A cultura organizacional contribui para o sucesso do seu negócio

A cultura organizacional contribui para o sucesso do seu negócio

O mercado passa por sua fase mais competitiva da história, todos os dias surgem novas empresas, e, para se destacar, é imprescindível desenvolver o conceito de cultura organizacional, focando no estabelecimento de valores, regras e procedimentos próprios. A melhor estratégia para fidelizar clientes é oferecer a eles uma experiência inigualável, que é resultante do engajamento do capital humano.

Saiba mais sobre cultura organizacional! Inscreva-se no meu canal. Inscreva-se agora!

O Que é Cultura Organizacional?

Também chamada de cultura empresarial, esse conceito tem como direcionamento o desenvolvimento de um conjunto de regras e procedimentos que estão alinhados com a missão e valores da companhia. Podemos dizer, de uma forma geral, que se trata de normas que podem ser aplicadas a todos os níveis hierárquicos com o objetivo de estabelecer um clima corporativo harmonioso que irá se refletir em trabalho de qualidade.

As bases de uma cultura organizacional sólida contemplam conceitos, como comportamento profissional ético, transparência, possibilidades de crescimento igualitárias, inovação e gestão focada em criar um ambiente profícuo para a produtividade. A construção de uma cultura empresarial que promove a harmonia entre os colaboradores é fundamental para que a companhia chegue mais longe.

A Importância da Cultura Organizacional na Gestão de Pessoas

Uma empresa bem-sucedida no mercado atual é aquela que consegue fidelizar seus clientes por meio de atendimento e produtos/serviços de qualidade; reter os talentos profissionais em seu quadro de colaboradores e manter a estabilidade dos seus níveis de produtividade. Para conseguir esses três pilares o segredo está em criar um ambiente adequado para que os profissionais realizem as suas tarefas da melhor maneira possível.

A forma como uma organização se posiciona no seu mercado e se mostra competitiva depende da sua cultura. Os funcionários que têm o sentimento de pertencimento às companhias para que trabalham passam a se dedicar mais em nome do crescimento e isso se reflete num atendimento diferenciado aos consumidores que têm o desejo de voltar a comprar.

Planejamento da Cultura Empresarial

A primeira questão que deve ficar bem clara é que, mesmo que não haja a interferência do setor de Recursos Humanos da companhia, haverá uma cultura organizacional vigente criada com base nos valores dos colaboradores que estão no ambiente todos os dias. Não podemos esquecer que empresas são feitas de pessoas e que pessoas carregam o seu próprio arcabouço de emoções e experiências.

É importante que exista um direcionamento do setor de RH, no sentido de estabelecer quais são os valores da organização, para que se tenha uma cultura alinhada com a proposta da mesma. Os componentes agregados pelos diferentes funcionários, além de poder ter contradições na prática, também podem estar distantes do que se traçou para a companhia a longo prazo. Tendo o conjunto de valores da cultura organizacional bem definido é possível aplicá-lo desde a seleção dos futuros profissionais.

Cultura Organizacional – Componente-chave de Empresas de Sucesso

Para aqueles que ainda têm dúvidas sobre como a cultura organizacional pode ter influência no sucesso de uma companhia, posso citar o exemplo de grandes empresas que se destacam em seus setores exatamente por terem bem disseminado o conceito de sua cultura. Corporações como Amazon, AmBev e Toyota têm na sua cultura interna o segredo para se manter como as líderes de seus mercados. Abaixo vou apresentar os três exemplos com mais detalhes.

Cultura Empresarial da Amazon: no caso da Amazon, a cultura empresarial tem como foco fazer dos clientes da companhia os mais satisfeitos do planeta. Para lembrar os colaboradores dessa missão, o presidente, Jaff Bezos, sempre leva uma cadeira vazia para as reuniões, ela representa o cliente. Não é à toa que a Amazon sempre aparece bem em rankings de satisfação dos clientes.

Cultura Empresarial da AmBev: o principal valor disseminado na cultura da AmBev é o da produtividade, todos os funcionários devem se focar em pensar como se fossem os donos da companhia. É possível observar os reflexos dessa cultura nos resultados da empresa, que é a maior distribuidora de bebidas do planeta, atendendo sozinha 20% da demanda mundial.  

Cultura Empresarial da Toyota: a cultura dessa corporação é tão sólida que recebeu um nome específico “Estilo Toyota”, além de ser copiada por inúmeras outras empresas. O trabalho da gigante do setor automobilístico é pautado pela melhora contínua dos processos e respeito às pessoas que compõem a sua base. Na sua rotina de desenvolvimento de projetos são aplicadas ferramentas que visam aperfeiçoar os ciclos produtivos, como a filosofia Kaizen, Kanban, entre outras.

Cultura Organizacional é Prática

Os exemplos que citei acima demonstram que cultura empresarial é mais do que um conjunto de palavras abstratas, configura-se na maneira de agir. Isso significa que as companhias devem se empenhar em traduzir os seus valores em ações e na maneira de conduzir projetos e construir o ambiente organizacional.

Para chegar à prática, é necessário que a organização tenha definições claras de missão, visão e valores, com exemplos práticos que demonstram como eles são aplicados na vida real. Esses conceitos servem para dizer qual o motivo de existência da empresa, para onde ela deseja ir, assim como quais são os princípios que jamais devem ficar em segundo plano independente do cenário que se apresenta.

O conceito de cultura organizacional tem se tornado cada vez mais relevante para o sucesso de companhias de diferentes setores. Qual sua opinião a esse respeito?

Conheça as melhores estratégias para seu negócio.Acesse meu canal. Inscreva-se agora!