Job Rotation - Saiba como aplicá-lo na sua empresa

Job Rotation - Saiba como aplicá-lo na sua empresa

O método de treinamento conhecido como Job Rotation tem sido adotado por empresas de diferentes portes e segmentos por oferecer excelentes resultados no preparo de funcionários plenamente capacitados a tomar decisões assertivas. Um dos grandes problemas que as companhias enfrentam atualmente é o desconhecimento dos seus próprios colaboradores a respeito dos processos e métodos.

Entenda o Que é Job Rotation

Quer saber mais sobre Job Rotation e se atualizar nos assuntos relacionados? Confira e se inscreva no meu canal.

A tradução da expressão Job Rotation significa Rotação de Emprego, um tipo de rodízio de funções. Os indivíduos treinados dentro desse sistema assumem funções diversas em diferentes setores por tempo determinado visando ter conhecimento global das atividades realizadas pela organização. O conceito chegou ao Brasil através de corporações multinacionais e, durante muitos anos, foi utilizado especialmente com trainees e estagiários.

Contudo, algumas empresas estão se valendo do Job Rotation também para novos funcionários efetivos. Num mundo cada vez mais conectado e no qual não existem mais barreiras geográficas no âmbito da comunicação, não pode existir desconhecimento quanto a que seu vizinho de baia faz. Os colaboradores se tornam mais seguros para tomar decisões e passam a estar bem integrados com os colegas.

Job Rotation Deve Ser Utilizado Apenas Para Aprendizado

É essencial deixar claro que o sistema Job Rotation somente pode ser adotado com objetivo de aprendizado ou para alocação de trainees e estagiários. O método que oferece a possibilidade de vivenciar as atividades dos colegas não pode ser empregado para ocultar acúmulo de funções, por exemplo. Sendo assim, a parte mais relevante da definição desse método é que se trata de treinamento.

Tempo de Rodízio

O programa de Job Rotation pode durar dias, semanas ou meses, contudo, recomenda-se que não seja muito extenso, pois o conhecimento de outros setores é importante, mas concentrar-se nas suas funções oficiais também. Nesse período os indivíduos participantes passam algum tempo em outros setores realizando as funções de funcionários do mesmo. Lembrando que é necessário respeitar o perfil dos seus colaboradores então ao perceber que alguém não consegue de nenhuma forma ficar a vontade num determinado setor é melhor repensar em como aloca-lo com mais qualidade.

Alocação Correta dos Colaboradores

Especialmente quando o sistema Job Rotation é aplicado a trainees e estagiários, se tem como objetivo encontrar o setor em que o indivíduo será mais útil para a companhia. Trata-se de identificar pontos fortes do indivíduo para realizar determinadas tarefas, quando se está no início da carreira e na primeira experiência profissional, é normal não ter muita ideia do que se pode fazer com mais efetividade.

Formando Gestores

Outro ponto muito positivo a respeito do treinamento Job Rotation é a possibilidade de formar potenciais gestores para o futuro. Um bom gestor conhece as suas funções, porém, um gestor excelente conhece as funções dos seus subordinados. Essa vivência na mesa de outros departamentos permite ter uma visão mais completa a respeito das dificuldades e oportunidades que cada um possui. A experiência proporcionada pelo Job Rotation é muito importante para direcionar o trabalho dos líderes.

Como Desenvolver um Programa de Job Rotation Para a Empresa

Após entender como funciona esse método que permite ter um conhecimento muito mais profundo da companhia chega o momento de coloca-lo em prática, isto é, desenvolver mecanismos que permitam essa implementação. Abaixo listei os principais passos para dar início a esse treinamento.

Analise os perfis dos colaboradores

Antes de dar início ao programa de Job Rotation, seja com funcionários novos ou que já façam parte do quadro, é essencial fazer uma análise do perfil dos indivíduos. Algumas pessoas definitivamente não têm ferramentas e nem inclinação para desenvolver atividades de um determinado setor e coloca-las numa situação desconfortável é quase como deixá-las trancadas numa jaula com uma ameaça selvagem. Observe ainda que os colaboradores selecionados precisam ter habilidades para manter o setor em que ficarão alocados funcionando bem.

Processo lógico

Não é porque o Job Rotation faz com que o indivíduo migre de funções que não tem uma lógica para seguir. É essencial que haja o entendimento de que o programa deve ter um sistema lógico. Por exemplo, imagine um colaborador da área financeira que está nesse programa, primeiro ele é alocado no Contas a Pagar, depois vai para o Contas a Receber e, por fim, chega ao Escrita Fiscal. Houve uma preparação, ele não foi jogado de paraquedas direto no último setor.

Converse com os gestores dos setores envolvidos

Os líderes de setor devem entender que o programa Job Rotation traz resultados muito positivos em termos de conhecimento global da companhia pelo colaborador, bem como de descoberta de novas habilidades. É importante que o funcionário em posição de liderança receba bem o colaborador que está no rodízio de funções e busque lhe dar o máximo possível de ferramentas de conhecimento.

O método Job Rotation oferece a rica experiência de exercer funções variadas dentro da companhia. O sistema de treinamento que chegou com as Multinacionais tem sido cada vez mais utilizado para criar funcionários mais preparados.

Saiba mais sobre Job Rotation e tudo relacionado à assuntos empresariais no meu canal. Acesse e inscreva-se!