Dicas para Informatizar o seu Restaurante

Dicas para Informatizar o seu Restaurante

O processo de informatizar restaurante é essencial para tornar a rotina administrativa do empreendimento mais prática e assertiva. Pense em como pode se tornar mais simples gerir a área financeira do seu negócio especialmente questões como controle de estoque, fluxo de caixa, dados cadastrais de colaboradores, contatos e pedidos de fornecedores entre outros. A informatização é uma necessidade e não mais um diferencial.

Confira 7 táticas de como informatizar restaurante

Para quem pensa que o processo de informatização se configura apenas num gasto devo ressaltar que se trata de um investimento que pode render uma série de frutos positivos. Além disso, pode ser mais simples do que se imagina, confira as 7 táticas que listei a seguir.

1 – Use as ferramentas tecnológicas com inovação

Os recursos tecnológicos devem ser utilizados de forma estratégica e inovadora para tornar o dia a dia de trabalho mais eficiente e entregando uma experiência mais satisfatória para os seus clientes. Ferramentas como tablets e smartphones podem ser bastantes práticas para que os garçons anotem os pedidos e já enviem diretamente para a cozinha.

Essa pequena mudança permite que os garçons se dediquem mais ao seu trabalho de atendimento aos clientes. Em relação a aplicação da tecnologia para o gerenciamento do restaurante é possível inovar buscando respostas menos óbvias como pratos que se destacam em diferentes dias da semana, quais as bebidas mais alinhadas com cada opção e assim por diante.

2 – Software de gestão: A base para informatizar restaurante

Muitos empreendedores acreditam que já têm negócios informatizados pelo fato de utilizarem editores de textos e planilhas no dia a dia. Embora essas ferramentas possam ser bem úteis para algumas tarefas não suprem totalmente a necessidade administrativa de gestão de um restaurante.

Para tornar mais abrangente a presença digital em seu restaurante recomendo a contratação de um software de gestão que ofereça ferramentas para realizar controle de fluxo de caixa, armazenamento de dados cadastrais de colaboradores e clientes, acompanhamento das oscilações de estoque entre outras funções. O principal diferencial é que todas as informações relevantes estão reunidas num mesmo lugar permitindo um trabalho mais focado.

3 – Prefira soluções atuais

Quando estiver realizando o processo de prospecção de soluções para informatizar seu restaurante dê uma atenção especial a quanto ela é atual. Um dos principais erros que os gestores podem cometer nessa etapa é contratar uma solução que está entrando em processo de defasagem, ou seja, deixando de ser relevante no mercado em que se propõe atuar.

Ferramentas tecnológicas antigas (nesse contexto antigo pode ser menos de 5 anos de fabrico) oferecem dificuldades como não ter assistência e manutenção técnica própria. O software de gestão escolhido para o seu restaurante deve oferecer a possibilidade de registros de dados referentes a mercadorias, colaboradores, clientes, estoque e finanças.

4 – Tecnologia para o planejamento estratégico

Algo importante de observar no momento em que estiver escolhendo a tecnologia a ser utilizada para a gestão do seu restaurante é se ela tem caráter genérico ou especializado. Opções com funcionalidades genéricas são mais abrangentes e podem ser aplicadas a diferentes tipos de empreendimento, além, de ter um preço mais em conta.

Contudo, os softwares de caráter mais específico podem ser os mais eficientes para atender demandas bem particulares do cotidiano de um restaurante. A escolha do sistema de informatização deve ser feita observando de que seu empreendimento necessita no dia a dia. No começo pode ser que um sistema menos robusto dê conta do recado.

5 – Tecnologia só com suporte técnico eficiente

Novamente ressalto que as tecnologias que já têm algum tempo no mercado podem se tornar um problema haja vista que não oferecem suporte técnico eficiente em boa parte dos casos. Contudo, não basta que uma tecnologia seja relativamente nova para que tenha um bom suporte técnico.

Uma tecnologia eficiente é aquela que possui uma interface simples de utilizar, ou seja, que todos os colaboradores sejam capazes de utilizar cotidianamente. Os garçons são responsáveis por alimentar o sistema com boa parte dos dados, pois são eles que atendem aos clientes. Os chefs e cozinheiros podem e devem utilizar a tecnologia como uma aliada para organizar o estoque de insumos observando datas de validade entre outros pontos.

6 – Automação dentro da cozinha

Panelas no fogo e aquele aroma delicioso de algo recém-preparado serão sempre relevantes dentro da cozinha de um restaurante, no entanto, é importante apostar na tecnologia nesse ambiente também. Por exemplo, os cozinheiros podem ter mais facilidade de acesso aos pedidos contando com impressoras para os pedidos. O garçom registra o pedido no sistema no salão e em poucos segundos o chef recebe a demanda na cozinha. Uma tecnologia que ajuda a economizar tempo e organizar a cozinha.

7 – Atendimento mais eficaz ao cliente

Uma forma bastante interessante de utilizar a tecnologia para informatizar o seu restaurante é por meio do uso de dispositivos móveis interligados pela rede. O registro do pedido feito pelo cliente ao garçom além de ser enviado para a cozinha também pode ser redirecionado para o caixa gerando a conta com mais facilidade e permitindo que o pagamento seja feito mais rapidamente. Além disso, essa atitude permite ter mais controle sobre o que está sendo vendido.

Gostou dessas 7 táticas de como informatizar o seu restaurante? 

Copyright:1499709596 – https://www.shutterstock.com/pt/g/kuanch