A Gestão de Custos é um processo muito importante para as empresas.

A Gestão de Custos é um processo muito importante para as empresas.

Todo mês parece que as contas da sua empresa não fecham? Saiba que o motivo pode ser uma gestão de custos ineficaz que não consegue estabelecer uma relação equilibrada entre os custos de produção e o valor de venda. É muito comum observar companhias que se perdem do seu potencial caminho de sucesso por falta de controle e administração dos recursos. Será que você está gerindo corretamente os custos do seu negócio?

Assuntos relacionados à gestão de empresas você confere acessando meu canal. Inscreva-se agora!

Qual a Importância da Gestão de Custos?

Para que um negócio seja bem-sucedido é fundamental que o empreendedor tenha uma visão sistêmica global de sua estrutura e esteja a par de questões relevantes do dia a dia como o controle e administração das finanças. A gestão de custos está no topo da lista de prioridades para o sucesso de uma organização, pois erros nesse setor podem gerar grandes prejuízos no futuro.

Ao considerar que da correta avaliação e determinação dos custos se chega a precificação dos produtos da companhia fica clara qual o impacto que falta de gerenciamento pode trazer. Além da margem de lucro poder ser reduzida impedindo que o negócio se desenvolva há também a questão da dificuldade de manter a produtividade com custos que não são cobertos pelas vendas.

Como Saber Se a Gestão de Custos Atual é Eficiente?

O principal sinal de que a gestão de custos da sua organização não é eficiente é não ter dados armazenados em planilhas que possam ser devidamente consultadas ou cruzadas. Porém, mesmo que haja esse registro de números não significa que a companhia é necessariamente eficiente. Não adianta ter dados que não podem ser convertidos em informação, isto é, números que ajudem a dar respostas para questões da empresa.

Faça um teste simples, busque a resposta para a seguinte questão: “Qual foi a variação de custos dos últimos 6 meses?”. Se não for possível chegar a essa resposta com facilidade ou simplesmente não existirem dados para interpretar tenha certeza que sua gestão financeira está um caos. Mas, fique calmo que é possível colocar esse gerenciamento nos trilhos novamente.

Dicas Para uma Correta Gestão de Custos

Para quem se sente perdido no que diz respeito a correta gestão de custos listei algumas dicas imprescindíveis abaixo.

1 – Custos fixos e variáveis

Um dos principais erros que são cometidos por administradores que não tem experiência de mercado é o de não compreender que os custos devem ser separados em duas categorias: fixos e variáveis. Basicamente os chamados custos fixos são aquelas que fazem parte da rotina da organização como pagamento do aluguel, conta de luz, conta de água, fornecedores, salários dos funcionários entre outros.

Já a categoria dos custos variáveis se refere ao que é gasto na produção ou comercialização dos seus bens ou serviços. Como exemplo cito o pagamento de comissão para vendedores e impostos que incidem sobre a mercadoria. Tire um tempo para listar todos os custos que a sua companhia têm e determinar quais pertencem a cada grupo.

Em seguida, faça uma nova lista com destaque para os custos que podem ser reduzidos (como negociação com novos fornecedores, por exemplo) e aqueles que podem ser simplesmente cortados. Tenho certeza que você irá se surpreender com os custos desnecessários que tem mantido em sua folha de pagamentos.

2 – Otimização

Hoje em dia não faz mais sentido pensar em qualquer tipo de gestão sem o auxílio de ferramentas de otimização. Há uma série de softwares que além de armazenar dados com eficiência ainda permitem fazer o cruzamento dos mesmos com apenas alguns cliques. Faça uma pesquisa e encontre um sistema que seja compatível com as necessidades do seu negócio e que seja fácil de ser usado no dia a dia pelos seus funcionários.

3 – Defina metas

Um dos principais benefícios que a gestão de custos assertiva oferece é a definição de metas de curto, médio e longo prazo. Sendo assim pode também ser usado como um mecanismo para colocar ordem na sua administração de dados. Com a observação do panorama completo das finanças da sua organização é possível fazer projeções para daqui alguns meses, alguns anos e até uma ou duas décadas. Seguir os planos rascunhados para atingir esses objetivos permitirá manter a disciplina necessária para se manter nos eixos de uma gestão de pulso firme.

4 – Lista de possíveis investimentos

A prova de que a gestão de custos está sendo realizada com sucesso é a possibilidade de listar investimentos que terão bom retorno a longo prazo. Ao cortar gastos desnecessários o empresário passa a contar com mais capital disponível para investir na estrutura do negócio. Contudo, esses investimentos devem ser feitos com cautela observando as condições do mercado assim como as chances de sucesso.

Você acha que a sua empresa tem feito uma boa gestão de custos? Se a resposta foi não, espero ter contribuído com dicas pertinentes para o bom desenvolvimento do seu negócio.

Saiba mais sobre gestão de custos de uma empresa e vantagens. Inscreva-se no meu canal.