Balanced Scorecard: balanceamento de indicadores de desempenho

Balanced Scorecard: balanceamento de indicadores de desempenho

Os empresários que desejam ter um planejamento estratégico mais eficiente devem buscar se informar sobre o que é Balanced Scorecard também conhecido pela sigla BSC e cuja tradução livre é Indicadores Balanceados de Desempenho. Trata-se de uma metodologia que utiliza outros indicadores além dos econômicos e financeiros objetivando alcançar a otimização da gestão das companhias.

O que é Balanced Scorecard?

Essa metodologia se baseia na integração e balanceamento de indicadores de desempenho de áreas distintas das companhias desde os administrativos e econômicos até aqueles que se referem à qualidade dos processos internos. Indicadores (objetivos de qualidade) são determinados para diferentes setores da organização para que se conquiste mais eficiência e produtividade.

Para explicar de maneira mais concreta digo que Balanced Scorecard nada mais é do que uma forma de traduzir com tangibilidade a missão e a estratégia de uma empresa por meio de objetivos claramente definidos. Parte da eficácia desse método está no equilíbrio criado entre indicadores externos – que se referem aos acionistas e aos consumidores – e internos que correspondem ao crescimento, inovação e desenvolvimento técnico.

4 Perspectivas da Balanced Scorecard

Para entender melhor o que é esse conceito e como aplicá-lo em seu negócio vou apresentar a seguir as quatro perspectivas centrais.

– Perspectiva financeira

Novos indicadores de desempenho são criados sob essa perspectiva objetivando aumentar a rentabilidade dos investimentos realizados.

– Perspectiva dos clientes

Para determinar os indicadores dessa perspectiva é necessário conhecer o mercado e o nicho específico em que seus produtos/serviços estão inseridos. A análise dos indicadores deve estar focada em reconhecer o valor gerado pela marca para os consumidores. A satisfação dos clientes é um dos indicadores mais relevantes.

– Perspectiva de processos internos

Os indicadores devem focar na identificação de eventuais problemas com os produtos assim como com o atendimento dos clientes visando maior credibilidade da marca. Deve-se observar se a companhia está produzindo tanto quanto tem capacidade, se está entregando os produtos dentro dos prazos, se há taxa elevada de devoluções e ainda identificar o retorno dos investimentos.

– Perspectiva do aprendizado e crescimento

Consiste em desenvolver medidas que contribuam para melhor difusão de informações e conhecimento entre os colaboradores. Quanto mais a equipe consegue trocar em experiências mais a empresa cresce.

Os indicadores utilizados pela metodologia Balanced Scorecard têm principal objetivo realizar um balanço para detectar como está o desempenho da companhia melhorando os seus resultados a longo prazo. Com essa visão estratégica do negócio é mais fácil tomar decisões assertivas para obter mais lucros.

Alinhamento entre objetivos e estratégias

A grande vantagem que a metodologia Balanced Scorecard oferece está no fato de alinhar objetivos e estratégias. Isso faz com que os gestores fiquem mais tranquilos em relação ao entendimento dos diferentes departamentos quanto à estratégia geral da organização. Todo o trabalho se baseia em alcançar resultados comuns a todos os setores.

Dicas de como aplicar o Balanced Scorecard em seu empreendimento

Agora que você já sabe o que é a metodologia Balanced Scorecard e como ela é relevante para o alinhamento dos objetivos estratégicos e indicadores de desempenho vou explicar como aplicá-la em etapas.

1 – Desenho da estratégia e projeção dos resultados

Antes de iniciar a aplicação da Balanced Scorecard é importante que a sua companhia tenha um planejamento estratégico definido. A partir do cenário objetivado nesse planejamento deverão ser definidos os indicadores de desempenho. É necessário dividir os indicadores entre as quatro perspectivas base da metodologia (Finanças, Clientes, Processos Internos e Aprendizado e Crescimento). Faça a projeção dos resultados esperados, mês a mês.

2 – Verifique os resultados na realidade

Devo dizer que é bem provável que as projeções feitas na primeira etapa não se concretizem em sua totalidade no cenário real. Compare os resultados obtidos com as projeções delineadas para os indicadores determinando onde se pode esperar mais e onde reduzir as estimativas. Aprender a planejar com foco na realidade é muito positivo para qualquer negócio.

3 – Trabalhe no mapa estratégico

Com o balanço entre projeção e realidade chega o momento de pensar no mapa estratégico da sua empresa. Basicamente isso significa determinar qual será o conjunto de ações e objetivos que serão elencados para cada departamento. É uma etapa em que você fará um resumo das estratégias que se mostram mais relevantes e como elas estão sendo aplicadas no cotidiano da sua corporação.

4 – Use painéis gráficos

As etapas anteriores serviram para projetar os resultados desejados e fazer a devida comparação com a realidade. Nessa última etapa o objetivo é fazer um apanhado visual da discrepância entre o que se espera daquilo que efetivamente se alcança. Um painel de gráficos é uma forma de ter o impacto visual dessa diferença e também de engajar os colaboradores na busca das metas previamente traçadas.

Gostou de conhecer mais sobre o que é Balanced Scorecard? Deixe seus comentários abaixo e compartilhe em suas redes sociais!

Copyright:502270339 – https://www.shutterstock.com/pt/g/relif