Amplie suas vendas com o Neuromarketing

Amplie suas vendas com o Neuromarketing

Todos nós sabemos que para obter ainda mais sucesso no mercado em que atuamos, precisamos, quase que obrigatoriamente, investir em marketing, para entendermos nosso público-alvo, nossos concorrentes e a agirmos com precisão para alcançarmos os objetivos e resultados que desejamos. Neste sentido, existem diversas vertentes desta área que nos ajudam a divulgar com assertividade nossa marca, bem como os produtos e serviços oferecidos por nossas empresas.
 
É o caso do neuromarketing, que trata-se de uma nova forma de influenciar os consumidores e, assim, fazer com que as empresas aumentem suas perspectivas de vendas e resultados gradativamente. Afinal, o marketing foi criado justamente para auxiliar empresários e empreendedores a entregar, de forma muito mais assertiva, exatamente o que o público-alvo de suas empresas deseja, utilizando, para isso, mecanismos eficientes de persuasão ao longo de processo de compra.
 
Acompanhe-me nesta leitura e veja de que forma o neuromarketing pode ajudar você a encontrar o caminho certo para atingir seus objetivos de vendas.
 

Conhecendo o neuromarketing

 
Atrair e gerar lealdade por parte do consumidor é uma das tarefas mais árduas pela qual um empresário e empreendedor, junto de sua equipe, pode passar ao longo de sua trajetória. Na minha empresa, eu participo de incontáveis reuniões com o meu departamento de marketing, para elaborarmos, constantemente, estratégias que nos ajudem a manter os clientes que já temos e conquistar aqueles que ainda não conhecem nossas soluções.
 
Surgem muitos insights e, por meio deles, conseguimos alcançar nossos objetivos e obter bons resultados no final das contas. Mas para que isso aconteça, existe algo que nos ajuda bastante, que é o neuromarketing, que nada mais é do que a união entre a neurociência e o marketing, coma finalidade de compreender melhor o processo de compra de nossos possíveis clientes.
 
Explicando melhor, trata-se da utilização das técnicas da neurociência como artifícios para entender de que maneira o consumidor age e como eu posso me comunicar assertivamente com ele, para que ele conheça, se interesse e adquira o produto ou serviço que a minha empresa oferece no mercado. Assim, eu consigo impactar o meu consumidor, influenciando o seu processo de tomada de decisão de compra e, por fim, atingir os meus objetivos de vendas.
 

Como funciona na prática?

 
O neuromarketing funciona por meio da análise do comportamento do consumidor perante propagandas, anúncios publicitários, gôndolas de supermercado, comerciais e assim por diante, com o objetivo de entender seus sentimentos, bem como suas reações e, assim, entregar soluções com muito mais assertividade e segurança a ele.
 
É por meio de pesquisas, conduzidas por profissionais da área de marketing e da neurociência, que consegue-se entender de que forma este consumidor age, quais são seus impulsos e motivações na hora da compra. Assim, são escolhidos alguns voluntários, que são estimulados de diversas formas, ficando, principalmente, diante dos produtos e serviços, para que se possa analisar suas reações visuais, emocionais, físicas e psicológicas ao longo deste processo.
 
Com os resultados em mãos, é possível encontrar e elaborar estratégias extremamente assertivas, no sentido de oferecer a solução que o consumidor precisa para atender às suas necessidades, bem como para transformar a realidade em que vive.
 

Em que contextos pode ser aplicado?

 
“Como vender mais?” Esta é uma questão que vive rondando a mente de muitos empresários e empreendedores. Acontece com você, comigo e com qualquer dono de empresa, que seja apaixonado por resultados e vendas, como eu sou. Por isso, é essencial entender de que forma o neuromarketing pode ser aplicado no seu contexto organizacional, para que você possa fazer um investimento com muito mais assertividade. Confira:
 

Branding

 
Se você deseja posicionar a sua marca de forma diferenciada na mente de seu consumidor, por meio de técnicas assertivas, o neuromarketing pode te ajudar com isso, seja para a marca da sua empresa ou de determinado produto ou serviço que você deseje dar maior destaque no seu negócio.
 

Produtos e serviços

 
Para ter assertividade na hora de lançar um novo produto ou serviço no mercado, é necessário entender qual será a resposta do consumidor a eles. Assim, o neuromarketing auxilia neste processo, analisando as reações das pessoas a estas novas ideias, conceitos, embalagens, design e tudo mais o que tenha a ver com estes lançamentos, para entender de que forma impactá-las e obter os resultados desejados.
 

Publicidade e propaganda

 
O que faz um anúncio ser mais eficaz e impactante do que outro? A partir das técnicas de neuromarketing é possível mensurar e entender o que faz com que o consumidor tenha preferência e se sinta mais tocado por um tipo de anúncio e não por outro. Dessa forma, a possibilidade de chegar até o público-alvo, oferecendo-lhe exatamente o que ele deseja, é muito maior.
 

Experiências no universo online

 
Atualmente, temos sido altamente influenciados pelas nossas experiências no universo online. Diante disso, as técnicas de neuromarketing buscam entender como o nosso cérebro reage a tais experiências na web e como as marcas podem aproveitar esta oportunidade para também influenciarem seus consumidores em seu processo de comprar.
 

Tomada de decisão

 
Aqui o neuromarketing mostra quais são os fatores que influenciam o consumidor em seu processo de tomada de decisão, principalmente nas lojas físicas. Com isso, entendendo melhor o comportamento de compra do cliente, é possível influenciá-lo e impactá-lo de maneira ainda mais assertiva.
 
Os benefícios que a ciência aliada ao marketing oferecem às empresas, para se posicionarem melhor no mercado, aprimorarem suas técnicas de vendas e assim por diante, são incontáveis. Esta é uma tendência, que tem ganhado cada vez mais espaço entre empresários e empreendedores em todo o mundo. Após esta leitura, tenho certeza que você também vai analisar e investir em neuromarketing, para potencializar os resultados organizacionais.
 
Você já tinha ouvido falar em neuromarketing? Deixe o seu comentário e lembre-se de compartilhar este conteúdo com seus amigos em suas redes sociais.