Saiba mais sobre a Geração millennials

Saiba mais sobre a Geração millennials

O mundo dos negócios vem passando por intensas mudanças devido a chegada da geração millennials a posições de liderança tanto em empresas já existentes como em novos empreendimentos nascido sob seus moldes. Essa é a geração dos jovens nascidos entre os anos 1980 e o começo dos anos 2000 e que está se inserindo no mercado com suas próprias crenças e senso de oportunidade.

Geração millennials: Quem são eles e quais são suas ideias?

O principal ponto que gera mudança pela inserção dos millennials no mundo corporativo diz respeito ao fato de que eles têm crenças bem delineadas sobre o que querem e o que não querem de suas atividades profissionais. Para se ter uma ideia há cerca de 1,8 bilhão de jovens millennials no mundo atualmente, um número significativo para fazer com que suas escolhas sejam respeitadas.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Economist Intelligence Unit (EIU) em torno de 56% desses jovens não pretendem trabalhar em organizações que tenham valores discrepantes dos seus. Além disso, para cerca de 87% de millennials, distribuídos em 29 países, o sucesso de uma companhia não é medido somente pelo seu sucesso financeiro. Essa geração compreende que o impacto social deve ser entendido como o ponto chave para a tomada de decisões relevantes quanto ao futuro do negócio.

Os 4 impactos da chegada da geração millennials ao mundo dos negócios

Já ficou claro que para os millennials é essencial que seu trabalho esteja em confluência com as suas crenças e com o pensamento nos demais. A seguir vou explicar com mais detalhes os principais reflexos da chegada dessa geração ao universo dos negócios.

1 – Liderança aberta ao diálogo

Esse é o momento em que os jovens dessa geração começam a ascender a cargos de liderança, faço o adendo de que o novo contexto contribuiu para uma aceleração no ritmo corporativo. Como esses indivíduos cresceram num ambiente social, de maneira geral, mais liberto, têm a tendência de levar isso para a sua liderança também. Um dos principais objetivos desses jovens líderes é estabelecer um estilo de liderança diferente dos líderes da geração anterior.

O diálogo é a pedra fundamental do estilo de liderança millennials, se deixará de lado a apreensão de eventuais roubos de ideias para promover o compartilhamento de conhecimento. A mudança cultural é inevitável, a partir do momento que mais negócios estiverem sob o comando de millennials perceberemos ações mais pontuais no sentido de uma busca por uma justificativa social.

2 – Difusão dos negócios sociais

Os millennials contribuem para o aumento do alcance dos chamados negócios sociais. Para quem não conhece se trata de empreendimentos que buscam ser financeiramente sustentáveis realizando constantes reinvestimentos de lucros na própria atividade.

Geralmente essas empresas visam resolver questões que geram problemáticas para o âmbito social ou ambiental. Há um sentimento de que se deve oferecer algo para o mundo como uma retribuição pela possibilidade de construir uma corporação bem-sucedida.

3 – O momento de fazer o bem é agora

Outra mudança interessante que os millennials proporcionaram para o universo corporativo diz respeito a ideia de que não é necessário esperar até se aposentar para fazer algo de bom para a comunidade em que estão inserido ou para a sociedade em geral.

Muitas empresas, inclusive aquelas com rendimentos na casa dos milhões de dólares, têm dedicado parte do tempo do seu capital humano e dos seus recursos financeiros para fazer o bem agora. Há também a certeza de que o momento de ser feliz é esse sem deixar que o trabalho se torne um fardo pesado demais para carregar.

Também se mudou a percepção de que a filantropia se baseia apenas na doação financeira, atualmente, é recorrente observar que as organizações oferecem soluções. Companhias cuja cultura empresarial tenha foco na realização do bem geral costumam atrair os principais talentos da geração millennials, é um ciclo de busca por uma atividade profissional que ofereça uma recompensa mais relevante que dinheiro.

4 – Digitalização dos processos

Os millennials viveram o nascimento e a difusão das tecnologias como a internet, essa geração é o elo entre o período em que não havia esses recursos e a era pós-implantação. Isso faz com que esses jovens se tornem especialmente interessantes para o mercado corporativo haja vista que sabem o quanto é importante ter uma base fora do digital, mas sem deixar de aproveitar as suas facilidades.

O comportamento dessa geração em seu dia a dia, como a pesquisa constante para tomar as melhores decisões, a torna extremamente assertiva para comandar projetos e equipes. O relacionamento com as tecnologias e o entendimento de que elas devem ser auxiliares sem perder a riqueza dos recursos analógicos gera uma capacidade de trabalho mais analítica e preocupada em acertar.

Gostou de saber mais sobre o impacto que a geração millennials têm no mundo dos negócios? Você faz parte dessa geração? Deixe seus comentários abaixo!

 

Copyright: 1016244052 –  https://www.shutterstock.com/pt/g/fizkes