Saiba como reduzir o retrabalho nas empresas

Saiba como reduzir o retrabalho nas empresas

Um dos principais vilões da produtividade e de uma boa relação custo e benefício para muitas empresas é o retrabalho, processos que precisam ser refeitos custam recursos financeiros e humanos. Observar com atenção a taxa de refações na companhia é fundamental para verificar se existem problemas e identificar os fatores desencadeantes, podendo assim combater os impactos gerados.

Retrabalho na empresa? Descubra os impactos que isso pode causar, acessando meu canal. Inscreva-se agora!

Conheça os Principais Impactos do Retrabalho na Empresa

Somente a partir do entendimento dos prejuízos, em diferentes setores, que o retrabalho causa é possível lhe dar a atenção merecida. Abaixo listei os principais impactos que atividades que precisam ser refeitas podem ter na sua companhia. Leia com atenção, sempre é tempo de fazer correções!

Quebra da lógica produtiva

A máxima “tempo é dinheiro” nunca fez tanto sentido como nos dias de hoje, a velocidade que a internet e diferentes tecnologias imprimiram tornaram a rapidez eficiente o segredo do sucesso. Muitas companhias têm uma lógica produtiva que permite atender a demanda dos consumidores dentro do prazo esperado. Quando os colaboradores precisam refazer algum trabalho, estão deixando de produzir algo novo.

Tendo que voltar a projetos e atividades anteriores, esses funcionários acabam perdendo um tempo precioso e isso faz com que haja acúmulo de tarefas. Você sabia que boa parte das horas extras são consequências do retrabalho? Se as atividades fossem realizadas apenas uma vez com qualidade seria necessário menos tempo de jornada.

Redução da produção

Como já deve ter ficado claro no tópico acima, o retrabalho se reflete na capacidade que a companhia tem de produzir. A produtividade é resultante do tempo que os colaboradores levam para finalizar um produto, se eles passam mais horas do que o previsto em apenas um item, terão realizado menos tarefas até o final do dia.

Aumento dos custos operacionais

Uma das grandes preocupações decorrentes do retrabalho é o aumento dos custos operacionais, pois, ao precisar realizar novamente uma tarefa, o colaborador irá utilizar ferramentas e recursos extras. Pode parecer um custo pequeno e banal para alguns gestores, no entanto, quando se tem refações constantes, se tem um somatório relevante.

Problemas com recursos humanos

Há uma associação errada de que retrabalho significa, necessariamente, falta de atenção ou despreparo dos colaboradores. Se os gestores pensam dessa forma, podem dar início a um processo de rotatividade que não é positivo sob nenhum aspecto, pois seleção de novos funcionários demanda muitos custos e adaptação. Deve-se levar em consideração que a falta de perfeição nos resultados seja decorrente de outros fatores, como falta de qualificação da mão-de-obra com treinamentos específicos ou recursos inadequados.

Rotina estressante

Trabalhar num ambiente hostil é extremamente desgastante e, quando as coisas não saem como o esperado, é natural que tenha início um processo de pressão que vem desde o gestor geral da companhia até o funcionário da linha de produção. A cobrança por aumento de produtividade e redução do desperdício de recursos se torna mais um elemento que ajuda a tornar as tarefas executadas erroneamente. Ao perceber que a taxa de retrabalho está elevada, cabe ao gestor estudar a situação para chegar a uma solução plausível.

Desmotivação dos colaboradores

Fazer um mesmo trabalho mais de uma vez, pode se tornar motivo de grande desgaste para colaboradores de diferentes setores. Com o passar do tempo, o retrabalho se torna um grande desmotivador da sua equipe, como citei acima não se pode culpar os funcionários pela situação, especialmente quando não se trata de um caso isolado e sim de setores inteiros. O gestor deve buscar reduzir os erros que acarretam nas refações para reduzir os custos da organização assim como para manter os funcionários motivados.

Insatisfação dos clientes

Quando o controle de qualidade de uma organização se torna ineficiente, permitindo que peças que não foram devidamente retrabalhadas cheguem ao mercado, se tem um cenário que pode se tornar difícil de reverter. Os clientes dificilmente esquecem uma experiência ruim e, além de não comprar mais, podem se tornar divulgadores dos defeitos nas redes sociais. Aumento das reclamações de clientes, assim como taxa muito alta de refações, são sinais de alerta de que está na hora de revisar o sistema de produção da companhia.

Como Reduzir o Retrabalho na Empresa

Os impactos do retrabalho no negócio são bastante significativos e, por isso, se deve buscar reduzir ao máximo as refações. A primeira atitude importante a ser tomada é estabelecer um sistema eficiente de contratação e qualificação da mão-de-obra. Tendo colaboradores adaptados ao clima organizacional e que compreendem as suas atividades, é fundamental estabelecer um sistema de avaliação com métricas passíveis de serem verificadas.

A otimização dos processos, uso de softwares e equipamentos, permite reduzir a taxa de erros e libera os funcionários para dedicar o seu tempo às tarefas que exigem mais criatividade, contribuindo para o estabelecimento de diferenciais competitivos. A companhia deve ter atenção, também, para a qualidade de vida do seu funcionário para ter mais produtividade.

Você consegue identificar algum dos impactos do retrabalho na sua companhia? Deixe seus comentários!

Saiba mais sobre retrabalho nas empresas e assuntos relacionados. Inscreva-se agora no meu canal!