Influenciando colaboradores com o Intraempreendedorismo

Influenciando colaboradores com o Intraempreendedorismo

O mundo do empreendedorismo tem muitas facetas e algumas delas podem se encontrar onde menos se espera. Ter uma ideia, querer que ela se torne realidade e empreender, de fato, pode ser algo muito mais simples quando é num ambiente colaborativo. Por isso, aprenda o que é o intraempreendedorismo e, como isso pode ajudar a sua empresa a decolar ainda mais alto no universo dos negócios.
 

Intraempreendedorismo? O que é isso?

 
Para dar o significado do que esse nome tem para nos dizer, é importante esclarecer que “intra” corresponde a algo interno e empreendedorismo é o que todos nós empreendedores fazemos ao transformar em negócio uma ideia, inovar, mudar o mundo e também lucrar a partir dela. Ou seja, a prática do intraempreendedorismo prega que é possível empreender dentro de uma empresa já existente. Mas como?
 
Quando uma empresa valoriza seus colaboradores e está atenta ao que eles gostam e sabem fazer, o empreendedor se conecta com esse profissional e consegue identificar potenciais ideias para novos projetos. Essa é uma forma de desenvolver um pensamento empreendedor sistêmico, engajar a equipe e fazer parcerias que começam dentro da própria organização e que podem se expandir para outros aspectos.
 

Quem é o intraempreendedor?

 
Esse tipo de profissional é um tipo de funcionário que se destaca na empresa e em relação aos demais por causa da sua atitude proativa, inovadora, criativa e colaborativa no ambiente de trabalho. Geralmente é uma pessoa que é muito produtiva, que tem uma forma de se comunicar muito clara e que apresenta um pensamento bem elaborado.
 
O intraempreendedor é identificado nos momentos em que é preciso sair da caixa e apresentar alguma ideia que teve aos seus superiores para solucionar determinado problema ou mesmo propor uma inovação no negócio. Por isso, é muito importante sempre estimular seus colaboradores a conversarem com seus gestores para que se sintam seguros em expor suas ideias e para que esse tipo de oportunidade apareça com mais frequência.
 
Uma empresa que valoriza o trabalho e a proatividade de seus funcionários ganha a confiança deles e, consequentemente, rende parcerias muito valiosas que podem ir além da organização. Se você encontrar um colaborador que tenha muita paixão pelo seu trabalho, que consegue dar conta de mais de uma tarefa, que é dedicado ou que pensa sempre a frente, não perca ele por nada! Aí pode estar à mente que vai te ajudar a criar um próximo grande produto ou a resolver um problema durante uma crise.
 
O empreendedor, nesse caso, deve agir como um mentor desse profissional e tê-lo como um parceiro de verdade na criação de novas oportunidades de negócio. Esta valorização é importante, representa tratá-lo como o talento que é como alguém que pode prestar um serviço muito bom e que está ali para crescer junto da empresa; são responsabilidades do seu líder.
 

Como desenvolver intraempreendedores dentro da sua empresa?

 
O desenvolvimento destes profissionais depende muito mais do que apenas de sua personalidade empreendedora. Para que o intraempreendedorismo funciona, seus colaboradores precisam é de espaço para mostrar suas ideias, potencial e apoio no para explorar novas oportunidades. Por isso, essas são algumas dicas de como incentivar que esse tipo de colaboradores se desenvolva dentro da sua empresa:
 
● Aplicar uma política de portas abertas na organização abre espaço e confiança para que os colaboradores possam conversar mais com seus gestores;
 
● O empreendedor não pode de forma alguma desdenhar ideias que vieram de forma espontânea de seus funcionários. Mais fácil dizer que “vou analisar com calma e verificar a possibilidade de implementar sua ideia” do que já soltar um “não quero saber sobre isso” na cara de quem está ali para ajudar a fazer o seu negócio crescer;
 
● Um ambiente respeitoso, justo e que preza por valores de boa conduta motiva os colaboradores a crescerem nesse espaço, já que sabem que serão recompensados pelo bom trabalho e corrigidos quando algo der errado;
 
● Um clima organizacional saudável é a grande chave para que seus funcionários se sintam seguros, estimulados e felizes com o que fazem. Por isso, deve haver ações no sentido de gerar muita integração de equipe e reconhecimento de seu trabalho;
 
● Faça de forma bimestral uma pesquisa perguntando sobre a qualidade de vida dentro da sua empresa. Talvez você nem note que existam problemas bem graves acontecendo e que podem impedir o total desenvolvimento dos profissionais nesse ambiente;
 
● Tenha alguns “capitães” de time sendo seus olhos e ouvidos em cada um dos setores e confie neles à tarefa de disseminarem a energia que a empresa deve ter;
 
● Crie um canal de fácil acesso para todos os colaboradores darem opiniões talvez até anônimas, e onde possam se expressar livremente.
 
Com essa premissa, você aprendeu como deve prestar muita atenção ao que acontece dentro da sua empresa para empreender internamente também e estimular este comportamento em seus funcionários também. Essa é uma forma muito interessante de estipular metas, desenvolver novos produtos e de estimular e conhecer melhor as ideias de profissionais. Neste caminho empreendedor você deve ser a referência e guiar sua equipe, pois é compartilhando sua visão de negócios, que juntos com seus colaboradores, você pode criar e aproveitar grandes oportunidades de crescimento. Portanto, invista no intraempreendedorismo e colha resultados acima de média.
 
Gostou do artigo? Curte, comente e compartilhe em suas redes sociais!