Saiba como definir a identidade visual da empresa

Saiba como definir a identidade visual da empresa

Ter uma identidade visual significa traduzir em imagens a mensagem que a empresa deseja transmitir ao mercado. Acertar no design da marca e da programação visual do negócio é decisivo para o sucesso junto ao público que se pretende impactar. Mais do que pensar em como ter um conjunto comunicativo bonito, é essencial pensar com coerência e eficiência. No momento de criação do design empresarial é importante saber como começar assertivamente.

Saiba mais sobre identidade visual da empresa. Inscreva-se no meu canal. Inscreva-se agora!

Saiba por Onde Começar a Definição da Identidade Visual da Sua Empresa

Abaixo reuni os passos para conseguir transformar em imagem a mensagem da sua companhia. Leia e comece a pensar sobre a identidade da sua marca.

1 – Dedique-se à marca

A marca do seu empreendimento será o ponto de partida para o desenvolvimento de uma identidade visual poderosa e facilmente assimilável pelo público. Sendo assim, é particularmente interessante dedicar algum tempo ao desenvolvimento da marca pensando em qual reação é esperada das pessoas. Aproveite para realizar um teste observando se as pessoas para quem a marca é apresentada identificam o que foi projetado inicialmente.

2 – Casamento entre marca e design

O desenho da marca da sua companhia deve ser compatível com o design criado para as peças que irão inserir a mesma no mercado. Pense da seguinte maneira, mesmo que a logo da Ferrari seja removida dos seus carros, ainda é possível identificá-los, não é mesmo? Esse é o poder do design, de falar sem precisar de palavras. Exatamente por isso, o desenvolvimento da marca deve ser feito dentro de um escopo de design mais amplo, elabore um direcionamento para a aplicação da mesma em diferentes materiais.

3 – Design precisa transmitir emoção

Especialmente quando se fala a respeito da criação de identidade visual, é preciso levar em conta a emoção que deve ser agregada ao design. As marcas têm como objetivo o estabelecimento de um laço poderoso com o público consumidor. Somente haverá esse vínculo com um trabalho feito com base num conceito forte que reflita os valores da organização. Identidade visual se refere a como as imagens trabalham para contar a história de uma empresa.

4 – Design é tão importante quanto o plano de negócios

Já é de conhecimento geral dos aspirantes a empreendedores a relevância de ter um plano de negócios antes de se aventurar no mercado, porém, ainda não existe a mesma compreensão no que diz respeito à elaboração da identidade visual. Não costuma dar bons resultados abrir as portas da companhia antes de ter o design definido. Um case que demonstra isso é o da Samsung, que somente conseguiu se consolidar após trabalhar com foco na sua programação visual. Identificação de marcas por seu conjunto visual é essencial.

5 – Contrate profissionais

Duas coisas devem ficar claras quando no desenvolvimento da identidade visual de uma organização, a primeira delas é que o trabalho deve ser feito por profissionais. Saiba que existem agências de publicidade e design de todos os portes, além de profissionais que atuam como freelancers, podendo sair mais em conta para o orçamento do seu negócio.

O design feito por amadores tem como principal problema ser amador, lembre-se que o visual será o primeiro contato do consumidor com a sua marca. Quando a identidade está mal feita, é natural ter uma imagem de pouco profissionalismo. Tendo assimilado a necessidade de contratar profissionais chegamos ao segundo ponto, as informações pertinentes estão na cabeça do criador ou criadores do empreendimento.

A função do profissional de criação é identificar os valores e motivações da existência da companhia, bem como a mensagem que deve ser transmitida traduzindo esses conceitos em imagens. Convide o designer para participar de reuniões da futura empresa, bem como responda atentamente os questionamentos feitos por ele.

6 – Menos é mais

Quanto mais elementos ou complexidade há numa identidade visual, mais difícil é para o indivíduo entender qual é o significado. O ser humano tem mais facilidade para compreender símbolos mais simples com menos linhas e mais diretos ao ponto. Dessa forma, tenha em mente o conceito de que menos é mais e mantenha sobre controle o design.

7 – Repaginar é preciso

Chegar ao final do processo de criação de identidade visual com um resultado satisfatório é realmente incrível, mas não se deve esquecer que repaginar às vezes é preciso. Há algumas décadas, o redesign de marca demorava muito para se mostrar necessário, hoje em dia, com a dinâmica da internet, esse momento chega mais rapidamente. Daqui alguns anos é possível que você olhe para a identidade do seu empreendimento e identifique um ou outro elemento que pode ser modernizado.

Contudo, entenda que não se trata de refazer tudo e sim de ir transformando, afinal de contas é importante que a essência esteja na sua marca sempre para gerar identificação com o público. As pessoas devem olhar a programação visual e saber que se trata da sua organização.

Compartilhe com seus amigos essas dicas de por onde começar a definir a identidade visual da sua companhia.

As melhores estratégias para sua empresa. Descubra no meu canal. Inscreva-se agora!