Saiba como usar a Matriz BCG em sua empresa

Saiba como usar a Matriz BCG em sua empresa

A Matriz BCG é a ferramenta ideal para auxiliar gestores de empresas de diferentes portes e segmentos a estabelecer um planejamento assertivo para as suas atividades de médio e longo prazo. Desenvolvida na década de 1970 ainda é uma possibilidade para tirar projetos do papel e analisar o ciclo de vida dos produtos. Há inúmeras aplicações para essa matriz no contexto de gestão de um negócio.

O que é a Matriz BCG?

O nome da matriz é uma referência à companhia Boston Consulting Group que foi a criadora dessa metodologia para análise de ciclo de vida de produtos/serviços. A base do método está em realizar uma avaliação gráfica da situação encontrando dessa maneira soluções úteis e bastante efetivas. É uma ferramenta que se mostra fundamental para auxiliar no processo de tomada de decisões a respeito do futuro do negócio.

Para que serve a Matriz BCG?

A matriz permite fazer uma análise profunda e focada em questões relevantes a investimentos, saber se vale a pena prosseguir com uma linha de produtos ou serviços. A metodologia propõe que seja criada uma análise gráfica da situação de cada produto/serviço identificando as oportunidades de sucesso e potenciais riscos.

Matriz BCG: Como usar?

Agora que você já sabe o que é a Matriz BCG deve estar pensando sobre como usá-la para tornar a gestão da sua companhia mais eficaz, abaixo vou explicar como utilizar essa metodologia gráfica.

Dados para montar um gráfico

Antes de qualquer coisa é essencial contar com algumas informações relevantes para poder então montar um gráfico pertinente para cada situação. A função dessa matriz é auxiliar o gestor na tomada de decisões ágeis que acompanhem o ritmo do mercado. Basicamente no final do processo o gestor irá tomar uma das seguintes decisões:

Construir: aumentar a participação da organização no mercado.

Manter: continuar com a participação atual no mercado.

Colher: potencializar o quanto for possível os resultados dos resultados obtidos pelo produto ou serviço.

Abandonar: deixar a ideia de lado por perceber que ela tem poucas ou nenhuma possibilidade de dar certo.

Categorizando dentro da Matriz BCG

Os produtos/serviços devem ser categorizados dentro da Matriz BCG de acordo com o seu perfil de aproveitamento, as quatro classificações possíveis são:

Estrelas: produtos/serviços que têm boa participação em seus mercados, mas que enfrentam uma grande concorrência pelo fato de seus mercados estarem em expansão.

Ponto de interrogação: produtos/serviços que estão inseridos em mercados promissores, mas que têm uma participação pequena.

Vaca leiteira: nessa categoria estão os produtos/serviços líderes e cujos mercados já se encontram maduros.

Cachorrinho: produtos/serviços que em outros tempos foram estrelas, mas que atualmente apresentam queda de vendas e seu mercado se aproxima do fim.

Montando a sua Matriz BCG

A seguir vou te ensinar a montar seu gráfico visual da Matriz BCG em X passos:

1 – Gráfico

Desenhe um gráfico cartesiano.

2 – Porcentagens

Do lado esquerdo e na vertical posicione 0% na parte inferior do gráfico, 10% onde a linha horizontal o cruza e 20% no topo.

3 – Crescimento

Adicione a inscrição “Crescimento de mercado em %” ao lado da linha vertical.

4 – Marcações na linha horizontal

A linha que corta o gráfico horizontalmente deverá contar com as seguintes marcações: 10x até 0,1 sendo que 1,0 deverá estar no centro.

5 – Participação relativa no mercado

Ao lado da linha horizontal adicione a informação de quantas vezes mais seus produtos/serviços vendem em relação ao concorrente.

6 – Cruz

Desenhe uma cruz pontilhada partindo de cada ponto central vertical e horizontal.

7 – Quadrantes

Os quadrantes deverão ser nomeados da seguinte maneira:

  • Superior esquerdo – Estrela
  • Superior direito – Ponto de interrogação
  • Inferior esquerdo – Vaca leiteira
  • Inferior direito – Cachorrinho

Usando a Matriz BCG

Com o seu gráfico desenhado basta inserir as informações do produto/serviço que você deseja avaliar de acordo com a sua situação de mercado. A interseção de duas retas indicará em que quadrante está o seu produto e dessa forma qual é o potencial que ele possui.

O que fazer com cada quadrante?

Identificar em qual quadrante está o seu produto nesse momento é o primeiro passo, em seguida chega o momento de definir o que fazer com ele. Abaixo vou explicar a situação de cada categoria dessa matriz.

Produto/serviço estrela

Trata-se de um item que se mostra caro para ser mantido, mas que apresenta bom potencial. Então busque manter a sua participação no mercado para poder colher bons frutos quanto a concorrência estiver menos acirrada.

Produto/serviço vaca leiteira

Esse é o momento para extrair lucros ao máximo, pois saiba que em breve poderá se tornar um cachorrinho.

Produto/serviço cachorrinho

Como já não tem mais potencial para dar lucros devem ser descontinuados ou vendidos.

Produto/serviço ponto de interrogação

O nome dessa categoria já indica, trata-se de um produto no qual você deverá escolher apostar ou não na construção do mercado.

Gostou de saber mais sobre a Matriz BCG? Compartilhe em suas redes sociais!

 

Copyright:125338145 – https://www.shutterstock.com/pt/g/pressmaster