Tenha um banco de currículos mais assertivo na sua empresa

Tenha um banco de currículos mais assertivo na sua empresa

O número de empresas que utiliza o recurso de banco de currículos está cada vez maior devido à necessidade de maior dinamismo nas contratações e pela busca de perfis mais específicos pelo mercado. A realização de processos seletivos constantes além de ser desgastante pode acarretar numa série de custos que prejudicam o bom andamento financeiro da organização a longo prazo.

Afinal, por que minha empresa deve ter um banco de currículos?

O motivo mais relevante é o de reduzir os custos com o processo de seleção e contratação de colaboradores. Se todas as vezes que a sua companhia necessitar de um novo colaborador tiver que iniciar o processo de busca do zero perderá muito tempo nessa tarefa assim como despenderá recursos financeiros que não serão recuperados. Esses desgastes podem ser facilmente evitados tendo alguns currículos previamente analisados e reunidos num banco de dados.

Dessa forma quando uma nova vaga é aberta é possível já contatar indivíduos que se mostraram como opções interessantes em outra ocasião. Em muitos processos seletivos aparece mais de um candidato qualificado de maneira que vale a pena para a organização ‘lembrar-se’ dos que não foram efetivados naquela ocasião podendo então reforçar seu quadro de contratações.

Além da questão de reaproveitamento de trabalhos de seleção anteriores destaco ainda como motivação para a manutenção do banco de currículos a marcação de perfis pessoais alinhados com a cultura organizacional, contratar as pessoas corretas para cada posição no que concerne a características pessoais é bastante importante.

Como Ter um Banco de Currículos Assertivo?

A seguir vou explicar como ter um banco de currículos efetivo para a sua organização, isto é, ter uma reserva de talentos que contribua para a contratação dos indivíduos certos para cada cargo vago.

– Organização é a chave

Não adianta nada ter uma série de currículos armazenados se não há organização para se trabalhar com eles, isto é, se não há meios de encontrar um perfil em particular quando se precisa. O armazenamento das informações deve ser feito com estratégia e inteligência preferencialmente utilizando um sistema digital. Quando surgir uma oportunidade de contratação na empresa é possível fazer uma pesquisa usando palavras-chave para chegar aos melhores candidatos.

Uma boa dica é reservar um espaço para fazer anotações, não será possível lembrar de todos os candidatos entrevistados ao longo dos processos seletivos. Ao acessar o currículo e ler as considerações o recrutador já terá uma ideia se aquele profissional está adequado para as necessidades do momento.

– Tenha um banco de currículos dos seus colaboradores

Além de manter arquivos de currículos de profissionais que não foram contratados é válido que a sua organização conte com um banco de talentos, ou seja, um compilado dos profissionais que já possui em seu quadro de efetivados. Esse recurso torna mais fácil detectar que se têm indivíduos qualificados dentro da sua própria companhia. Nem sempre é preciso procurar fora da empresa um profissional para assumir uma posição de liderança.

– Trabalhe com divisão por setores

Uma estruturação inteligente para o banco de currículos é a divisão por setores de atuação. Essa metodologia facilita encontrar pessoas capacitadas para os mais diversos setores da companhia. Assim se torna mais rápido encontrar currículos alinhados ao setor de marketing, de produção, de engenharia ou outros. Quanto mais segmentado por áreas de atuação for o banco de currículos melhor ele será. A ideia central deve ser sempre facilitar o trabalho do recrutador.

– Atualize sempre o banco de currículos

Para que o sistema de banco de currículos seja efetivo recomendo que o gestor responsável por sua manutenção tenha o hábito de atualizá-lo. Os currículos devem ser armazenados com a data de recebimento dos mesmos para que os mais antigos possam ser descartados, as informações provavelmente já não procedem. Deve-se ficar atento também para a existência de currículos duplicados, se houver dois registros de um mesmo profissional mantenha apenas o mais atual.

– Tenha o hábito de fazer backups

Informação perdida não é informação útil então tenha o hábito de realizar backups do seu banco de currículos. Nunca se sabe quando um imprevisto irá acontecer e levar embora meses de organização e criação de banco de talentos. Para não ficar vulnerável a eventuais imprevistos digitais é bom ter sempre os dados salvos e armazenados em segurança.

– Use as redes sociais

A internet facilitou o processo de encontrar e armazenar currículos de potenciais talentos para a sua companhia. Redes sociais como o LinkedIn permitem que a sua companhia divulgue suas vagas mais abertamente recebendo uma maior quantidade de currículos. Ao se deparar com perfis pertinentes é válido guardar as informações mesmo que não seja feita nem uma entrevista presencial. Outro mecanismo que pode ajudar na captação de talentos é ter um espaço em seu site para que os profissionais preencham dados de currículo permitindo a realização de buscas frequentes.

Gostou de saber por que ter e como manter um banco currículos? Deixe seus comentários abaixo!

Saiba mais sobre estratégias de negócios para pequenas e médias empresas! Inscreva-se no meu canal. Inscreva-se agora!