Backlog - Por que utilizá-lo na sua empresa?

Backlog - Por que utilizá-lo na sua empresa?

Backlog é um conceito bastante utilizado no universo de Tecnologia da Informação (TI) e pode ser um grande aliado para quem deseja organizar a rotina de tarefas concernentes aos seus projetos. Pode se referir tanto a lista de atividades que precisam ser realizadas e se encontram em espera como a uma medida de tempo que pode ser mensurada em dias ou horas. Essa métrica permite determinar se a equipe consegue realizar no tamanho em que está ou se precisa ser aumentada.

Entendendo o que é backlog

Uma tradução possível para a palavra backlog é trabalho em atraso e por isso no contexto de um projeto diz respeito ao histórico de requisições que se encontram em espera. Normalmente as requisições são feitas pelo cliente, porém, também podem ter origem interna. Um dos pontos mais interessantes a respeito do backlog é o registro de data de pedido que torna possível conferir a quanto tempo cada requisição está esperando ser resolvida.

Quando há uma ou mais requisições abertas por muito tempo é possível perceber que algo na equipe não está funcionando como deveria, afinal o segredo para o sucesso de um projeto é alcançar a satisfação do cliente. Basicamente toda equipe deve perseguir o objetivo de manter o seu backlog limpo constantemente. Não ter itens pendentes na lista de tarefas a fazer indica que o trabalho está sendo realizado com efetividade.

Backlog: Confira os 5 benefícios de usar em sua empresa

Em casos em que as equipes não conseguem atender satisfatoriamente os clientes pode ser interessante adotar o backlog como uma ferramenta de auxílio. Pode ser usada como aquela ferramenta que está lá apenas para lembrar que a eficiência é crucial para cumprir os prazos. A seguir listei os 5 benefícios de usar o backlog em sua companhia.

1 – Tempo devidamente estipulado

Uma das grandes vantagens de utilizar o backlog como ferramenta para a condução dos projetos da sua organização está em conseguir avaliar o tempo necessário para realizar cada atividade da qual depende a conclusão do todo. Cada entrada realizada no backlog deve ser devidamente analisada e ter um tempo estipulado para a sua conclusão. Ao fazer isso é mais simples entender qual o prazo necessário para concluir a tarefa como um todo.

2 – Demanda por uma sistematização de requisições

Quando o assunto é trabalhar com backlog é bastante importante contar com um sistema bem elaborado para o recebimento das requisições sejam elas internas ou externas. Essa necessidade faz com que a sua companhia passe a ter um estilo de trabalho mais organizado. Além disso, é mais simples organizar em ordem cronológica os pedidos e não sobrepor tarefas de maneira a prejudicar a demanda de um cliente em detrimento de outro.

3 – Possibilidade de analisar a capacidade operacional da equipe

Elaborar uma lista de requisições com prazo para serem cumpridas contribui para determinar se a equipe que se tem à disposição neste momento é capaz de realizar tudo ou se haverá a necessidade de contar com mais membros envolvidos. Uma das grandes dificuldades dos líderes de equipe é justamente mensurar o tempo que cada tarefa leva para ser realizada, com o backlog é possível ter uma ideia mais precisa a respeito.

Quando se estiver realizando essa análise recomendo que o foco esteja na complexidade do trabalho que deverá ser realizado e no volume do mesmo. Em alguns casos haverá bastantes tarefas a serem cumpridas, mas elas não são complexas de maneira que uma equipe menor consegue dar conta. Pelo contrário haverá situações em que mesmo que a lista de tarefas seja pequena será preciso contar com mais colaboradores pela complexidade exigida.

4 – Estabelecimento de prioridades

Com uma lista com tudo o que é necessário para a finalização de um projeto fica mais simples determinar as prioridades, ou seja, o que é mais relevante de ser feito primeiro. Observe sempre questões como a complexidade da tarefa e o volume de trabalho que ela irá gerar. Quanto mais complexo e volumoso maior prioridade deverá ter na sua lista de backlog. Num cenário em que foram feitas diversas requisições fica mais simples estabelecer quais devem ser passadas na frente do restante.

5 – Estimativa de etapas

O uso de uma lista com todas as atividades que precisam ser desempenhadas permite que seja realizada uma estimativa de etapas, ou seja, uma organização em tópicos de tudo o que precisa ser feito para concluir o seu projeto. É um sistema que oferece a possibilidade de manter um ritmo mais orgânico de trabalho evitando que os colaboradores envolvidos se atrapalhem com a questão do que precisam fazer e de como precisam fazer.

Gostou de saber o que é backlog e quais são os benefícios de utilizar esse método nos projetos da sua companhia? Deixe seus comentários abaixo e compartilhe em suas redes sociais! 

Copyright: 1376318021 – https://www.shutterstock.com/pt/g/nicoelnino