Você sabe o que define uma empresa Startup?

Você sabe o que define uma empresa Startup?

Você acha que todas as empresas que estão começando hoje são startups? Já parou para pensar sobre isso? Tem vontade de ter uma para chamar de sua e começar do zero o seu próprio negócio? Tenho certeza que com o boom deste novo tipo de empreendimento, que surgiu na década de 1980, tem ganhando cada vez mais adeptos e feito sucesso em muitos lugares ao redor do mundo, o seu espírito empreendedor se sentiu instigado a investir nesta nova possibilidade.
 
Mas saiba que antes de investir é preciso conhecer mais sobre este conceito e saber o que é uma startup, pois existem características fundamentais que diferenciam este tipo de empresa das demais. Após ter o conhecimento necessário sobre o assunto, acredito que você já estará apto a analisar o cenário em que se encontra o produto ou serviço que tem a oferecer aos seus clientes e, assim começar a elaborar as estratégias para tirar o sonho do próprio negócio do papel.
 

O que é uma Startup?

 
Trata-se de um tipo de negócio que ainda não tem um modelo bem definido e que tem como principal característica a inovação, pois precisa se reinventar a todo o momento para se manter sustentável por um longo período. Isso porque uma startup é uma empresa nova, mas de alto risco, já que está constantemente tentando oferecer a seus clientes, algo que seja viável, repetível e escalável, que são os pontos principais que as diferenciam das empresas que já conhecemos.
 
Muitas delas, por não conseguirem atingir este alto padrão, acabam tendo de fechar as portas antes do previsto. Algumas até conseguem ter um crescimento extremamente acelerado, mas por enfrentarem dificuldades na hora de se reinventar, acabam não encontrando mecanismos para se manter por muito tempo.
 

Principais características

 
Como dito anteriormente, as principais características que diferenciam as startups dos demais modelos de negócios existentes, são basicamente a sua capacidade de ser viável, repetível e escalável. Vou explicar estes conceitos para que você entenda de tenha familiaridade com eles.
 

Viável

 
Uma empresa startup tem como um de seus primeiros pontos a necessidade de se mostrar viável, ou seja, diferentemente de outras organizações que já tem seus modelos de negócio bem definidos, como um restaurante, uma indústria, uma loja de roupas, entre outros exemplos, a startup é um tipo de negócio incerto, pois muitas vezes trata-se de algo que nunca foi feito anteriormente, que não tem um manual a ser seguido, o que gera certo risco para quem deseja investir em empreendimentos como estes.
 

Repetível

 
A segunda característica tem a ver com a capacidade de oferecer o mesmo produto, repetidas vezes aos clientes, sem necessidade de personalizá-lo ou adaptá-lo conforme a demanda do consumidor da empresa. Além disso, é preciso também que esta oferta ocorra de maneira ilimitada, sem o risco de acabar e deixar as pessoas sem o serviço oferecido.
 

Escalável

 
E finalmente, a última característica de uma startup envolve a sua capacidade de crescer rapidamente e conseguir entregar um produto ou serviço em grande escala, ou seja, para uma grande quantidade de consumidores, seja no lugar onde está localizada ou em outro continente.
 

Exemplos de Startups e o que oferecem

 
Para não sobrar dúvidas de que nem toda empresa é uma startup, vou te dar alguns exemplos que vão esclarecer definitivamente ou que e o que não é startup. Veja:
 

Facebook

 
Uma das maiores redes sociais do mundo, fundada por Mark Zuckerberg, em 2004, oferece a seus usuários a possibilidade de se conectarem com pessoas do mundo inteiro e tem como diferencial a capacidade de também aproximar empresas de seu público-alvo. Hoje o Facebook gera receita através da publicidade que muitas organizações fazem, de seus produtos e serviços para as pessoas que estão conectadas à rede.
 

Google

 
Trata-se de uma empresa de tecnologia, que utiliza a internet para oferecer a seus usuários diversos produtos. Assim como o Facebook, a Google tem a maior parte de seu lucro advindo de publicidade, realizada por meio do Adwords, que um é serviço de anúncios que cobra por cada clique sobre os links espalhados nos sites que o usuário está visitando.
 

Airbnb

 
Um grande exemplo de economia compartilhada, o Airbnb oferece a seus usuários a possibilidade de alugarem suas residências, ou parte delas, de forma segura, a outras pessoas que não estejam interessadas em se hospedarem em hotéis, por exemplo.
 

Uber

 
O Uber é um serviço de transporte que caiu nas graças de seus usuários logo que foi lançado. Isso porque o cliente pode solicitar, através de um aplicativo instalado no celular, um carro, guiado por um motorista cadastrado na plataforma, para levá-lo onde desejar. O grande diferencial desta startup é a possibilidade do cliente poder visualizar o valor que irá pagar, que geralmente é mais em conta do que os táxis, antes mesmo de pedir pelo veículo no aplicativo.
 
Percebe-se que a maioria das empresas que citei envolve tecnologia, no entanto, nem toda startup precisa ser exatamente deste segmento para ter sucesso e gerar receita. Agora que você já sabe que nem toda nova empresa é uma startup, compartilhe este artigo com seus amigos em suas redes sociais e continue acompanhando meus conteúdos, tanto aqui quanto em meu canal no Youtube.