Conheça os tipos de empréstimos

Conheça os tipos de empréstimos

Conhecer os tipos de empréstimos empresariais pode significar ter a oportunidade de acelerar o crescimento da sua companhia com a injeção de capital externo ou mesmo evitar o fechamento das suas portas devido a dificuldades que, muitas vezes, aparecem de maneira inesperada. Ainda existe alguma preocupação por parte dos empresários a respeito de como um empréstimo pode impactar as finanças da organização, conhecer os pormenores faz toda a diferença.

Saiba mais sobre empréstimos para pequenas e médias empresas! Inscreva-se no meu canal. Inscreva-se agora!

Conheça os Tipos de Empréstimo Empresarial

Quando um empreendedor deseja ampliar a atuação da sua companhia no mercado ou então sanar dívidas que atrapalham o seu bom andamento, deve começar a considerar as vantagens e desvantagens de cada tipo de empréstimo. Abaixo listei as principais modalidades de empréstimo para pessoa jurídica explicando quando é interessante ou não optar por elas.

1 – Cheque especial para pessoas jurídicas

O cheque especial tira o sono de muitas pessoas físicas devido à grande facilidade de endividamento e isso não é muito diferente no caso de pessoas jurídicas. A partir do momento que se tem uma conta empresa, é bem possível que haja um limite pré-aprovado pelo banco para que a sua companhia utilize a título de cheque especial.

Trata-se de um valor que está disponível automaticamente e geralmente só demanda o apertar de um botão no caixa eletrônico. Esse contrato automático de empréstimo se mostra tentador para muitas empresas, mas é essencial que se considere a sua elevadíssima taxa de juros que normalmente gira em torno de 14% ao mês.

O típico empréstimo que se torna uma bola de neve e que pode fazer com que a sua companhia fique presa num looping de pagamento de juros. Minha dica é estudar outras possibilidades e optar pelo cheque especial somente se não houver outra solução. Ao tomar esse empréstimo, faça um planejamento de como efetuar o seu pagamento o mais rápido quanto possível.

2 – Empréstimo conta garantida

Modalidade de empréstimo bastante parecida com a do cheque especial, mas que costuma apresentar uma taxa de juros um pouco menor. O nome desse empréstimo se deve ao fato de que consiste num tipo de crédito rotativo que se pode obter oferecendo uma garantia. A instituição bancária pode aceitar como garantia duplicatas ou mesmo algum bem.

Porém, antes de se animar com a conta garantida, saiba que é fundamental fazer um estudo prévio do impacto que a aquisição desse crédito terá na saúde financeira da companhia. Os empréstimos pré-aprovados, de maneira geral, se mostram traiçoeiros no que diz respeito ao valor dos juros. Muitos empreendedores optam por eles devido a facilidade para obtê-los, mas, no momento de pagar, podem não conseguir ter fôlego. Novamente indico que outras possibilidades sejam estudadas.

3 – Empréstimos bancários

Os dois tipos de empréstimos apresentados acima são pré-aprovados e, por isso mesmo, representam potenciais armadilhas de juros para quem não tem um planejamento efetivo. Contudo, há a possibilidade de realizar um empréstimo bancário mediante avaliação do fluxo de caixa e histórico de crédito da companhia. As taxas nessa modalidade costumam ser relativamente mais baixas, de maneira a representar uma alternativa mais interessante.

A ressalva fica por conta das exigências que podem ser feitas pela instituição bancária, como bens de garantia, apresentação de detalhes financeiros da organização e até plano de negócios. Outro ponto relevante é que o processo todo pode levar mais de 10 dias, sendo um prazo longo para alguns empreendedores que se encontram numa situação complicada. Quando se trata de investimento para crescimento, pode ser melhor aguardar mais um tempo e obter um empréstimo com menos ônus de juros.

4 – Empréstimo Peer-to-peer lending (Recorrendo a investidores)

Também chamado de empréstimo coletivo, a modalidade “peer-to-peer lending” se caracteriza por não ter a necessidade da intermediação de uma instituição bancária, isso reduz a burocracia e as taxas de juros. A relação base se dá entre investidores e empreendedores, sendo que os primeiros desejam fazer seu capital render, contribuindo ainda para o crescimento do país, enquanto os últimos demandam de impulso financeiro para se fortalecer.

Um dos tipos de empréstimo mais seguros para empresários que desejam evitar que suas companhias se endividem e fiquem presas a bancos. As taxas de empréstimo são menores em comparação com modalidades realizadas por bancos e não há a perda de autonomia dos proprietários. A recomendação, nesse caso, é pesquisar e encontrar uma plataforma desse tipo de empréstimo que seja segura e responsável.

5 – Empréstimo de familiares e amigos

A opção menos formal da lista, mas que também deve ser considerada, afinal familiares e amigos podem cobrar juros mais amigáveis (ou até nem cobrá-los), além de esperar mais tempo para receber. A questão principal na hora de aceitar esse tipo de ajuda é entender como será possível efetuar o pagamento dentro do prazo combinado. Ninguém quer ver uma relação pessoal ser terminada pelo não pagamento de uma dívida, não é mesmo? Faça um planejamento rígido para não faltar ao seu compromisso.

Gostou de conhecer mais sobre os tipos de empréstimo possíveis? Deixe seus comentários!

 

Estratégias para sua empresa você confere no meu canal. Inscreva-se agora!