Conheça as principais características do Demonstrativo de Resultados.

Conheça as principais características do Demonstrativo de Resultados.

Para saber como está a saúde financeira de uma empresa é fundamental utilizar a ferramenta Demonstrativo de Resultados do Exercício conhecida pela sigla DRE. Esse documento contábil permite que o gestor compreenda e avalie como está o desempenho financeiro da sua companhia em relação ao exercício que passou. Não ter esse controle pode fazer com que o empreendedor não reconheça uma situação de risco financeiro.

O Que é o Demonstrativo de Resultados?

Consiste num documento contábil em que é feita a demonstração do resultado líquido de um exercício através da observação de receitas, das despesas e dos custos que a companhia teve naquele período. Por ter caráter de documentação contábil deve ser realizado de acordo com o regime de competência de maneira que tanto receitas quanto despesas devem estar devidamente inclusos no exercício a que pertencem.

Explicando de uma forma mais simples o demonstrativo de resultados nada mais é do que uma versão resumida dos resultados financeiros que uma organização obteve através da consideração das suas atividades no espaço de um exercício. No âmbito legal esse documento considera um exercício financeiro, geralmente 12 meses indo de janeiro a dezembro. Porém, é possível que seja elaborado mensalmente somente para finalidades administrativas. Para atender a objetivos fiscais pode ser elaborado por trimestre.

Como é Feito um Demonstrativo de Resultados?

Agora que já expliquei o que é o DRE vou dar algumas dicas de como esse documento contábil é feito. Existem diversas possibilidades, tudo depende de quais são os objetivos da sua empresa para esse documento. Ressalto que quanto mais detalhada estiver cada operação considerada mais próximo estará da realidade cotidiana e quanto mais amplo for o documento mais permitirá ter uma visão estratégica. Abaixo listei os passos para montar um documento com estrutura simplificada.

– Obtenção da receita líquida

Considera-se como receita líquida o valor da receita bruta com a subtração das devoluções de venda, descontos que tenham sido concedidos, abatimentos e pagamentos dos impostos. Basicamente o valor de receita que sobrou deduzindo esses custos.

– Obtenção do lucro bruto

Para chegar ao que recebe o nome de lucro bruto é necessário ter o valor da receita líquida da qual se subtrai os custos gerados pelos serviços e o custo das mercadorias. Trata-se de reduzir do lucro o que foi gasto para entregar o produto ou o serviço para o consumidor.

– Obtenção do Resultado Operacional

É essencial esclarecer que esse resultado operacional deve ser obtido antes da incidência do Imposto de Renda ou da Contribuição Social. Para chegar a esse resultado você deverá subtrair do valor do lucro bruto as despesas operacionais, administrativas e gerais da companhia. É necessário então somar as receitas operacionais para que se chegue ao valor do Lucro ou então do Prejuízo operacional líquido.

– Obtenção do resultado líquido do exercício

O objetivo central de um demonstrativo de resultados é chegar ao valor do resultado líquido do exercício. Para que isso seja possível é necessário somar ou subtrair todos os resultados que não são operacionais dentre os quais estão salários dos funcionários, participações de debenturistas, beneficiários entre outros.

Como o Demonstrativo de Resultado é Utilizado na Gestão

Esse documento contábil tem grande importância para realizar uma análise da situação financeira da organização. O DRE abre a possibilidade de investigar o momento financeiro da companhia na vertical e na horizontal com destaque para a observação do tempo em que estão alocadas despesas e receitas. Com isso o gestor tem uma compreensão melhor de como transcorre um exercício financeiro na sua companhia.

A evolução dos gastos da companhia aparece como que contada numa história, quando se sabe onde estão os pontos críticos se torna mais fácil fazer algo a respeito para buscar uma solução plausível. Na análise vertical é possível fazer um comparativo de contas entre os grupos diferentes. Isso permite identificar como cada despesa impacta na companhia. Quando vemos o todo não temos uma visão focada que torne possível enxergar os pequenos detalhes que fazem toda a diferença.

Projeções

As análises permitem fazer projeções tanto para o futuro do negócio como para encontrar os pontos em que se pode fazer o corte de gastos. Os gestores podem ainda ir mais além e usar o demonstrativo de resultados em conjunto com outros documentos contábeis tendo dessa maneira uma visão ainda mais completa do setor financeiro da sua organização.

É possível inclusive fazer a demonstração da situação econômica da companhia por meio do DRE e do balanço patrimonial. Ter os números das finanças da sua empresa bem delineados ajudará a tomar decisões com maior assertividade. O principal erro que muitos empreendedores de primeira viagem cometem é o de não manter pleno controle financeiro do seu negócio, sem isso se torna praticamente impossível fazer uma gestão inteligente.

Sua empresa já utiliza o demonstrativo de resultados? Deixe seus comentários a respeito abaixo!

Saiba mais sobre demonstrativo de resultados de uma empresa e assuntos relacionados. Inscreva-se no meu canal. Inscreva-se agora!