Acessibilidade - Veja sua importância

Acessibilidade - Veja sua importância

Empreendedor, responda-me uma pergunta: a sua empresa está preparada para receber colaboradores e clientes com deficiência? Se sim, parabéns! Você está pensando no futuro, não só do seu negócio, mas também das pessoas que, de uma forma ou de outra, encontram diversas dificuldades em seu dia a dia, inclusive para se locomover e conseguir uma colocação no mercado de trabalho. Porém, se você ainda não investiu em acessibilidade para que funcionários e consumidores sintam-se bem recebidos em sua organização, é melhor começar a pensar nesta possibilidade, pois além de ser uma obrigatoriedade prevista em lei, isso vai fazer total diferença, na vida de grande parte da população de nosso país, e até mesmo na sua.
 
Na hora de pensar na construção de um negócio, é necessário refletir sobre como este vai impactar na vida de todos os que estão envolvidos com ele, bem como em maneiras de contribuir para que a sociedade melhore cada vez mais, por meio dos produtos e serviços que a sua empresa oferece ou vai oferecer. Neste sentido, é necessário investir em um espaço físico que comporte, confortavelmente, pessoas também com deficiência, sejam elas clientes ou colaboradores, pensando não só no crescimento da sua organização, mas também de todos enquanto seres humanos e cidadãos.
 
Por isso, nas próximas linhas, vou compartilhar com você a importância de se investir em acessibilidade em sua empresa. Confira:
 

O que está na legislação?

 
Antes de te dar dicas sobre acessibilidade nas empresas, vamos esclarecer um pouco sobre o que a nossa legislação fala a respeito deste assunto. A Lei de Cotas determina que toda organização, que tenha a partir de 100 funcionários, destine de 2% a 5% dos seus postos de trabalho às pessoas com deficiência, seja ela motora, intelectual ou sensorial.
 
Outra Lei importante é a da Acessibilidade, que prevê regras específicas para adequar os mais diversos tipos de ambientes para que estes possam receber pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida em seus comércios, lojas ou empresas, por exemplo. Ela estabelece a necessidade de eliminar quaisquer tipos de obstáculos ou barreiras, em vias públicas ou não, que impeçam ou dificultem o acesso e a locomoção destes indivíduos.
 
A fiscalização com relação a ambas é bem rígida, e caso haja descumprimento destas leis, a empresa está passível de receber multas.
 

Por que é importante para o colaborador?

 
Você já deve ter ouvido que “O Trabalho dignifica o homem”, não é mesmo? Acredito que não só uma, mas inúmeras vezes isso já chegou aos seus ouvidos. Vê-se então a importância de poder exercer uma atividade ao longo da vida, que nos dê prazer e satisfação e que contribua para o nosso crescimento, pessoal e profissional. É justamente isso que, também, o indivíduo com deficiência busca em sua vida, ou seja, o que ele quer é encontrar um lugar em que possa se locomover e se expressar, demonstrando o que sabe, para apoiar a empresa em que estiver a ser bem-sucedida.
 
Neste sentido, o que cada colaborador, com deficiência física ou intelectual, busca, é uma oportunidade de mostrar o que sabe e ser bem aceito em seus locais de convivência, principalmente no trabalho, lugar onde passamos grande parte de nossas vidas, sem sofrer qualquer tipo de discriminação.
 
Por isso é fundamental que você invista, não só em eliminar as barreiras físicas, mas também as barreiras que o preconceito pode levantar entre seus colaboradores, treinando-os e educando-os, para proporcionar-lhes um ambiente de trabalho harmônico e respeitoso, a quem quer que seja.
 

Por que é importante para o cliente?

 
Sentir-se acolhido pela marca que mais gosta é o que todo cliente deseja. Nesse caso, com as pessoas com deficiência não é diferente, pois elas anseiam que as empresas invistam em acessibilidade para deficientes e lhes proporcionem, cada vez mais, uma boa e nova experiência enquanto consumidores.
 
Investir em uma rampa para que aquele cliente de cadeira de rodas possa chegar até você e seus produtos e serviços, vai fazer com que ele sempre se lembre do seu negócio na hora de consumir o que você lhe oferece. Mas, é necessário também se lembrar do respeito, de tratar este consumidor com o apreço que ele merece, mas sem vitimizá-lo ou tratá-lo como coitado, pois eles são o completo oposto disso.
 
Sendo assim, é preciso também treinar seus colaboradores para que respeitem e jamais discriminem qualquer tipo de cliente, seja ele deficiente ou não. Caso contrário, o seu negócio sofrerá consequências que podem ser até mesmo irreversíveis se não for melhorado o atendimento por parte de seus funcionários.
 

Por que é importante para você?

 
Acredito, com convicção, que todos nós, empresários e empreendedores, temos a missão de tornar o mundo um lugar ainda melhor para se viver através do que oferecemos a nossos clientes, internos e externos. Por isso, creio que, quando atingimos este objetivo, nos sentimos mais próximos da realização enquanto seres humanos.
 
Ao proporcionarmos aos nossos colaboradores e clientes com deficiência um ambiente acolhedor, em que eles possam ser eles mesmos, e possam mostrar seus conhecimentos e todo o seu potencial, sem discriminação, preconceito ou julgamentos, estamos, a todo o momento, realizando a missão para a qual fomos designados.
 
Este é um dos principais fatores de se investir em acessibilidade dentro de sua empresa.
 
Não estamos aqui apenas para obter lucros e ganhar dinheiro desenfreadamente. O que todos nós queremos, deficientes ou não, é nos sentirmos aceitos, realizados e plenos, para tornar reais nossos sonhos e objetivos. Neste sentido, é seu dever utilizar o que está em suas mãos, para oferecer a seus colaboradores e clientes com deficiência a melhor experiência que eles podem ter através do seu negócio. Pense nisso e comece agora mesmo a pensar em formas de tornar a sua organização ainda mais inclusiva.
 
Agora responda nos comentários a pergunta que lhe fiz no início do texto – sua empresa está preparada para receber colaboradores e clientes com deficiência? E continue acompanhando os conteúdos enriquecedores que compartilho aqui, em minhas redes sociais e em meu canal no Youtube. Até a próxima!