Conheça a história de algumas franquias de sucesso

Conheça a história de algumas franquias de sucesso

Quando o assunto é empreendedorismo e potencial de escalabilidade, é natural pensar diretamente em franquias de sucesso que têm se tornado cada vez mais fortes no mercado brasileiro. Essas marcas que se tornaram líderes em seus segmentos podem ensinar lições valiosas para quem deseja empreender e construir um legado. O trabalho bem-sucedido vai muito além da padronização de espaços e processos.

Franquias de Sucesso – O Que Podemos e Devemos Aprender Com Elas

A seguir vou apresentar algumas franquias de sucesso que têm conseguido excelentes resultados de escalabilidade nos últimos anos e destacar quais são os seus diferenciais no âmbito do empreendedorismo. Essas lições podem marcar uma guinada para o seu negócio.

Franquia: O Boticário

A história do grupo O Boticário nos faz refletir a respeito da necessidade de saber observar boas oportunidades de crescimento ao longo da trajetória no mercado. Nos primeiros anos da década de 1970, essa, que é uma das maiores empresas do país, tinha apenas uma unidade que funcionava como farmácia de manipulação na cidade de Curitiba, no Paraná. O foco estava na produção de medicamentos dermatológicos, com destaque para os cremes, que eram elaborados a partir de algas marinhas e colágeno.

O sucesso desses cremes impulsionou a marca a abrir uma segunda unidade no ano de 1979, no Aeroporto Internacional Afonso Pena, na região metropolitana de Curitiba. Com essa localização estratégica, os produtos da empresa começaram a circular por outros pontos do Brasil, tornando-se conhecidos. Cada vez mais indivíduos foram demonstrando interesse na revenda dos produtos.

No ano de 1980, foi aberta a primeira franquia da marca e, desde então, seu crescimento não parou, tendo poucos anos depois mais de 800 unidades franqueadas. Atualmente, a organização opera como uma holding, sendo responsável também pela gestão de outras marcas além de “O Boticário”, como “Eudora”, “The Beauty Box” e “quem disse, berenice”. E, apesar de já contar com loja virtual, ainda tem grande força no ponto de venda, atraindo cada vez mais franqueados. Porém, na hora de abrir novas unidades, a preferência fica para aqueles que já têm franquias da companhia.

Para Refletir:

– Mudar a trajetória do negócio no mercado pode ser positivo para alcançar o sucesso;

– Investir num trabalho marcante e eficiente no ponto de venda pode fazer com que sua marca se destaque na preferência do consumidor;

– Expandir quando se tem a oportunidade é essencial para abarcar outras fatias do público. Clientes que potencialmente não se interessavam por produtos O Boticário podem se tornar fidelizados a outras marcas do grupo, como ‘quem disse, berenice’, por exemplo.

Franquia: Cacau Show

Uma das franquias de sucesso que mais cresce no Brasil, a Cacau Show encontrou um segmento de mercado praticamente exclusivo, o de chocolates finos como presentes, e se estabeleceu como líder, faturando alto. A marca apostou na oferta de opções de chocolates que podem funcionar como presentes para datas comemorativas e, até, entre casais apaixonados.

O segredo da empresa foi encontrar um filão de mercado que não estava sendo aproveitado pela concorrência, que se via diante da saturação. Algo curioso é que alguns consumidores deixaram de adquirir kits de presentes de marcas como O Boticário para investir nos itens da chocolateria. Os gestores da companhia observam que o crescimento da marca se deu de forma quase espontânea, os distribuidores acabavam se encantando com a ideia de se tornarem fraqueados e investiam no negócio. Em pouco tempo já existia mais de duas mil lojas da franquia em todo o país.

Para Refletir:

– Sempre há oportunidades de mercado que ainda não foram observadas;

– Saber encantar quem trabalha com a sua companhia é tão essencial quanto encantar os clientes;

– Mesmo com o sucesso é essencial ficar atento para os pequenos detalhes.

Franquia: Subway

Atualmente, todo mundo conhece a marca Subway no Brasil, porém, durante algum tempo, a empresa passou despercebida por aqui, mesmo estando em busca de se consolidar. Sua criação se deu ano de 1965 por Fred Deluca, porém sua expansão por meio de franquias só teve início a partir dos anos 1970. A chegada ao Brasil aconteceu em 1993 e bem pouca gente sabe disso devido a dificuldade que foi difundir a marca, que, naquele momento, apresentava um custo elevado para lanches.

Para se ter uma ideia, em 2002 havia apenas duas unidades de Subway em nosso país. A partir de 2010 o sucesso se tornou evidente, com mais de 200 franquias. O que fez com que finalmente a marca deslanchasse foi a observação do que estava dando certo em outros países, como China e Nova Zelândia, além da criação de um sistema de busca por franqueados alinhados com a proposta corporativa. As ações de marketing acompanharam o crescimento da companhia em nosso país, com ações de maior impacto como comerciais de TV.

Para Refletir:

– Revisar o modelo de negócios quando os resultados não chegam é fundamental;

– Saber aprender com as experiências que deram certo é essencial para se estabilizar no mercado;

– Mudar de atitude e não desistir do objetivo são os primeiros passos para o sucesso.

Gostou de conhecer mais sobre as lições das franquias de sucesso? Que outros ensinamentos percebeu na trajetória dessas três empresas? Deixe o seu comentário!

 

 

Saiba mais sobre empreendedorismo para pequenas e médias empresas! Inscreva-se no meu canal. Inscreva-se agora!