Conheça a estratégia de política de preços utilizada nas empresas

Conheça a estratégia de política de preços utilizada nas empresas

A política de preços é um dos conceitos mais importantes para os empreendedores, especialmente aqueles que estão entrando no mercado agora. Essa estratégia competitiva pode ser chamada também de preço sugerido e tem grande relevância para que os negócios se mantenham a longo prazo no mercado. A definição de um preço adequado aos custos da companhia para a produção assim como ao seu público-alvo é fundamental para a sua estabilidade.

O Que é Política de Preços?


A definição do preço de um produto depende de alguns fatores que devem ser analisados com calma pelo fabricante. Quando uma empresa vai lançar uma nova
marca no mercado deve analisar qual é o público-alvo que pretende impactar assim como qual a percepção que deseja que se tenha dessa marca. Um produto destinado a um público mais segmentado e de alta renda terá uma percepção de valor diferenciada daquele destinado a um público menos favorecido financeiramente.

Se o fabricante errar nessa estratégia de precificação com base no posicionamento poderá ter sérios prejuízos mais adiante. A política de preço definida pelo fabricante determina um preço sugerido mínimo que os varejistas poderão cobrar pelo item. Essa é uma forma de ter maior controle sobre como os produtos estão chegando até os consumidores. Para determinar esse valor mínimo a companhia realiza uma série de estudos de mercado e faz considerações relevantes sobre a forma como quer ser vista pelos consumidores.

Definindo o Preço Sugerido


O preço ideal de um produto para a sua fabricante é aquele cobre os seus custos e gera algum lucro, no entanto, não são apenas essas questões que devem ser consideradas no momento da precificação. Devem influenciar na formação do preço fatores como posicionamento pretendido pela companhia, objetivos com essa linha, existência de linhas semelhantes dentro da mesma fabricante e flexibilização.

Para algumas organizações o objetivo é posicionar os seus produtos como os mais baratos do seu segmento enquanto outras querem ser vistas como tendo maior qualidade. A partir dos preços a marca determina quais são os objetivos que podem incluir se tornar mais competitiva, aumentar o seu lucro ou até mesmo garantir que terá uma vida mais longa num mercado que se encontra saturado.

Produtos que estão sendo lançados agora podem adotar uma estratégia de preços mais em conta para formar uma clientela fiel. Finalmente, chegamos a política de flexibilização que permite que uma mesma fabricante estipule preços diferentes para itens semelhantes de seu portfólio com o objetivo de alcançar públicos com distintos poderes aquisitivos.

A Política de Preços é Obrigatória?


Não existe uma obrigatoriedade por parte dos varejistas seguirem a determinação de preço sugerido do fabricante, contudo, é comum que as marcas negociem com os pontos de venda. O ideal sob o ponto de vista da companhia que produz os itens é que o distribuidor não revenda por preço abaixo do sugerido. A precificação tem como um dos objetivos atribuir o valor que o consumidor dará por e para aquele produto, então quando um varejista cobra menos está, teoricamente, desvalorizando a marca.

A definição desse preço mínimo que o item deve ter no mercado leva em consideração a necessidade de oferecer lucratividade para os lojistas. Seguir a política de preços é um bom negócio para as duas partes, pois ajuda a construir uma imagem fortalecida para a marca fabricante e oferece ganhos relativos para o lojista.

Negociação


Se você tem percebido que está difícil conseguir que a sua base de revendedores siga a política de preços sugiro que adote uma estratégia de negociação. Para evitar que os seus produtos passem a ser percebidos como tendo uma qualidade inferior pode ser interessante oferecer vantagens para que os varejistas pratiquem os preços predeterminados.

Contudo, vale a pena tentar entender porque os varejistas estão cobrando um preço menor do que o previamente estabelecido, em alguns casos não é exatamente uma estratégia ruim, depende do retorno das vendas. Se estiver vendendo muito mais do que com a estratégia anterior é possível considerar.

Monitoramento é a Chave da Política de Preços


Para quem está se perguntando como é possível para o fabricante saber que a sua política de preços está sendo respeitada a resposta é simples: monitoramento das praças de vendas. O uso de ferramentas monitoramento, como o WebPrice, permite conferir essas informações em tempo real, assim você fica sabendo os preços que estão sendo praticados pelo mercado online para os produtos da sua marca. É possível inclusive configurar um alerta por e-mail para avisar de qualquer modificação de valores.

Se a sua empresa trabalha com revendedores físicos o método de fiscalização será um pouco mais ‘braçal’, contar com uma equipe que de tempos em tempos visite alguns pontos de venda pode ajudar a saber qual é a média de preços que está sendo praticada pelo mercado. Dependendo do tamanho da sua companhia pode ser mais complexo fazer esse acompanhamento, mas sempre se pode conferir uma amostra dos varejistas.

Gostou de saber o que é a política de preços? A sua empresa utiliza essa estratégia? Deixe seus comentários abaixo!

Política de Preços e assuntos relacionados você confere acessando o meu canal. Inscreva-se no meu canal. Inscreva-se agora!