Big Data: saiba como utilizá-lo em sua empresa

Big Data: saiba como utilizá-lo em sua empresa

O conceito de Big Data, oriundo do setor de tecnologia da informação, tem se mostrado um dos mais assertivos para a tomada de decisões inteligentes na rotina de empresas de todos os tamanhos. Contudo, mesmo com o reconhecimento de sua efetividade por meio de inúmeros casos bem-sucedidos, ainda são poucas as companhias que empregam a análise de dados no seu processo de tomada de decisão.
 

O que é Big Data?

 
Basicamente, o conceito de Big Data se refere a um conjunto de dados que, quando reunidos e avaliados, contribuem para um direcionamento mais assertivo na tomada de decisão em diferentes projetos. É importante deixar claro que a quantidade das informações não é o mais relevante e sim o uso que se faz delas. Com esses dados, estruturados e não-estruturados, é possível chegar a soluções mais positivas para o futuro da empresa.
 

Os 5 V’s do Big Data

 
Para que o conceito de Big Data se torne mais fácil de compreender, foram estabelecidos os chamados 5V’s, que são características que visam selecionar com mais efetividade os dados levados em consideração para a tomada de decisão.
 
Volume: Refere-se à quantidade de dados que será usada para chegar às soluções.
 
Veracidade: É essencial que todos os dados utilizados no Big Data tenham sua confiança assegurada.
 
Variedade: Os dados podem ser provenientes de fontes estruturadas, como documentos, por exemplo, ou então de fontes não-estruturadas, como imagens ou vídeos.
 
Velocidade: O tempo necessário para que o dado seja convertido numa informação relevante. Com a difusão da internet, em muitos casos, é necessário que isso aconteça em tempo real.
 
Valor: O trabalho necessário para usar o Big Data para a tomada de decisão gera custo para a empresa e, por isso, é essencial que haja retorno financeiro.
 

Como o Big Data Pode Ser Usado no Processo de Tomada de Decisão

 
Agora que você sabe o que é Big Data deve estar pensando de que maneira o sistema de análise de dados pode ser usado assertivamente para a tomada de decisão dentro da sua empresa. Se analisarmos como boa parte das empresas trabalha em seu dia a dia, perceberemos que muitas delas já possuem uma grande quantidade de dados que não recebe a atenção que deveria.
 
Em geral, as empresas dedicam parte do tempo do departamento de marketing para analisar a concorrência, tendo assim dados a respeito de seus lançamentos, principais acertos e erros, etc. Também é natural que as organizações mantenham dados dos seus consumidores para eventuais campanhas de marketing, da mesma forma como o setor de Recursos Humanos faz a gestão do capital humano.
 
A empresa tem acesso a todos esses dados, porém, geralmente eles não são cruzados como deveriam para gerar soluções inteligentes. Os dados acabam perdidos em planilhas de diferentes setores da companhia, sem que se estabeleça a relação que pode existir entre eles. Nesse ponto, o Big Data entra para tornar mais funcional o uso de tais dados, assim como demonstrar a necessidade de fazer a coleta de novos dados.
 

Dados Convertidos em Informações

 
Quando uma empresa precisa tomar uma decisão relevante para o seu futuro, como o seu reposicionamento no mercado ou mesmo o desenvolvimento de um novo produto, deve contar com as melhores informações possíveis. O processo do Big Data consiste em reunir dados (estruturados e não-estruturados) para chegar às respostas para diferentes cenários.
 
O cruzamento dos dados e sua posterior conversão em informações, não pode ficar somente a cargo de algoritmos. O ser humano ainda é o mecanismo mais eficiente para fazer essa tradução, pois somente a mente humana compreende certos tipos de relações. Podemos citar como um exemplo claro de como o ser humano é essencial nesse processo de filtro dos dados e geração de informações através do exemplo do Facebook.
 
Acreditando que a equipe não era necessária para fazer a análise dos dados do Big Data, a principal rede social do mundo deixou que somente as máquinas organizassem os trendings durante um dia. O resultado disso foi que as principais notícias em destaque eram falsas ou com manchetes bizarras, porque a máquina não tem o critério humano para selecionar e interpretar as informações. Os dados são uma referência para que o capital humano da empresa possa tomar decisões mais assertivas.
 

Projeções

 
Os dados do Big Data devem oferecer para os líderes dos setores da empresa informações que permitam fazer projeções em diferentes esferas, identificando oportunidades e desafios que estariam camuflados a longo prazo. Com essas projeções é possível direcionar a empresa para um caminho mais sólido e menos tortuoso. A tomada de decisão pode ser muito mais simples e segura quando se sabe o que estará lá na frente.
 
O que você achou da aplicação do conceito de Big Data na tomada de decisão das empresas? Deixe seu comentário!