Geração Z e as empresas

Geração Z e as empresas

A geração Z ainda está sendo vista com alguma desconfiança pelas empresas devido a sua pouca idade, entre 15 e 20 anos, e aparente desvalorização do sistema hierárquico. No entanto, esses jovens – que são o futuro imediato do mercado de trabalho – possuem qualidades que podem ser determinantes para o sucesso de companhias de diferentes setores. Pode ser bastante positivo desviar um pouco da atenção dedicada a geração Y para prestar atenção aos ‘Gen Z’, como estão sendo chamados.

Saiba mais as gerações nas empresas. Inscreva-se no meu canal. Inscreva-se agora!

Conhecendo Melhor a Geração Z

Quando nos deparamos com o dado de que no ano de 2020 cerca de 20% do mercado de trabalho será ocupado por integrantes dessa geração, compreendemos a necessidade de direcionar o olhar para esses iniciantes que podem ser muito bem aproveitados em funções que exijam dinâmica comportamental e conhecimento de novas tecnologias. A grande vantagem dos Gen Z certamente é já terem nascido no mundo do Google e das redes sociais.

Esses jovens cresceram com smartphones, tablets e a capacidade de fazer mais de uma coisa ao mesmo tempo. Durante algum tempo, o excesso de conectividade – e até eventuais vícios em tecnologia – desses indivíduos foi entendido como um ônus em relação à sua capacidade profissional, no entanto, não é bem assim se considerarmos que isso os torna mais flexíveis, comunicativos e com espírito de liderança.

Características da Geração Z no Mercado de Trabalho

Os primeiros indivíduos dessa geração estão chegando agora ao mercado de trabalho para ter as suas primeiras experiências profissionais. Nesse cenário, é fácil compreender porque muitos gestores ainda estão com dúvidas sobre como adicionar esses jovens às suas companhias. A seguir vou explicar com mais detalhes o perfil desses jovens no âmbito corporativo de acordo com uma pesquisa realizada nos Estados Unidos. Entender o que esses jovens esperam da carreira pode ajudar a desmistificar uma série de questões.

Carreira

Muitos empresários têm resistência em quanto à contratação dos Gen Z por acreditar que eles não têm comprometimento com as companhias, no entanto, a pesquisa norte-americana provou exatamente o oposto. Quando questionados sobre em quantas empresas eles desejam atuar ao longo da vida, a média das respostas foi 4. Para eles, a rotatividade de organizações não é relevante, se encontrarem um ambiente saudável para trabalhar podem permanecer no mesmo por toda a carreira.

Modelo Convencional

Embora os indivíduos da geração Z apresentem alguma dificuldade com a ideia de hierarquia, mantêm a preferência por atuar em companhias tradicionais no mercado. Apenas 14% dos entrevistados da pesquisa declarou que startups são os melhores lugares para trabalhar.

Crescimento Rápido

Na geração anterior, a Y, já se observa a busca pelo crescimento rápido, isto é, os profissionais chegam ao mercado objetivando uma posição de liderança em poucos anos, diferente das gerações mais velhas. Podia levar décadas para um indivíduo chegar a uma posição de gestão, às vezes nem no final da carreira isso acontecia. Para os Gen Z o esperado é estar gerenciando equipes com apenas 5 anos de mercado. Algo que está alinhado com os tempos dinâmicos em que vivemos.

Menos Convivência, Por Favor

Uma característica interessante observada pela pesquisa é que os Gen Z são mais individualistas em relação a outras gerações. Para cerca de 45% dos entrevistados o ideal é ter uma sala só para si. Contudo, devemos destacar que, por mais curioso que pareça, a geração que nasceu conversando pela internet prefere se comunicar pessoalmente com os colegas de trabalho.

Quais São as Prioridades da Geração Z?

Companhias que estejam se preparando para receber em seus quadros os novos representantes do mercado de trabalho devem ficar a par de algumas das suas prioridades, que incluem segurança em seu cargo e um salário generoso. Também estão na lista de questões relevantes para os Gen Z oportunidade de crescimento na carreira, horário de jornada flexível e figuras de liderança em quem se inspirar.

Quais São as Potenciais Dificuldades Para a Sua Organização?

Os especialistas em Recursos Humanos apontam algumas características dos componentes da geração Z, que podem trazer dificuldades, como a sua falta de reconhecimento da hierarquia e o fato de terem tido uma educação de clientes. Como esses jovens nasceram na era Google, em que há intensa difusão de informações, não compreendem o antigo sistema hierárquico, em que os mais experientes se destacavam por deter mais conhecimento.

Nesse ponto, entra a sua dificuldade em assimilar e aceitar a autoridade de gestores. O outro ponto crítico é que os pais dos Gen Z – chamados de helicópteros, por estarem de olho em tudo e prontos para partir em salvamento – educaram esses jovens com a perspectiva do cliente, ou seja, sempre tendo o que desejam sem precisar, necessariamente, se esforçar para isso. Devemos observar, ainda, que indivíduos entre 15 e 20 anos ainda não passaram por grandes perdas de familiares, por exemplo, não tendo essa experiência.

A sua companhia está preparada para receber indivíduos da geração Z? Deixe seus comentários!

Geração Z e as empresas. Saiba mais sobre esse e outros assuntos relacionados. Inscreva-se no meu canal. Inscreva-se agora!