volumes de vendas parceladas e a crédito, podem ter nessa operação a base para manter o seu capital de giro, financiando de maneira mais saudável a operacionalidade da sua produção. No entanto, se o gestor se vale dessa solução para cobrir eventuais rombos financeiros que se dão por causa de uma gestão pouco eficiente e planejada deve saber que tem problemas sérios.

Para quem está em dúvida no que diz respeito a equilíbrio de solicitação dessa antecipação indico que considere um valor limite para antecipar por período. O ideal é ter um teto do que pode ajudar a manter o seu negócio em pleno funcionamento sem deixar seu caixa no vermelho. Lembre-se de que o resgate total dos recebíveis sem a real necessidade pode acarretar em mais problemas do que soluções. Jamais é uma boa decisão quitar as necessidades atuais comprometendo os meses futuros. Analise seu fluxo de caixa para encontrar a solução mais adequada.

Gostou de saber mais sobre a antecipação de recebíveis? Então compartilhe com seus amigos através das redes sociais!

 

Saiba mais sobre Antecipação de recebíveis e assuntos relacionados para pequenas e médias empresas! Inscreva-se no meu canal. Inscreva-se agora!