Saiba como contratar executivos C-Level

Saiba como contratar executivos C-Level

Muitos empreendedores se dão o título de CEO, CMO entre outros da categoria C-Level apenas pelo glamour contido na denominação. Essa atitude pode ter um impacto bastante negativo no crescimento e fortalecimento da empresa que necessita de executivos realmente preparados para esse nível de gerenciamento num contexto de expansão. Entender quem são, como contratar e as funções desses executivos é crucial para o futuro da sua organização.

Quais são os principais cargos C-Level?

Dentro dessa categoria de funções gerenciais há uma lista relativamente extensa de cargos, no entanto, é claro que alguns deles só se mostram necessários em organizações de maior porte. A seguir vou apresentar os principais cargos da categoria C-Level explicando quais são as suas atribuições.

CEO  (Chief Executive Officer)

Trata-se do cargo mais alto dentro da cúpula gerencial de uma empresa, o CEO é o responsável por levantar capital para a expansão organizacional, reter os talentos no quadro de colaboradores, traçar o planejamento estratégico, torná-lo factível entre outros tópicos.

COO  ( Chief Operating Officer)

Esse cargo é o principal apoio do CEO, é o COO que gerencia a parte operacional da companhia garantindo a execução do planejamento do primeiro. A principal característica desse profissional deve ser saber lidar com pessoas.

CMO  (Chief Marketing Officer)

O marketing é a base para o fortalecimento e posicionamento de uma marca no mercado, a função do CMO é alinhar o trabalho de profissionais de setores distintos. Esse profissional costuma atuar em conjunto com o CEO e o COO.

CFO  (Chief Financial Officer)

Basicamente se trata do diretor financeiro da empresa que tem como responsabilidade fazer o gerenciamento dos recursos corporativos e estabelecer a comunicação com os investidores.

CTO  (Chief Technology Officer) ou CIO (Chief Information Officer)

Esse executivo tem como função facilitar o uso da tecnologia em diferentes áreas do empreendimento. Um profissional necessário em companhias de diversos setores, não somente de tecnologia.

C-Level: a estrutura

O segredo para uma boa atuação gerencial de profissionais da categoria C-Level numa organização está em ter a estrutura necessária para a implantação dos cargos mantendo a hierarquia. No caso de boa parte das startups essa hierarquia executiva já é definida desde o início para que no momento de expansão esteja consolidada.

Empresários que já estão no mercado há algum tempo e percebem dificuldade para manter o foco na realização de suas estratégias e operacionalidade devem se dedicar a estruturar o espaço para esses cargos. Geralmente o primeiro cargo C-Level a ser implantado é o do CEO que passa a ser ocupado pelo gestor da companhia. A mudança não deve ser apenas de nomenclatura, mas também de atribuições. Em alguns casos se mostra necessário contratar um executivo com mais experiência.

Esse profissional deve focar no desenvolvimento de estratégias para o crescimento da corporação. O cargo seguinte a ser inserido na hierarquia da companhia é geralmente o de CFO para ter mais foco na gestão dos recursos financeiros. Depois os outros cargos podem ser implementados de acordo com as necessidades da companhia.

Como contratar executivos C-Level?

Para ser um líder executivo de excelência é fundamental ter amplo conhecimento de gestão, independente da área de foco os C-Level, irão ter que tomar decisões que impactarão diretamente o futuro da organização e dos colaboradores. Essa forte necessidade de senso gerencial destaca algumas competências e coloca outras em segundo plano podendo ser encontradas nas equipes de trabalho. Abaixo listei as principais características de um executivo dessa categoria.

1 – Conhecimento amplo do mercado

Um profissional que ocupa uma função C-Level deve ter amplo conhecimento sobre o mercado em que a companhia para qual trabalha está inserida. Sua visão deve ir além dos limites internos, afinal tomar decisões relevantes para o todo demanda entender todas as particularidades dos cenários.

2 – Inteligência emocional e bom relacionamento interpessoal

Os gestores C-Level precisam ter agilidade para resolver as mais variadas situações sem perder o foco e nem a tranquilidade. O desenvolvimento de um bom relacionamento interpessoal com a equipe acarreta em mais acertos em médio e longo prazo.

3 – Capacidade de delegar

Para assumir um cargo de gestão é essencial saber delegar fazendo boas escolhas dentro da equipe para atender a cada demanda assim como saber executar o que está pedindo para seus colaboradores.

4 – Gerenciamento de equipe

Um profissional C-Level deve estar preparado para enfrentar e driblar as principais dificuldades que a condução de uma equipe pode gerar no cotidiano. Não se pode simplesmente passar o plano para os colaboradores e permanecer à distância. O plano precisa ser observado bem de perto para que tenha eficácia.

5 – Experiência

O profissional que ocupa um cargo com a letra inicial C deve estar preparado para isso tendo experiência de mercado e conhecendo os desafios mais recorrentes.

Gostou de saber mais sobre os cargos C-Level? Já tinha ouvido falar a respeito do assunto? Compartilhe suas percepções nos comentários abaixo! 

 

Copyright: 1543127771 – https://www.shutterstock.com/pt/g/AlbertShakirov