Saiba mais sobre o Cooperativismo e sua Função

Saiba mais sobre o Cooperativismo e sua Função

Nos últimos anos, o formato de cooperativismo tem sido bastante adotado em diferentes segmentos de mercado com o objetivo de promover o crescimento sustentável grupos econômicos e sociais específicos. É interessante entender melhor o que é e como funciona esse sistema administrativo que tem sido bastante impactando para a economia brasileira gerando também inúmeros postos de trabalho.

O Que é Cooperativismo?

A Política Nacional de Cooperativismo está baseada na Lei 5.764, de 1971 que diz em seu texto basicamente que uma sociedade cooperativa é aquela em que os indivíduos participantes têm a obrigação de contribuir com bens e serviços de forma recíproca visando uma atividade comum sem que para isso tenham objetivo de lucro. Uma cooperativa é uma empresa voltada para a economia solidária que conta com pelo menos 20 pessoas físicas em sua constituição.

Dessa forma é fácil entender qual é a grande diferença entre uma organização capitalista e uma cooperativa, enquanto a primeira busca pelo máximo lucro a segunda visa realizar sua atividade com sustentabilidade atendendo as necessidades dos envolvidos. Porém, devo deixar claro que não significa que o cooperativismo não resulta em nenhum ganho financeiro, apenas não há a busca pela exploração do lucro máximo.

 

Um conteúdo prático que você não encontra em anos de MBA você pode ter em minutos no meu canal. Inscreva-se agora!

 

 

 

Outras Perspectivas

O cooperativismo tem ainda como traço marcante a sua preocupação com perspectivas ecológicas, sociais e econômicas. As atividades são realizadas observando a sustentabilidade e o mínimo impacto para o local em que estão baseadas. Os valores que sobram nesse sistema são utilizados para o bem comum dos cooperados que decidem por meio de votar a sua aplicação. Quando se estabelece um sistema democrático de votação é mais fácil que o todo seja beneficiado.

Entendendo o Funcionamento de Cooperativas

Para que seja mais fácil compreender como o cooperativismo funciona é interessante conhecer os princípios básicos que foram definidos pela Aliança Cooperativa Internacional que listei a seguir.

1 – Adesão

É livre e voluntária para qualquer pessoa que tenha aptidão para desenvolver ou usar os serviços, não podendo haver nenhum tipo de barreiras ou discriminação para aqueles que têm interesse em integrar os quadros do cooperativismo.

2 – Cada membro um voto

O sistema de gestão no cooperativismo se caracteriza pela democracia em que cada membro tem direito a um voto. Dessa forma todos os envolvidos na cooperativa têm voz ativa para a tomada de decisões e estabelecimento de regras e políticas para a companhia.

3 – Autonomia

A autonomia é fundamental para a gestão de uma cooperativa e isso não pode mudar mesmo que haja busca por investimento de capital externo ou a formação de parcerias.

4 – Preocupação educacional

Uma das principais preocupações sociais de uma cooperativa é a de fornecer educação, informação e formação tanto para seus membros como para a sociedade em que está inserida.

5 – Participação econômica de todos os membros

Essa é uma das regras de funcionamento mais relevantes e estabelece que todos os associados da cooperativa devem contribuir para a formação de base do patrimônio da mesma sendo que a forma de utilização do mesmo se dará por decisão conjunta.

6 – Intercooperação

É fundamental que as cooperativas trabalhem conjuntamente para o fortalecimento desse movimento em qualquer esfera desde a local até a internacional passando pela municipal, estadual e nacional.

7 – Desenvolvimento social

O cooperativismo ainda prevê medidas e políticas que contribuam para o desenvolvimento da comunidade em que as cooperativas estão inseridas.

Setores de Atuação do Cooperativismo

O cooperativismo é um conceito que está difundido no mundo todo, contudo, cada país observa as opções mais adequadas para a sua estrutura. Nosso país regulamenta esse formato para 13 setores que são:

  • Agropecuário
  • Turismo e Lazer
  • Consumo
  • Transporte
  • Crédito
  • Trabalho
  • Educacional
  • Saúde
  • Especial
  • Produção
  • Especial
  • Mineral
  • Habitacional
  • Infraestrutura

Um Pouco da História do Cooperativismo

O surgimento do formato de cooperativismo data de 1844 na Inglaterra, quando um grupo de tecelões de Rochdale formado por 27 homens e 1 mulher fundou um armazém cooperativo. Um pouco depois o formato passou a ser difundido na Alemanha no setor de crédito com a fundação de inúmeras cooperativas espalhadas em todo o território do país europeu.

O século 20 foi o mais profícuo em crescimento do cooperativismo haja vista que no ano de 1946 havia cerca de 140 milhões de associados em cooperativas e já em 1962 esse número havia saltado para 1/3 da população do planeta. A chegada do cooperativismo no Brasil se deu no século 19 quando grupos organizados como de funcionários públicos, autônomos entre outros tinham grande insatisfação quanto as suas condições de vida.

Os brasileiros observaram o modelo que já era largamente utilizado em parceiros como os Estados Unidos e países europeus investindo inicialmente na criação de cooperativas de crédito e consumo. Historicamente a primeira cooperativa brasileira foi a Associação Cooperativa dos Empregados da Companhia Telefônica de Limeira em São Paulo que foi inaugurada no ano de 1891.

O que você achou de conhecer mais sobre o que é e o funcionamento do cooperativismo? Deixe seus comentários!

 

Saiba mais sobre Cooperativismo acessando o meu canal. Inscreva-se agora!