Como controlar o estoque de maneira eficiente?

Como controlar o estoque de maneira eficiente?

Seja uma empresa de pequeno, médio ou grande porte, independente do segmento em que atue, é necessário fazer uma boa administração do estoque que se provem, para não perder o controle do que entra e do que sai. Para ajudar qualquer empresário ou empreendedor nesta missão, é possível contar com alguns mecanismos, que facilitam o dia a dia das pessoas que serão responsáveis por colocar a mercadoria de sua organização para girar.
 
Uma gestão de estoque realizada de forma eficiente impede que se tenha e se compre mais mercadorias do que o necessário, mantém a parte financeira da empresa controlada, bem como a área em que os produtos serão armazenados. Neste sentido, é essencial contar com pessoas altamente organizadas, que vão ajudar você a ter o conhecimento de qual o momento ideal para investir em mais produtos e fazer o seu negócio prosperar.
 
Confira dicas eficientes para controlar o seu estoque assertivamente e, depois deixe o seu comentário me contando o que você achou.
 

Dicas para uma gestão de estoque eficiente

 
Além dos benefícios que já citei no início do texto, o controle de estoque também vai ajudá-lo, a saber, quais de seus produtos mais vendem e quais estão parados em sua empresa a um tempo, permitindo que você realize ações de marketing, por exemplo, para escoá-los.
 
Veja agora as dicas que eu separei para você organizar o seu estoque da melhor maneira possível e muito sucesso em suas vendas.
 

1. Faça um levantamento de tudo o que tem em seu estoque

 
A primeira ação a ser realizada para começar o controle e organização de seu estoque, deve ser a realização de um levantamento para saber tudo o que você tem por lá. Esta identificação pode ser feita por meio da criação de códigos próprios de sua empresa, ou, se você preferir, pode ser realizada também utilizando o código de barras do produto. Isso facilita na hora de fazer a pesquisa do tipo de mercadoria que se tem armazenada, bem como a sua quantidade. Outro ponto essencial é a informatização do estoque, ou seja, contar com ferramentas tecnológicas, programas de gestão do estoque informatizados que possam ser acessadas pelos profissionais responsáveis, atualizadas constantemente e deem a todos a visão geral dos produtos constantes e faltantes também.
 

2. Separe-os por categoria

 
Partindo para o segundo passo a ser dado, você deve definir as categorias de produtos que você possui em seu estoque. Esta ação serve para você saber a natureza, as especificações, as características, bem como o tipo de produtos que você tem armazenados em seu estoque. Estas podem ser; inclusive, as categorias que você e seu pessoal podem utilizar para categorizar a sua mercadoria na hora de vendê-la.
 

3. Verifique a quantidade de cada produto

 
Este é um passo importante, pois ajuda você saber quando é necessário ou não comprar novas mercadorias para repor o seu estoque e, assim, movimentar o caixa da sua empresa. Neste sentido, é preciso definir uma quantidade mínima que você deve ter de cada produto, bem como a quantidade máxima, para que não falte e não haja excessos na hora de reabastecê-lo.
 

4. Faça um inventário

 
O inventário de estoque serve para você juntar todas estas informações que mencionei anteriormente, como os tipos de produtos, a sua quantidade, categoria, características, entre outras, e assim definir o valor total que você tem em produtos estocados.
 
Todos estes dados que você coletar sobre os produtos que você tem em seu estoque, podem ser organizados em uma planilha de Excel ou em ferramentas próprias para a elaboração de um inventário eficiente.
 
Esta não é uma das tarefas mais fáceis no controle e gestão assertiva de um estoque, mas, a partir do momento que é feita, facilita bastante o dia a dia de quem precisa lidar com esta área da empresa, e também permite que você, enquanto empresário e empreendedor, realize ações estratégicas para fazer as suas mercadorias girar e não ficar encalhadas em suas prateleiras virtuais ou tradicionais.
 

5. Conte com profissionais especializados

 
Além de precisar de uma pessoa altamente organizada para ajudá-lo a controlar o seu estoque, esta deve ter também competências, habilidades e conhecimentos específicos, que serão essenciais na hora de fazer uma gestão eficiente de suas mercadorias.
 
Outro ponto importante é que este profissional precisa ser de extrema confiança, para que não ocorram casos de extravio de sua mercadoria e você não seja obrigado a passar por situações constrangedoras, como o furto de seus produtos.
 
Por fim, existem inúmeras outras dicas que podem ser aplicadas ao seu dia a dia e ao modelo de negócios de sua empresa. Para isso, é necessário analisar os produtos que você tem estocados e quais as regras e determinações mais se adequam a eles.
 
O que eu quis aqui foi compartilhar normas básicas, que podem e devem ser adotadas por quaisquer tipos de empresas, independentemente dos produtos ou serviços que comercializem e ofereçam a seus clientes.
 
Se você gostou deste artigo e destas dicas, continue acompanhando todo o conteúdo que eu posto aqui em meu blog, em minhas redes sociais e também os vídeos de meu canal no Youtube. Tenho certeza que essas sacadas empreendedoras vão transformar a sua empresa em um case de sucesso.