Como definir os melhores objetivos para o crescimento do seu negócio

Como definir os melhores objetivos para o crescimento do seu negócio

Para definir objetivos de uma empresa é necessário mais do que pensar a respeito de onde se deseja chegar, é essencial ter pleno conhecimento do cenário em que a organização está inserida além das oportunidades e ameaças que irão impactar os projetos. Pensar grande é positivo, mas para alcançar o sucesso o empresário deve aprender a estimar o que tem a sua volta para aproveitar com o máximo de assertividade.

Como definir objetivos de uma empresa usando a matriz SWOT

Quando se trata de desenvolver um planejamento estratégico para uma organização recomendo o uso da matriz SWOT que é uma das ferramentas que permitem resultados mais assertivos. Para quem ainda não conhece esse conceito ele tem como base a identificação das seguintes variáveis:

S: Strengths (forças)

W: Weaknesses (fraquezas)

O: Opportunities (oportunidades)

T: Threats (ameaças)

Analisando esses quatro fatores é possível chegar à definição de objetivos que estejam dentro do escopo de realizações da companhia e que possam ser efetivamente conquistados. As forças e fraquezas dizem respeito ao ambiente interno enquanto que as oportunidades e ameaças se referem ao ambiente externo.

Analisando forças e fraquezas

O ambiente interno é aquele sobre o qual os gestores têm controle, porém, precisam ter pleno conhecimento a respeito para que possam dominar fatores como forças e fraquezas. O primeiro passo é entender a que se referem os conceitos de forças e fraquezas no contexto corporativo.

No que concerne a forças é possível incluir uma série de fatores distintos como a qualidade do atendimento oferecido para os clientes, quantidade e qualidade dos equipamentos, proximidade de centros urbanos, localização da organização entre outros. Basicamente, as forças são os fatores que contribuem para que a empresa opere com mais assertividade e se posicione com destaque no mercado.

As fraquezas devem ser mapeadas observando os fatores que se mostram negativos para a consolidação da sua empresa no mercado. Ter uma marca menos conhecida que os concorrentes, defasagem de maquinário, localização que torna a logística mais onerosa entre outros. Pense em todos os fatores que impedem que sua organização cresça e que estejam ligadas ao seu ambiente interno.

Analisando oportunidades e ameaças

Se o ambiente interno está sob pleno controle dos administradores da organização, o ambiente externo, pode se tornar um tanto hostil. Fatores de fora dos muros da companhia podem influenciar diretamente nos resultados obtidos. Para que seja mais fácil conhecer os fatores externos que fogem ao controle dos gestores foi criada a sigla PESTAL (Política, Economia, Sociais, Tecnológicos, Ambientais e Legais).

– Política

Mudanças no cenário político e decisões que são tomadas nacional ou internacionalmente nesse campo podem ter impactos na condução da organização.

– Economia

Há também questões relativas à economia que podem ter impacto na gestão da sua empresa e que não estão sob o seu controle como a criação ou aumento do valor de impostos, taxas de câmbio entre outros.

– Sociais

A sociedade passa por transformações cotidianamente, algumas maiores e outras menores. Fatores como a mudança da faixa etária na base da pirâmide social, surgimento de novos modismos e crenças não podem ser controlados pelas companhias, mas têm grande poder de impacto nos negócios.

– Tecnológicos

Novas tecnologias desenvolvidas ou a obsolescência de outras também podem influenciar o sucesso ou o fracasso de uma organização.

– Ambientais

A natureza está cada vez mais imprevisível e poderosa acarretando em mudanças de clima, desastres naturais entre outros fatores que podem se mostrar decisivos para mudar os rumos de uma empresa no mercado.

– Legais

Mudanças na legislação no âmbito trabalhista ou mesmo no setor específico de atuação podem trazer dificuldades para a empresa. Novas leis a respeito do recolhimento e reciclagem de embalagens ou a necessidade de tirar novas licenças, por exemplo, podem se configurar em ameaças.

Analisando oportunidades e ameaças

Embora não tenham controle sobre o PESTAL os gestores podem e devem fazer uma análise criteriosa identificando as mudanças que podem representar oportunidades de crescimento para a sua organização e aquelas que representam ameaças. Por exemplo, identifica que em dez anos a maior parte da população terá mais de 50 anos pode ajudar a delinear projetos de produtos voltados para esse público criando dessa forma uma oportunidade.

Por outro lado ao perceber que há um movimento no meio legal para a criação de novas licenças no seu setor é possível identificar uma potencial ameaça que pode ser contornada com um estudo detalhado de como atender as exigências tornando a sua companhia apta para passar por esse momento sem nenhum prejuízo.

Definindo os objetivos da sua empresa

Com um mapa devidamente criado com as fraquezas e forças do ambiente interno e oportunidades e ameaças do ambiente externo fica mais fácil definir os objetivos. Basicamente a sua organização deve aproveitar as forças e oportunidades para se consolidar enquanto que as fraquezas e ameaças devem ser contornadas permitindo manter a prosperidade no mercado.

Gostou de conferir essas dicas de como definir os objetivos da sua companhia? Compartilhe com seus amigos em suas redes sociais!

Créditos da Imagem: Por ra2studio – ID da foto stock livre de direitos: 230655994