Saiba como definir um Mix de Produtos

Saiba como definir um Mix de Produtos

No setor de varejo é crucial definir o mix de produtos com assertividade para estabelecer vínculos com seu público-alvo e garantir que irá suprir da melhor forma possível as suas necessidades. Os consumidores se tornam mais passíveis de fidelização quando sentem que estão sendo atendidos de uma maneira mais total e completa. Saber como determinar quais serão os itens a serem comercializados é muito relevante.

7 Dicas para definir mix de produtos assertivo para o público

Se você acredita que um bom mix de produtos é aquele que possui maior quantidade de itens diferentes deve ficar atento para o fato de que há outras variáveis envolvidas que permitem chegar ao coração dos consumidores.

O portfólio de produtos do seu empreendimento deve levar em consideração as principais demandas do consumidor e não somente a ideia de cercá-lo de diversidade. A seguir vou apresentar 7 dicas de como escolher o mix de produtos com assertividade.

1 – Saiba o que é mix de produtos

O primeiro ponto relevante é entender o conceito de mix de produtos que nada mais é do que o catálogo de itens que são comercializados por uma empresa. O objetivo é contar com uma variedade que permita atender as demandas de perfis distintos de clientes de maneira a assumir uma faixa mais significativa do mercado. Esses produtos precisam estar alinhados com os desejos e necessidades de quem compra no seu empreendimento.

2 – Tenha um bom conhecimento do seu cliente

Para saber o que fará sentido para o seu cliente é essencial saber quem é ele determinando o seu perfil a partir dos seus gostos pessoais e do que costuma comprar. Algumas perguntas te ajudarão a chegar a respostas mais satisfatórias como:

– Do que o meu cliente precisa?

– Quais são os formatos, cores e design de produtos que devo disponibilizar para meus clientes?

– Meus clientes desejam ter acesso a produtos exclusivos?

– Os preços dos itens estão alinhados com o perfil financeiro do meu público?

Com essas respostas é mais fácil entender o que o cliente da sua empresa deseja de maneira a tornar sua loja um ambiente mais convidativo. Fique de olho nos dados de vendas para o cliente final para saber quais são as marcas e variedades que estão fazendo mais sucesso.

3 – Faça testes com novos produtos

Para os empresários que estão pensando em reforçar o seu mix de produtos com novidades, mas ainda não tem certeza quanto à efetividade dessa estratégia indico a realização de um período de testes. É importante destacar que esse período deve ser de pelo menos três meses para que seja possível tirar conclusões mais embasadas sobre os resultados.

Adquira uma quantidade relativamente baixa desses itens para que possa verificar se eles terão aceitação do seu público. Mesmo quando se tem uma relativa certeza a respeito do potencial de sucesso de alguns produtos se mostra válido fazer essa conferência na prática.

4 – Use estratégias de sugestão de produtos

Uma forma de fazer com que seus clientes comprem mais itens é usar a estratégia de sugestão de produtos semelhantes. Para que fique mais claro vou dar um exemplo prático, vamos supor que 20% dos consumidores de uma loja de produtos de maquiagem ao comprar a base X também levam o pincel Y que se adequa perfeitamente à textura do primeiro na aplicação.

O restante dos consumidores pode se beneficiar também dessa combinação, porém, ainda não sabe disso. A loja pode realizar uma campanha de incentivo da compra conjunta de ambos reforçando a relevância do seu mix de produtos. Além disso, por meio dessas campanhas é possível identificar novas combinações interessantes de produtos.

5 – Acompanhe as novidades do mercado

Vivemos num momento em que o imediatismo impera de maneira que todo mundo deseja ter em mãos as principais novidades do mercado o mais rapidamente quanto possível. Para posicionar a sua marca de maneira mais competitiva é interessante ficar atento a essas novidades oferecendo-as para os consumidores assim que possível, não ignore o potencial das principais tendências de mercado.

6 – Mix de produtos da concorrência

No momento de formação do mix de produtos da sua organização é interessante conhecer o que os seus concorrentes mais diretos estão oferecendo. Observe que não se trata de se limitar a copiar o que a concorrência está vendendo, mas sim criar um mix que seja mais relevante para atender ao público que está comprando nessas empresas. O portfólio da sua marca deve ser mais amplo e interessante para chamar atenção dos potenciais consumidores.

7 – Tenha atenção a sazonalidade

Em alguns momentos do ano um determinado tipo de produto se torna mais ou menos procurado pelo público. Estabeleça um cronograma de vendas que leve em consideração as estações do ano para caso de sazonalidades ligadas ao clima e também que tenha destaque para as principais datas comemorativas que demandam a compra de presentes como dia das mães, dia dos namorados, dia dos pais, natal entre outros. Reforce o mix de produtos para cada ocasião.

Gostou dessas dicas de como definir o mix de produtos da sua empresa? Compartilhe em suas redes sociais! 

Copyright:1052755574 – https://www.shutterstock.com/pt/g/trueffelpix