Metodologia do Caminho Crítico - Veja as vantagens

Metodologia do Caminho Crítico - Veja as vantagens

A metodologia do caminho crítico tem sido uma das mais utilizadas por empresas de diferentes segmentos para uma gestão mais assertiva de seus projetos. Certamente uma das principais preocupações dos gestores é conseguir equilibrar os custos, prazos e qualidade do que está sendo desenvolvido. O cuidado com a realização de cada etapa do projeto é essencial para chegar ao melhor resultado.

O que é o método do caminho crítico?

Basicamente se trata de um método em que o líder identifica qual é a sequência de tarefas que precisa ser cumprida para que o projeto seja bem-sucedido. O conhecimento das atividades a serem realizadas torna mais simples determinar quais são as etapas que não podem atrasar para não comprometer o projeto como um todo. A equipe que se apoia nesse método fica atenta às tarefas que merecem o dobro da sua atenção para que não se perca o rumo do projeto.

Como a metodologia do caminho crítico pode ser aplicada a projetos?

Para que o método seja utilizado com efetividade é crucial fazer a estimativa de tempo que cada uma irá durar e qual a sequência a ser adotada. A seguir vou explicar na forma de um passo a passo como utilizar a metodologia.

1 – Inicie desenhando o diagrama

O planejamento das atividades é fundamental para o sucesso da empreitada, então o líder da equipe deve desenhar um diagrama em que estejam todas as atividades e como elas se relacionam entre si. Esse esquema dará origem à chamada rede orientada a atividades.

2 – Preenchimento do diagrama

O diagrama criado no primeiro passo deve ser preenchido com as atividades e com a duração de cada uma.

3 – Estabelecimento de datas

Chega o momento de determinar as datas para iniciar mais cedo (Early Start) e as datas para terminar mais cedo (Early Finish) de cada atividade, esse é o caminho de ida. A metodologia tem como base antecipar o começo e o final de cada tarefa. Tenha uma atenção especial as atividades que possuem mais de uma predecessora atribuindo a elas a maior data de término possível.

4 – Duração do projeto

Com o desenho do cronograma de datas para as tarefas concluído chega o momento de definir o período de duração do projeto todo.

5 – Datas de começo e término mais tarde

Por fim o gestor deverá determinar as datas para começo mais tarde (Late Start) e término mais tarde (Late Finish), trata-se do caminho de volta. Observe as atividades que possuem mais de uma sucessora para que se possa estabelecer uma data de término mais distante para a predecessora.

Determinando a folgas

Antes de mais nada preciso conceituar o que significa folga no caminho crítico, nada mais é do que o período de tempo extra que poderá ser usado para realizar uma atividade sem comprometer a duração do projeto. Seria como definir uma margem de atraso, um período de segurança que se for utilizado não irá afetar no começo da atividade seguinte.

Como calcular as folgas?

Abaixo você confere uma fórmula para fazer o cálculo das folgas de um projeto.

Término mais cedo (Early Finish) – Término mais tarde (Late Finish), usando as siglas fica assim:

Folga = EF – LF

De acordo com as exigências de prazos o resultado pode ser folga positiva, negativa ou zerada. Atividades que apresentam folga igual zero precisam de maior atenção no método de caminho crítico.

Quando o método do caminho crítico pode ser utilizado?

O escopo do método do caminho crítico é a elaboração de uma sequência longa de atividades que guiarão o projeto do começo ao fim. Dessa forma, se mostra mais alinhado com projetos que têm maior complexidade de etapas, porém, que sejam mais previsíveis.

Embora as suas características centrais limitem de alguma forma o uso desse método é possível flexibilizá-lo obtendo bons resultados para outros modelos de projetos. Para que seja mais simples de entender vou exemplificar, uma companhia precisa realizar melhorias em seu site de vendas online.

Para que o projeto seja devidamente concluído é necessário que as funções que precisam ser melhoradas sejam levantadas e seus problemas identificados para que possam ser solucionados. É possível que outras tarefas se origem das principais como a criação de um novo design que deixe a loja mais moderna e a otimização de menus, por exemplo.

Essas atividades precisam ser devidamente listadas e otimizadas para que haja tempo para fazer o aperfeiçoamento do seu projeto. O tempo previsto pelo caminho crítico objetiva facilitar que no final se tenha um resultado mais funcional. Para empresas que enfrentam dificuldades na condução de seus projetos pode ser uma excelente maneira de fazer um planejamento mais assertivo.

Gostou de saber mais sobre o modelo de gestão do caminho crítico e como ele pode auxiliar na melhoria do andamento da sua companhia?

 

Copyright:734184223 – https://www.shutterstock.com/pt/g/nicoelnino