Evite os erros mais comuns cometidos por empresários ao abir um novo negócio

Evite os erros mais comuns cometidos por empresários ao abir um novo negócio

Se você está pensando em embarcar no desafio de abrir um novo negócio, saiba que é essencial ter um bom planejamento, paciência e disposição para trabalhar muito até que o empreendimento comece a prosperar. Em paralelo a tudo isso, é fundamental estar a par de quais são os erros mais comuns que os empresários cometem nessa fase de abertura de uma empresa para evitá-los.

Conheça os Maiores Erros Cometidos ao Abrir um Novo Negócio

Quem decide abrir sua própria empresa deve ter conhecimento a respeito do mercado em que pretende investir e fazer um rigoroso plano de negócios. Abaixo listei os maiores erros que empreendedores de primeira (e até de segunda) viagem cometem ao dar início ao projeto de trabalho de sua própria organização.

1 – Enxergar o empreendimento como um emprego sem patrão

Empreender deve ser uma atitude motivada pelo desejo de ver uma ideia sua ganhar forma e conquistar o mercado chegando aos consumidores. Quem decide se aventurar na abertura de um novo negócio simplesmente porque não quer mais ter um chefe ou mesmo porque perdeu seu emprego fixo precisa rever as suas motivações.

Dificilmente uma companhia irá prosperar se não houver paixão pelo o que se está construindo. Faça uma autoavaliação crítica considerando se você tem otimismo, capacidade de se adaptar aos mais variados cenários, coragem para enfrentar dificuldades e autoconfiança para levar a sua ideia adiante.

2 – Não estudar o mercado

Todos os dias inúmeras empresas são abertas, algo que faz com que o mercado seja absolutamente competitivo e dessa forma demande mais comprometimento daqueles que estão entrando agora. Não ter um plano de negócios minimamente estruturado impede o empresário de ter uma compreensão de onde e como investir com mais assertividade.

Dentre os pontos que devem ser abordados nesse documento (que não precisa ser gigantesco) estão: conceito da companhia, vantagens competitivas em relação aos seus principais concorrentes, em que mercados seus produtos serviços podem se encaixar como substitutos de outras marcas, quais as regiões em que seus produtos/serviços são mais bem aceitos, qual é a estimativa se retorno do investimento e estimativa de lucros mensais.

Para quem acha que é complicado elaborar um plano de negócios por não ter experiência de gestão recomendo procurar tutoriais e atendimento de instituições como o Sebrae. Sempre há um caminho para quem deseja empreender com assertividade.

3 – Seguir tendências passageiras

Lembra da época em que as franquias de iogurte eram febre no Brasil? Esse foi um período profícuo para esse tipo de negócio, mas passou muito rápido e quem resolveu empreender seguindo a tendência apenas por seguir acabou com prejuízos. Se você tem o desejo ter a sua própria companhia recomendo que informe-se sobre os setores mais bem consolidados na região em que mora e busque mais informações a respeito de empresas que estão há mais tempo no mercado.

Ao observar que um modelo de negócios se tornou rapidamente popular pense muito antes de seguir a tendência, pois assim como acontece na moda o que está em alta hoje pode ser o saldão de amanhã. Separe os modismos dos novos segmentos de negócios que têm chances de se tornar prósperos.

4 – Não conhecer os limites de produção

Decepcionar um cliente é um dos piores erros que se pode cometer ao abrir um novo negócio e acontece em muitos casos porque o empreendedor não sabe qual é o limite de demanda que consegue atender por período. Antes de iniciar as suas atividades mercadológicas recomendo que faça um estudo de estimativa de tempo para a produção de uma quantidade X de mercadorias sabendo quanto de clientes consegue atender num mês.

5 – Não definir seu público-alvo

O empresário que chega ao mercado acreditando que vai atender todo mundo está propenso a ter sérios prejuízos começando pela divulgação feita de forma sem direcionamento que apenas consome recursos. Além disso, quando não se tem foco nas pessoas que realmente interessam para a organização dificilmente se terá a fidelização das mesmas.

Um dos segredos do sucesso para sua empresa é ter um bom estudo de mercado considerando quem são os consumidores dos seus concorrentes e quem são as pessoas que podem se tornar clientes da sua marca. Nem sempre o empreendedor acerta em fazer estimativas de quem vem a ser seu público-alvo e em alguns casos é possível descobrir uma fatia desse grupo que não está satisfeita ou que não compra dos concorrentes.

6 – Não ter capital de giro

Para quem não sabe o capital de giro é o valor necessário para custear a operacionalidade da companhia, significa em poucas palavras ter dinheiro para manter a empresa funcionamento mesmo que ainda não se tenha lucro. O ideal é abrir o negócio contando com pelo menos seis meses de capital de giro para evitar surpresas desagradáveis.

Uma boa estratégia é começar com gastos mínimos de operacionalidade, procure espaços menores e mais baratos para alugar, evite ter um estoque muito grande entre outras medidas que torne mais barato o funcionamento da empresa.

Gostou dessas dicas de como evitar os maiores erros que os empreendedores cometem ao entrar no mercado?  

Saiba mais sobre estratégias para pequenas e médias empresas! Inscreva-se no meu canal. Inscreva-se agora!