Linkedin - Para procurar emprego. Veja as dicas

Linkedin - Para procurar emprego. Veja as dicas

A rede social profissional Linkedin pode ser a porta de entrada para uma nova oportunidade no mercado de trabalho. Com alguns anos de existência essa rede foi evoluindo e os usuários foram aprendendo as melhores maneiras de utilizá-la para conseguir um emprego e fazer novos contatos. Se você tem considerado criar um perfil ou já tem cadastro, mas está com dificuldades de utilizar esse recurso, vai gostar das dicas abaixo.

8 Dicas de como procurar emprego usando o perfil do Linkedin

O Linkedin foi lançado em 2003, seu funcionamento é bastante semelhante ao de outras redes, porém, as interações têm objetivo profissional. Os usuários divulgam suas qualificações acadêmicas e habilidades na tentativa de conquistar uma vaga de emprego. É um espaço online em que as pessoas podem deixar depoimentos e fazer interações com as outras.

Apesar de ter mais de uma década de criação, o Linkedin, ainda suscita algumas dúvidas entre os seus usuários em relação à forma mais efetiva de utilizá-lo para conquistar uma vaga no mercado de trabalho. A seguir vou apresentar dicas de como usar melhor seu perfil nessa rede para conquistar uma boa vaga.

1 – Perfil completo e atualizado

O número de usuários do Linkedln com perfis incompletos ou desatualizados é bastante expressivo e isso dificulta o interesse dos recrutadores. A dica é tirar um dia somente para preencher o seu perfil tornando-o mais relevante. Considera-se de um perfil completo aquele que tem:

– Foto de qualidade e que demonstre profissionalismo (não pode ser uma foto numa balada com um drink na mão, por exemplo);

– Cabeçalho preenchido com informações relevantes como experiências profissionais e seus objetivos. Mas, cuidado para não ser prolixo, resuma.

– Resumo com no máximo 300 palavras lembrando de usar o recurso de palavras-chave para tornar seu perfil mais relevante nos buscadores. Redija o texto em primeira pessoa e use verbos ativos.

– Experiências, nesse tópico você pode e deve usar recursos como links, imagens e vídeos que demonstrem sua competência e arcabouço de conhecimento adquirido em seus trabalhos anteriores.

2 – Palavras chave

No tópico acima mencionei a importância de inserir palavras chave no seu resumo e nessa dica reforço a relevância de otimizar seu perfil como um todo. Motores de busca como o Google varrem textos e também o conteúdo do Linkedin para oferecer resultados para as pesquisas feitas pelos usuários.

O ideal é conferir quais são as palavras chave relacionadas com a sua área de atuação mais usadas e utilizá-las de maneira natural nos seus textos. Quanto mais otimizado for o seu perfil, melhor ranqueado ele estará.

3 – Siga perfis de empresas do seu interesse

Assim como acontece em outras redes é fundamental seguir os perfis do seu interesse, ou seja, as companhias em que deseja trabalhar. Seguindo esses perfis você ficará a par das postagens feitas diariamente e das eventuais oportunidades abertas. Isso permitirá inclusive que você conheça mais sobre essas organizações podendo ter mais facilidade numa eventual entrevista no futuro.

4 – Conecte-se com outros usuários

O seu perfil do Linkedin não pode ser estático se você deseja encontrar uma vaga de emprego, diferente de outras redes sociais, você não só pode como deve interagir com outros usuários. Parabenize os seus contatos por conquistas e compartilhe artigos que sejam interessantes. Nessa rede você tem a chance de interagir com pessoas influentes em seu segmento de atuação e não deve desperdiçar oportunidades.

5 – Participação em grupos

Participar de grupos no Linkedin é essencial para ser visto dentro dessa rede social. Procure por grupos relevantes para a sua área de atuação e faça contribuições significativas em debates e afins. Além de ser um espaço para demonstrar as suas habilidades, os grupos, oferecem a possibilidade de visualizar vagas de emprego divulgadas pelos outros participantes.

6 – Perfis em diferentes idiomas

Para aumentar as suas chances de encontrar um bom emprego o ideal é ter perfis em mais de um idioma no Linkedin, mas com o cuidado de usar a mesma URL. A rede social oferece essa possibilidade, basta clicar em “ver perfil como”, na sequência escolha “criar perfil em outro idioma”. Por fim basta traduzir as informações.

7 – Produza conteúdo para seu perfil

O Linkedin tem um recurso que permite produzir conteúdo na forma de postagens de texto. Usuários que usam essa ferramenta se destacam aos olhos dos recrutadores, você pode desenvolver um tipo de blog profissional. Lembre-se apenas que não deve jamais produzir conteúdo pessoal, o foco deve ser as experiências profissionais, habilidades e conexões.

8 – Trabalhos voluntários

Adicione ao seu perfil trabalhos voluntários que tenha realizado para deixar mais claro para os recrutadores quais são seus valores pessoais. Essas experiências enriquecem o currículo porque demonstram outras expertises e a sensibilidade de contribuir com o mundo de alguma maneira positiva.

Gostou dessas dicas de como procurar um emprego usando seu perfil do Linkedin? Deixe seus comentários e compartilhe em suas redes sociais!

 

Copyright:  563919091 – https://www.shutterstock.com/pt/g/Boo+Photo