Capital de Terceiros - Gestão Positiva

Capital de Terceiros - Gestão Positiva

O capital de terceiros é para muitos negócios a base para o seu crescimento no mercado. No entanto, mesmo que pareça essencial aderir a essa opção de injeção de capital é natural que alguns empreendedores se sintam intimidados pela possibilidade de gerir capital proveniente de terceiros. Saber como fazer uma gestão assertiva é o que faz toda a diferença para que a empresa prospere em seu segmento a médio e longo prazo.

Capital de terceiros: 5 Dicas de como fazer uma gestão positiva

Boa parte dos negócios chega a um momento no mercado em que demanda uma injeção de investimento financeiro e nem sempre os empreendedores têm capital próprio para alavancar suas ideias. A possibilidade de aderir ao capital de terceiros passa a ser aventada como uma maneira de potencializar o empreendimento. A seguir listei 5 dicas de como realizar uma gestão assertiva desse capital.

1 – Avalie a situação atual da companhia

A gestão saudável de recursos provenientes de terceiros tem início antes mesmo de recorrer a esse capital, ou seja, fazendo uma avaliação criteriosa da situação em que sua empresa se encontra para determinar se é ou não válido utilizar essa solução. O primeiro ponto a ser observado é a quantidade de clientes fixos que o seu negócio possui, pois isso se reflete na capacidade de estabilização financeira do empreendimento a médio e longo prazo.

Observe ainda as possibilidades de projeção de crescimento da sua empresa no mercado para saber se ela poderá arcar com o compromisso assumido com terceiros. Mantenha o planejamento estratégico, em especial o financeiro, atualizado, pois muitos investidores solicitam conhecer a situação da companhia antes de disponibilizar recursos. É importante estar preparado para o momento de solicitação de recursos de terceiros.

2 – Conte com auxílio profissional

Um dos principais erros que os empreendedores de primeira viagem podem cometer é não contratar profissionais especializados para áreas chave do negócio como finanças e marketing. Nos primeiros anos da companhia até pode ser que o gestor consiga manter o controle sobre as finanças, se tiver conhecimentos para tal, no entanto, no decorrer do tempo e com o crescimento do potencial do negócio é crucial procurar por pessoas especializadas e capacitadas.

A partir do momento que será utilizado capital de terceiros para dar sequência aos projetos da companhia é importante ter um controle mais efetivo e demonstrativos que permitam aos investidores identificar como seu aporte está sendo manejado. Vale ressaltar que o controle financeiro também é relevante para manter as obrigações fiscais em dia.

3 – Invista na modernização do empreendimento

Muitos empresários buscam capital de terceiros para a sua empresa quando percebem que é premente modernizarem as estruturas da mesma. A aquisição de um novo e mais moderno maquinário pode fazer a diferença assim como mudar para uma sede maior, por exemplo. Quando os estudos da situação atual demonstram que a companhia tem possibilidades de crescimento no mercado, mas não tem recursos suficientes pode se mostrar bem interessante apostar nesse tipo de investimento.

Contudo, é muito importante ter o cuidado de analisar se esse crescimento será sustentável não comprometendo o seu negócio com o investimento de terceiros sem ter chances reais de repô-los. Não adianta querer produzir mais num mercado que já se encontra saturado, por exemplo.

4 – Invista em marketing para seu empreendimento

Para que o aporte financeiro realizado por terceiros em sua companhia seja melhor aproveitado é importante posicionar bem seus produtos/serviços no mercado. Não adianta nada realizar um grande investimento em pesquisa e modernização do negócio se o público consumidor não ficar sabendo disso, não é mesmo?

O capital injetado na empresa pode ser direcionado para campanhas de marketing criadas pelo departamento interno ou até mesmo para a contratação de uma terceirizada especializada nesse setor. Aumentar o alcance da sua marca no seu segmento é crucial para essa fase com investimentos de terceiros, aproveite para investir no aumento da sua clientela.

5 – Expansão da empresa

Chegou um momento em que se a sua companhia não crescer ela acabará sendo engolida pelas concorrentes? Para alguns negócios há uma fase em que é necessário fazer apostas mais arriscadas para conseguir conquistar uma fatia mais ampla do segmento de atuação. Nesses casos pode ser interessante contar com aportes de capital de terceiros levando em conta as dicas que dei acima como fazer um estudo das finanças e das possibilidades de pagar os investimentos de forma salutar.

Estando tudo certo com a sua organização no que diz respeito a estabilidade financeira é possível procurar por empréstimos e investimentos para abrir filiais ou então para ampliar a estrutura que já existe com o aumento da área de produção, por exemplo. Observe como os concorrentes estão agindo para que possa então encontrar a melhor forma de investir esse capital.

Gostou dessas dicas de como utilizar capital de terceiros no seu empreendimento? Compartilhe em suas redes sociais! 

Copyright:531897244 – https://www.shutterstock.com/pt/g/onchira+wongsiri