Saiba como funciona uma empresa de Capital Aberto

Saiba como funciona uma empresa de Capital Aberto

Uma empresa de capital aberto se caracteriza por ter ações disponíveis na Bolsa de Valores para que sejam adquiridas por investidores anônimos. Trata-se de uma boa alternativa para quem deseja dar início a um negócio que demanda certo investimento de capital a que não se tem acesso. Antes de abrir uma companhia nesse modelo é essencial conhecer todas as particularidades e sua forma de funcionamento.

O que é uma empresa de capital aberto?

Basicamente, capital aberto significa ter ações disponíveis na Bolsa de Valores, os acionistas (pessoas que compram as ações) são donos de parte da empresa e têm participação nos lucros. Esses investidores têm a responsabilidade de arcar com consequências de decisões do corpo diretivo na proporção das ações que possuem. É uma sociedade anônima em que parte do seu capital é proveniente do sistema de compra e venda de ações.

Investir em empresas de capital aberto demanda correr algum risco, pois os investidores precisam apostar na organização da qual pretendem comprar ações. Geralmente os investidores em ações movimentam seu capital por meio da compra e venda das ações que adquirem no mercado. Faço a ressalva ainda de que é um mercado imprevisível, pois questões externas como um escândalo na mídia podem acarretar em desvalorização do negócio, por exemplo.

Empresa de capital aberto x Empresa de capital fechado

Embora pareça que existam muitas diferenças entre as organizações de capital fechado e aberto devo destacar que a questão mais relevante é a que diz respeito à contabilidade. No caso de negócios que mantém o capital fechado os procedimentos contábeis podem ser realizados por contadores contratados pelos empresários a frente do empreendimento.

No caso de uma empresa de capital aberto o acompanhamento contábil é realizado por um conselho escolhido pelos acionistas majoritários. Os gestores de empreendimentos que possuem ações negociadas na Bolsa não têm autonomia sobre a contabilidade porque existe a necessidade de realizar prestação de contas aos demais donos do negócio. Outra diferença que existe entre os dois tipos de empresas é que as de capital fechado negociam as suas ações no ‘balcão’ enquanto que as de capital aberto negociam na Bolsa de Valores.

Como é o processo de abertura de capital?

Para quem está interessado em abrir o capital da sua empresa é necessário realizar um registro na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que consiste no órgão que regula esse tipo de operação. Obtendo a autorização para a abertura de capital, a companhia em questão deve elaborar um documento chamado de “Prospecto de Oferta” que é direcionado para prestar informações ao público potencialmente interessado em investir comprando ações.

Nesse documento deve constar os planos que os gestores têm para o futuro do empreendimento e outros dados relevantes que podem influenciar na opção por investir ou não. Os potenciais interessados em investir na organização devem ter informações sobre quais são os planos futuros.

Como funciona uma empresa de capital aberto?

Empresas de capital aberto são sociedades anônimas em que o capital social é constituído por ações que representam partes do negócio que são negociadas na Bolsa de Valores. Os acionistas, aqueles que adquirem as ações, são donos da companhia na proporção das ações que compraram respondendo somente por essa parte. Constitui-se numa sociedade anônima exatamente porque qualquer indivíduo pode comprar ações na Bolsa de Valores.

Quais as vantagens de abrir o capital da empresa?

A abertura de capital é uma forma de conseguir atrair mais investimento para um negócio que demanda mais capital do que os gestores possuem. Abaixo vou explicar um pouco melhor quais são as principais vantagens de apostar nesse sistema para a sua companhia.

1 – Recursos

Como já mencionei a abertura de capital permite que a organização obtenha recursos financeiros de maneira mais prática para poder investir em novos projetos. Também torna possível adquirir bens com esses recursos para uma posterior venda em busca de trazer mais liquidez. Representa ainda uma alternativa para fugir de eventuais problemas financeiros que podem desestruturar o negócio.

2 – Imagem da marca

Tornar-se uma companhia de capital aberto pode representar uma forma de melhorar e potencializar o alcance da imagem da sua organização. Ao passar a ter ações negociadas na Bolsa de Valores a sua empresa passa a ganhar um viés de maior seriedade.

3 – Possibilidade de crescimento

A abertura de capital proporciona para as companhias que passam a apostar nesse sistema a chance de crescer e se fortalecer no mercado. Pode ser que o seu empreendimento não tenha nenhuma dificuldade financeira nesse momento, mas também não possua capital suficiente para ampliar a sua presença. Pode representar o passo que faltava para a abertura de filiais, por exemplo.

Gostou de saber mais sobre empresa de capital aberto? Deixe seus comentários abaixo e compartilhe em suas redes sociais! 

Copyright:1085354081 – https://www.shutterstock.com/pt/g/fizkes